Espiga (estrela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Coordenadas: Sky map 13h 25m 11.60s, −11° 09′ 41.000″

Espiga A / B
Posição de Espiga na constelação de Virgem.
Dados observacionais (J2000)
Constelação Virgem (Virgo)
Asc. reta 13h 25m 11,5793s
Declinação -11° 09′ 40,759″
Magnitude aparente +1.04
Características
Tipo espectral B1 III-IV/B2 V
Cor (U-B) n/d
Cor (B-V) n/d
Astrometria
Velocidade radial +1,0 km/s
Mov. próprio (AR) RA: −42,50
Paralaxe 12,44 ± 0,86
Distância 260 ± 20 anos-luz
80 ± 6 pc
Magnitude absoluta −3,55 (−3,5/−1,5)
Detalhes
Massa 10.25 ± 0,68 M
Raio 7.40 ± 0,57 R
Gravidade superficial 3.7 ± 0,1
Luminosidade 12 100 L
Temperatura 22 400 K
Metalicidade [Fe/H] =0,50
Rotação -16 km/s
Idade 2–3 × 108 anos
Outras denominações
Spica, Azimech, 角宿一, Spica Virginis, Alaraph, Dana, α Virginis, 67 Virginis, HR 5056, BD -10°3672, HD 116658, GCTP 18144, FK5 498, CCDM 13252-1109, SAO 157923, HIP 65474
Espiga (estrela)
Virgo constellation map.png

Espiga (Spica, α Vir, α Virginis, Alpha Virginis) é uma estrela binária e a mais brilhante da constelação de Virgem. A estrela faz parte da lista das 20 estrelas mais brilhantes do céu noturno, sendo a décima quinta mais brilhante dessa lista. Na carta celeste da constelação de Virgem, ela é representada pelo ramo de trigo empunhado pela mão esquerda da Virgem, na extremidade Sul da constelação, fazendo fronteira com as constelações de Corvo e Centauro.

Embora a olho nu pareça uma estrela isolada, Spica é na verdade um sistema binário e está a quase 260 anos-luz da Terra. A estrela principal do sistema binário possui tipo espectral B1 III-IV, sendo uma subgigante e sua companheira é uma estrela de tipo espectral B2V, uma estrela anã azulada. O sistema estelar de Spica é um sistema binário cerrado, estando as duas componentes muito próximas entre si, com separação estimada em 20 milhões de quilômetros, o que equivale a apenas 13% da distância média Terra-Sol. Devido a esse fato a binaridade não é sequer detectada através da observação telescópica, mas apenas através da técnica da espectroscopia.

Na bandeira do Brasil representa o estado do Pará. O mesmo Estado citado também representa Spica em sua bandeira oficial, como uma estrela solitária azulada no centro da bandeira.

Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.