Esporte Clube Mogiana (Campinas)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo clube homônimo de Ribeirão Preto, veja Esporte Clube Mogiana.


Mogiana
Esporte Clube Mogiana
Nome Esporte Clube Mogiana
Fundação 7 de junho de 1933
Extinção 18 de outubro de 1959
Estádio Estádio da Mogiana
Capacidade 4.033
Localização Campinas, São Paulo SP,  Brasil
Material (d)esportivo Confecções de Bairros de Campinas, contratadas pelo Clube.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Esporte Clube Mogiana foi um clube brasileiro de futebol da cidade de Campinas, no estado de São Paulo. Fundado em 7 de junho de 1933, suas cores eram as mesmas da ferrovia: azul, vermelho e amarelo, usando também o branco. Teve seis participações no Campeonato Paulista de Futebol. É um clube extinto.

História[editar | editar código-fonte]

O Esporte Clube Mogiana foi fundado por funcionários da contadoria da antiga Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, sediada em Campinas, que fazia a interligação da cidade até o nordeste do estado, terminando em Igarapava.[1].

Mandava seus jogos no Estádio da Mogiana, atualmente conhecido como Cerecamp, inaugurado em 1940, e era considerado símbolo de modernidade para a época: tribunas de honra, engrenagem mecânica que mudava o placar, cabines de rádios e drenagem impecável.

Em 1948, na criação da Divisão de Acesso, o tricolor mogiano apavorou, marcando 68 gols, o ataque mais positivo da competição. Como exemplos, o Botafogo Futebol Clube de Ribeirão Preto tomou de 9 a 0 e o Barretos Futebol Clube, de 7 a 2. Ganhou a Taça Cidade de Campinas, disputada com Ponte Preta e Guarani. A Ponte Preta perdeu de 3 a 2 e o Guarani tomou uma goleada de 6 a 3.[2]

O futuro do Mogiana era promissor, mas o clube não resistiu a crise financeira da empresa, que acabou encampada pela Ferrovias Paulista S/A - FEPASA. No dia 18 de outubro de 1959, o Mogiana faria seu último jogo profissional, contra o Clube Atlético Bragantino, perdendo de 2 a 1 em pleno estádio Horácio Costa. Permaneceu no amadorismo até os anos 60.

A equipe jogou a divisão intermediária do futebol paulista seis vezes: 1947, 1948, 1949, 1950, 1958 e 1959. Desapareceu no final dos anos 1960.

Referências

  1. Ascensão e Queda do Mogiana Pró-Memória de Campinas, 28 mar. 2008, conforme notícia do Correio Popular, 22 jul. 2007. Acesso em 5 de março de 2010.
  2. Correio Popular, Campinas, domingo, 22 de julho de 2007, visualização disponível em http://2.bp.blogspot.com/_Bl7q_K6Trj4/SA1GENLutTI/AAAAAAAACE0/QYC-i5OsNYo/s1600-h/E+C+Mogiana.JPG.
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.