Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Mosteiro de São Bento (São Paulo)"

sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 179.93.110.137 para a última revisão de Isabelle Belato, de 13h54min de 4 de setembro de 2020 (UTC))
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Cerca de 45 [[Monge|monges]] vivem no [[Mosteiro]], onde dedicam suas vidas à tradição do "ora e trabalha" (em [[latim]], ''ora et labora''). No caso dos monges paulistanos, acrescentou-se a tradição "e leia" (em [[latim]], ''et legere''). Os religiosos estão sempre dispostos a receber hóspedes e visitantes, acolhendo os que vêm à procura de [[oração]], [[retiro]], orientação espiritual ou [[Confissão (sacramento)|confissão]]. A Basílica Abacial de Nossa Senhora da Assunção (elevada a esta dignidade em 14 de junho de 1922) possui o [[Coro (arquitetura)|coro]] para o [[Liturgia das Horas|ofício divino]] em rito monástico, celebrado diariamente pelos monges, e a [[missa]], em rito romano, ambos com [[canto gregoriano]].
 
DesdeEm 2006maio de 2007, o titular do mosteiro é [[dommosteiro]] [[abade]] [[Mathias Tolentino Braga]], que, em maio de 2007, hospedou o [[papa Bento XVI]] em sua primeira [[Visita do Papa Bento XVI ao Brasil|visita]] ao [[Brasil]].
 
== História ==
3

edições