Espermatófita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaEspermatófitas
Pinus sylvestris

Pinus sylvestris
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Superdivisão: Spermatophyta
Divisão

As espermatófitas, super-divisão Spermatophyta (ou Spermatopsida) é o taxon que inclui as plantas que produzem sementes. São plantas com o corpo diferenciado em raiz, caule e folhas, com um sistema vascular composto por xilema e floema e com uma alternância de gerações especial:

As espermatófitas fazem parte do clade das embriófitas, também chamadas "plantas terrestres" (ao qual pertencem os fetos e os musgos) por terem desenvolvido características que lhes permitem viver fora da água, embora secundariamente muitas plantas deste grupo sejam atualmente aquáticas. Dentro deste grupo, as espermatófitas pertencem ao clade das traqueófitas, ou seja, as "plantas vasculares" (ao qual pertencem os fetos, mas não os musgos).

As espermatófitas eram tradicionalmente divididas em:

  • gimnospérmicas - as plantas com "sementes nuas" ou sem flores verdadeiras, como os pinheiros (cerca de 700 espécies conhecidas); e
  • angiospérmicas - as plantas que produzem flor, actualmente designadas magnoliófitas (mais de 200.000 espécies).

Esta divisão, baseada apenas na presença de um caracter, era obviamente artificial e, de facto, estudos recentes demonstraram que as angiospérmicas provavelmente têm um antepassado pertencente ao grupo das "gimnospérmicas", o que o torna parafilético.

A classificação científica actualmente aceita, divide as espermatófitas (por vezes consideradas a "superdivisão" Spermatophyta em divisões separadas:

Além dos taxa citados acima, o registro fóssil contém evidências de vários grupos actualmente extintos de plantas com sementes. As chamadas "samambaias com sementes" (Pteridospermae), por exemplo, foram um dos primeiros grupos bem sucedidos de plantas terrestres, e florestas dominadas por samambaias com sementes eram muito comuns no Paleozóico tardio. Glossopteris era o mais proeminente gênero desse grupo de árvores no antigo super-continente meridional de Gondwana durante o Permiano. Durante o Triássico, as samambaias com sementes foram declinando em importância até o Cretáceo, quando as plantas com flores e frutos, as Angiospermae, se tornaram predominantes no registro fóssil.


Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.