Saltar para o conteúdo

Santa Isabel do Rio Preto: diferenças entre revisões

wikificado
 
(wikificado)
Em '''Santa Isabel do Rio Preto,''' é um povoado de seis mil habitantes a 230 quilômetros da cidade do [[Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)|Rio de Janeiro]], onde quase todo mundo tem histórias sobre discos voadores para contar.
Os casos da Serra da Beleza
 
Em Santa Isabel do Rio Preto, um povoado de seis mil habitantes a 230 quilômetros do Rio, quase todo mundo tem histórias sobre discos voadores para contar
Levado a sério, o relato dos que vivem na Serra da Beleza -Localizado na divisa dos Estados do [[Rio de Janeiro]], [[São Paulo]] e [[Minas Gerais]], -sua indicaprincipal que nãoatividade sãoeconômica é turistasprodução deslumbradosdo que circulam por suas estradas poeirentas[[leite]].
 
em Santa Isabel do Rio Preto, um povoado de seis mil habitantes a 230 quilômetros do Rio, quase todo mundo tem histórias sobre discos voadores para contar. "Santa Isabel não é lugar de mentirosos, doutor", bate o pé Francisco Benedito da Silva, 69 anos, caseiro de um sítio. "Era tardinha, quando vi um troço vermelho e branco que soltava uma fumacinha. Ficou ali no campo a noite inteira. Aí, subiu rentinho ao morro e voou igual passarinho", diz Silva.
 
{{esboço}}
Há casos de gente que foi seguida na estrada pelos ETs...
[[Categoria:Rio de Janeiro]]
Outros tiveram o carro enguiçado por influência das naves. "Eles param aqui para reabastecer. Usam como combustível a areia monazítica, rica em urânio, que existe nos morros", especula o assessor parlamentar Márcio Lopes. "Talvez tenham uma base subterrânea na serra", diz Denílson de Andrade Lima, ufólogo de carteirinha.
No episódio mais recente, três luzes avermelhadas fizeram piruetas no céu durante quase uma hora. Joaquim de Zedias, 50 anos, apontou uma lanterna em direção aos visitantes. Ficou meio zonzo e desmaiou. Se era disco voador ou não, ninguém prova. O certo é que o ET virou tema do samba-enredo do Carnaval. E como a principal atividade econômica da região, a produção do leite, está decadente, quem sabe o ET vire a salvação da lavoura. Arnaldo Gonzaga, 29 anos, planeja inaugurar um mirante ufológico a 1,2 mil metros de altitude, com restaurante e camping.
40 157

edições