Basquetebol do Esporte Clube Pinheiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Esporte Clube Pinheiros


Pinheiros Basquete
Pinheiros Basquete logo
Nome completo Esporte Clube Pinheiros
Alcunha Germânia
Ligas NBB
Campeonato Paulista
Fundação 7 de setembro de 1899 (119 anos)
Arena Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim
Arena Capacidade 1.000 pessoas
Localização São Paulo, SP, Brasil
Cores Azul, Branco, Preto
              
Presidente Roberto Cappellano
Treinador César Guidetti
Capitão do Time Marcus Toledo
Títulos 1 Liga das Américas
1 Campeonato Paulista
Material esportivo Hummel
Patrocinador Principal Omo
Website www.ecp.org.br/basquete

O Esporte Clube Pinheiros (basquete) é uma equipe profissional de basquete brasileiro do clube poliesportivo de mesmo nome, sediado na cidade de São Paulo, em São Paulo. Ele é mais conhecido como Pinheiros.

História[editar | editar código-fonte]

O Esporte Clube Pineiros há anos integra as principais competições de basquete do país, participando com frequência do Campeonato Paulista, especialmente a partir da década de 90. No Nacional, o clube participou pela primeira vez de uma edição do torneio no ano de 1995.[1] No entanto, os primeiros títulos no adulto vieram no começo dos anos 2000. Em 2001, a equipe conquistou o Torneio Novo Milênio.[2] Em 2002, a Supercopa Brasil de maneira invicta ao bater o Automóvel Clube de Campos (RJ) na decisão.[3] Porém, os resultados mais expressivos vieram somente a partir de 2010. Neste ano, o Pinheiros chegou à decisão do Campeonato Paulista, perdendo a série decisiva para o Limeira por 3 a 1.[4]

No NBB 2010-11, o Pinheiros conquistou um inédito terceiro lugar, o que permitiu ao clube disputar torneios internacionais pela primeira vez na sua história.[5] Logo na primeira disputa da Liga Sul-Americana em 2011, os pinheirenses alcançaram a decisão, mas foram derrotados pelo Obras Sanitarias da Argentina por 88 a 73.[6]

Em 2011, enfim, o clube conquistou o seu primeiro título paulista ao bater o São José na final do torneio por três jogos a um. Além do título o Pinheiros quebrou um tabu: há 25 anos uma equipe da Capital Paulista não se sagrava campeã do estado.[7] Na edição 11-12 do Novo Basquete Brasil, o time de São Paulo alcançou a mesma posição da edição passada, sendo essas suas melhores participações na competição.[5]

Já na temporada 2012-13 o time alcançou sua maior glória: sagrou-se campeão da Liga das Américas de 2013 (principal competição das Américas, fora NBA), ao vencer 2 dos 3 jogos do quadrangular final, disputado em Porto Rico.[8] Seu principal jogador, o ala Shamell foi eleito o MVP (melhor jogador) da competição.[9] Com o título, o time se credenciou para a disputa da Copa Intercontinental contra o campeão da Euroliga de basquete de 2013, no caso o Olympiacos da Grécia. Após dois jogos disputados e duas vitórias dos gregos (81 a 70 e 86 a 69), a equipe paulista ficou com o vice-campeonato mundial.[10] No Campeonato Estadual de 2012, o Pinheiros chegou à final pela terceira vez consecutiva. O adversário foi o São José, assim como no ano anterior, porém, desta vez os joseenses deram o troco e ficaram com título ao fazer 3 a 2 no playoff final.[11]

No ano seguinte (2014), o Pinheiros chegou novamente à final do maior torneio da América que já contava com um novo formato na fase final, porém foi derrotado pelo Flamengo por 85 a 78.[12] Outras participações de destaque em torneios internacionais da equipe pinheirense, incluem dois vice-campeonato do Torneio Interligas: em 2011 (derrotado pelo Obras Sanitarias por 80 a 77) e em 2012 (derrotado pelo Peñarol por 88 a 75).[5][13][14]

O clube pinheirense também demostra força nas equipes de base. Em 2015, o sub-22 do Pinheiros foi campeão da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) que é o Campeonato Brasileiro da categoria, após vencer o anfitrião Minas TC por 81 a 78, tendo o ala/pivô Lucas Dias como MVP do torneio.[15]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Títulos Temporada
Latin America (orthographic projection).svg Liga das Américas 1 2013
Nacionais
Competição Títulos Temporada
Brasil Supercopa Brasil 1 2002
Estaduais
Competição Títulos Temporada
São Paulo Campeonato Paulista 1 2011
São Paulo Torneio Novo Milênio 1 2001

Basketball.svg Outros Torneios[editar | editar código-fonte]

Liga de Desenvolvimento de Basquete - LDB (Sub-22): 2015.

