Saltar para o conteúdo

República do Afeganistão: diferenças entre revisões

m
Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes)
 
=== Ascensão do comunismo ===
 
Durante a presidência de Daoud, as relações com os países comunistas no exterior, especialmente com a União Soviética e com os comunistas afegãos no país deterioraram-se. A União Soviética via Daoud como uma liderança mais ocidental, uma mudança como perigosa, uma vez que Daoud estava tentando distanciar o Afeganistão da União Soviética. Ele removeu e expulsou conselheiros militares e econômicos soviéticos. Os soviéticos viam Daoud como um "[[Anticomunista|anti-comunista]]", conceito por causa da sua nova abordagem para o [[Partido Democrático Popular do Afeganistão]] (PDPA) e suas criticas ao papel de [[Cuba]] Comunista no [[Movimento dos Países Não-Alinhados]]..<ref name="daoud"/>
 
Em [[1976]], Daoud estabeleceu um [[plano econômico]] de sete anos para o país. Começou com programas de treinamento militar com a [[Índia]], por exemplo, e iniciou negociações de desenvolvimento econômico com o [[Irã]]. Daoud também voltou sua atenção para as ricas nações petrolíferas do [[Oriente Médio]], como [[Arábia Saudita]], [[Iraque]] e [[Kuwait]], entre outros, para assistência financeira.<ref name="daoud"/>
1 056 979

edições