Diferenças entre edições de "Raphaël Salem"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2 736 bytes removidos ,  23h24min de 6 de janeiro de 2008
m
+cat
m (+cat)
'''Raphaël Salem''' ([[Saloniki]], [[Império Otomano]] agora [[Thessaloniki]], [[Grécia]], [[7 de novembro de [[1898]]) – [[Paris]], [[Françae]], [[20 de junho]] de [[1963]]), foi um matemático.
{{factual}}
Raphael (Euclides Prestes) Salem ([[Ponta Grossa]], 23 de março de 1985) é um lingüista brasileiro, considerado um dos mais excêntricos cérebros jovens da comunidade científica deste País e identificado, pelo físico paraibano [[José Flávio Marcelino Borges]], como o mais empenhado na área de pesquisa em [[física do estado sólido]].
 
{{esboço}}
De sua vasta obra, que inclui ainda poesias, guias de ruas do seu país imaginário, e tratados lingüísticos, destaca-se o guia [[Variedades Raphaelescas]], que mostra em detalhes os mapas imaginários de Pykyryky Delawery com propagandas da época. É considerado um dos precursores da [[filatelia]] clássica brasileira entre jovens, além de ser importante tradutor, vertendo do [[português]] para o [[áriji]] o [[rito católico]] da celebração da [[Santa Missa]] e músicas de domínio do povo brasileiro. Foi também um dos fundadores da [[Associação Pykyrykana de Zerósia]].
 
[[Categoria:Matemáticos da França]]
Em 1993, aos 8 anos, revelou aptidão à [[autodidaxia]] ao aprender a ler e escrever o [[alfabeto cirílico]] e desenvolveu a linha filosófica do "[[Segundo Universo]]", que se constituía em um mundo imaginário com novos povos e idiomas, por ele futuramente desenvolvidos através de seus estudos lingüísticos. Dois anos mais tarde, em 1995, a sua veia lingüística autodidática permitiu-lhe desenvolver estudos acerca de língua e [[cultura japonesa]], fato a partir do qual começou a desenvolver o [[Zerosismo]], ramificação da [[maçonaria]], pela qual reuniu como adeptos o seu irmão e os seus [[periquitos]].
 
[[en:Raphaël Salem]]
Em 20 de julho de 1996, fundou a Associação Pykyrykana de Zerósia ([[Pykyryky Delawery]] é o país do Segundo Universo onde se originou a filosofia zerosista) e, após idiomas previamente desenvolvidos nesse [[universo paralelo]] (pykyrykano, turco raphaelesco, inglês raphaelesco, árabe raphaelesco e jongano), surgiu o idioma [[árabe raphaelesco júnior]], mais conhecido pela sua forma abreviada [[ÁRIJI]], que, baseado na língua portuguesa, foi o maior feito lingüístico de Ponta Grossa no século XX.
[[fr:Raphaël Salem]]
 
Em 1999, após o falecimento de sua avó materna, forte inspiradora de suas filosofias, especializou-se em [[filatelia]] clássica brasileira, tornando-se o mais jovem [[filatelista]] a realizar a classificação especializada de lotes de selos ordinários das séries vovó e netinha, considerados os selos de maior complexidade na área da filatelia técnico-investigativa das Américas. Nesse mesmo ano, Raphael iniciou sua participação como repórter no programa de variedades local entitulado "Sagrada Mania", patrocinado pelo colégio particular em que estudava, tendo a oportunidade de entrevistar personalidades políticas, civis e religiosas do [[Estado do Paraná]].
 
Durante todo esse tempo, manteve os estudos de [[língua japonesa]], obtendo o penúltimo grau de proficiência em língua japonesa para estrangeiros em 2003, através da [[Fundação Japão]], órgão governamental que difunde a cultura japonesa pelo mundo.
186 462

edições

Menu de navegação