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Elenco atual (temporada 2018-2019)[editar | editar código-fonte]

EC Pinheiros (Basquete masculino)
Jogadores Comissão Técnica
Pos. # País Nome Altura Nascimento Último Clube
Ala/Armador 3 Estados Unidos Corderro Bennett 1,83 m 29/03/1988 América/Rio Preto
Armador 4 Brasil Felipe Ruivo 1,83 m 16/02/1998 Base
Ala 5 Brasil Gabriel 2,02 m 12/07/1993 Botafogo
Ala 7 Brasil Isaac 1,92 m 02/07/1990 Bauru
Ala/Armador 9 Brasil Jonatan 1,88 m 04/08/1999 Base
Pivô 11 Brasil Mamedes 2,00 m 05/01/1998 Base
Ala/Pivô 13 Brasil Marcus Toledo 2,03 m 10/07/1986 Cearense
Armador 14 Estados Unidos Kenny Dawkins 1,80 m 23/07/1987 Universo/Vitória
Ala/Pivô 15 Brasil Renato Carbonari 2,05 m 20/04/1987 Vasco da Gama
Pivô 23 Brasil Lucas Cauê 2,04 m 17/02/1998 Base
Armador 24 Brasil Danilo Sena 1,92 m 01/02/1999 Base
Ala/Armador 26 Brasil Betinho 1,95 m 25/05/1988 Cearense
Pivô 50 Estados Unidos Christopher Ware 2,04 m 23/06/1989 Garuda Bandung (IND)
Técnico
  • César Guidetti
Auxiliar Técnico
  • Nelson Cortez
Outros Membros
  • Maurício Nadais (Diretor)
  • Pablo Marcelino (Preparador Físico)
  • Bruno de Lima Secco (Fisioterapeuta)
  • Fabrício Freire Rocha (Estatístico)



Legenda
  • (C) Capitão
  • (S) Suspenso
  • (J) Juvenil
  • (INJ) Contundido

Elenco
• Última atualização: 04/08/2018


Últimas Temporadas[editar | editar código-fonte]

Pinheiros
Temporada Novo Basquete Brasil Liga das Américas Liga Sul-Americana Campeonato Paulista Mundial Interclubes
Pos. J V D Classificação Classificação Fase Máxima Classificação
2008/2009 31 16 15 Semi Final
2009/2010 32 17 15 Quartas de Final
2010/2011 37 24 13 Final
2011/2012 38 26 12 Final
2012/2013 39 24 15 Final
2013/2014 36 21 15 Semi Final
2014/2015 11º 34 17 17 Quartas de Final
2015/2016 32 15 17 Quartas de Final
2016/2017 43 24 19 Quartas de Final
2017/2018 32 16 16 Quartas de Final
2018/2019 —º Semi Final


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Classificado à Liga das Américas
     Classificado à Liga Sul-Americana

Referências

  1. «Confederação Brasileira de Basketball #CBB». legado.cbb.com.br. Consultado em 27 de agosto de 2017. 
  2. «Ex-atleta da seleção de basquete, Marcel é o novo treinador do Pinheiros». Consultado em 23 de junho de 2016. 
  3. «PINHEIROS CONQUISTA TÍTULO DA SUPERCOPA BRASIL» 
  4. «'Reconstruído', Limeira derrota o Pinheiros e conquista bicampeonato paulista - 12/01/2011 - UOL Esporte - Basquete». esporte.uol.com.br. Consultado em 27 de agosto de 2017. 
  5. a b c «Trajetória do campeão» 
  6. «LSB - Obras Sanitarias se corona campeón de la Liga Sudamericana». FIBA AMERICAS 
  7. «PINHEIROS É CAMPEÃO PAULISTA». www.cbb.com.br. Consultado em 23 de junho de 2016. 
  8. http://www.foxsports.com.br/videos/26010179725-pinheiros-bate-lanus-conta-com-derrota-de-brasilia-e-e-campeao
  9. http://lnb.com.br/noticias/coroacao/
  10. Brasil, Portal. «Pinheiros é vice-campeão no Mundial de basquete». Portal Brasil. Consultado em 27 de agosto de 2017. 
  11. «São José vence Pinheiros e é tetracampeão paulista | Data Basket». Data Basket. Consultado em 27 de agosto de 2017. 
  12. http://www.brasil.gov.br/esporte/2014/03/flamengo-e-campeao-invicto-da-liga-das-americas-2014
  13. «Altíssimo nível» 
  14. «Obras Sanitárias bate o Pinheiros e confirma domínio argentino no Interligas - 21/04/2011 - UOL Esporte - Basquete». esporte.uol.com.br. Consultado em 29 de agosto de 2017. 
  15. «FPB - EC Pinheiros é o campeão da LDB – 2015». www.fpb.com.br. Consultado em 17 de janeiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]