Espectrômetro de raios X de partículas alfa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Espectrômetro de raios X de partículas alfa (original:Alpha Proton X-ray Spectrometer – APXS) é um dispositivo que analisa a composição química de um elemento de amostra a partir das partículas alfa dispersadas, e os raios-X fluorescentes após a amostra ser irradiada com partículas alfa e raios-X a partir de fontes radioativas[1].

APXS na parte de trás do robô explorador Sojourner.

A distribuição de energia das ondas alfas e raios-X medidas pelos detectores é analisada para determinar a composição elementar do material[2]. A composição elementar de uma rocha descreve as quantidades de elementos químicos diferentes que se uniram para formar todos os minerais dentro da rocha. Ao longo dos anos várias versões diferentes deste tipo de instrumento, como a APS[3] (sem espectrômetro de raios-X) ou APXS foram levados em missões para explorar o espaço.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [http://msl-scicorner.jpl.nasa.gov/Instruments/APXS%7CAlpha Particle X-ray Spectrometer (APXS)
  2. [http://mars.nasa.gov/mer/mission/spacecraft_instru_apxs.html%7CAlpha Particle X-Ray Spectrometer (APXS)
  3. NUBASE evaluation of nuclear and decay properties por G. Audi et al. publicado na Nuclear Physics A 729, 3–128 em 2003
  4. Alpha Particle X-Ray Spectrometer (APXS): Results from Gusev Crater and Calibration Report por R. Gellert et al. publicado no Journal of Geophysical Research-Planets em 1/Jan/2006.
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.