Esportes de demonstração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um Esporte de Demonstração, também conhecido por Esporte de Exibição, é um esporte jogado para a promoção dele mesmo, mais comumente durante os Jogos Olímpicos, mas também em outros eventos desportivos. Por serem considerados esportes de pouca expressão, eles participam como teste.[1] As únicas diferenças entre um esporte de demonstração que nos esportes e um esporte do programa estão nas medalhas: as medalhas dos esportes de demonstração são idênticas em aparência às dos demais esportes do programa, mas menores, com apenas 3/4 do tamanho da original, e nenhuma delas conta para o quadro oficial de medalhas.

Por exemplo, nas olimpíadas de 1912, na Suécia, o país incluiu jogos da arte-marcial tradicional Glíma para divulgar o esporte, mesmo sem contagem de medalhas.

História[editar | editar código-fonte]

A iniciativa de incluir esportes de demonstração na programação oficial partiu dos organizadores das Olimpíadas de Estocolmo-1912. Antes disso, os organizadores locais dos Jogos tinham mais liberdade para determinar quais esportes seriam ou não incluídos no programa, com o COI apenas podendo recomendar a inclusão ou exclusão de algum, não sendo o comitê organizador obrigado a acatar suas decisões.

Em 1912, os organizadores locais sugeriram a exclusão do boxe da programação oficial. Como o boxe era considerado na época um dos esportes mais nobres, e um dos preferidos dos membros do COI, o COI então determinou que a escolha de quais esportes estariam ou não no programa seria de sua atribuição exclusiva logo após seu término.

Os organizadores da olimpíada da Suécia decidiriam incluir a glima, uma modalidade de luta praticamente desconhecida fora da Escandinávia. Evidentemente, o COI foi contra. O comitê local, então, sugeriu um torneio paralelo, nos mesmos moldes dos esportes não-oficiais incluídos nas olimpíadas anteriores. O COI foi obrigado a aceitar.

Por isso, apesar de os esportes de demonstração "oficialmente" somente terem sido incluídos na programação olímpica a partir de 1912, atualmente, o COI também considerada as modalidades disputadas nos Jogos anteriors como "modalidades não oficiais" ou esportes de demonstração.[2]

Por permitir que os organizadores incluíssem um esporte regional, que provavelmente não teria chances de entrar no programa olímpico de outra forma, os esportes de demonstração acabariam se tornando um sucesso dentre os organizadores.

A última vez que uma edição das Olimpíadas teve esporte de demonstração foi em 1992, em Barcelona. As modalidades escolhidas foram o hóquei em patins e a pelota basca[3] . O fim dos esportes de demonstração se daria por dois motivos: o exagero dos organizadores e a falta de interesse do público. Nas Olimpíadas de 1988, por exemplo, a Coreia do Sul incluiu nada menos que cinco esportes de demonstração no programa, e, já desde sua implementação em 1912, os esportes de demonstração estavam dentre os de menor público e eram solenemente ignorados pela imprensa, com as redes de TV sequer transmitindo suas provas e os jornais sequer noticiando seus medalhistas. Diante disso, em seu congresso de 1989, o COI determinaria o fim dos esportes de demonstração e a proibição da realização de qualquer torneio esportivo simultâneo às Olimpíadas na mesma cidade de sua realização, para que o foco do comitê organizador estivesse exclusivamente sobre os esportes olímpicos.[4] Como as decisões desse tipo não valem para a Olimpíada imediatamente seguinte, apenas para a posterior, os organizadores dos Jogos de 1992 ainda conseguiram incluir mais alguns.

Em Pequim-2008, e no Rio-2016, o Wushu[5] e o e-Games[6] , respectivamente, tiveram um torneio que ocorreu durante a realização dos jogos com a anuência do COI. Porém, as medalhas distribuídas não foram as oficiais dos Jogos. Além disso, os atletas não puderam, participar das Cerimônias, nem haver nenhuma alusão a "esporte de demonstração" em lugar algum. Por isso, suas disputas ficaram conhecidas apenas como "Torneio Afiliado".

Lista[editar | editar código-fonte]

Jogos Olímpicos de Verão[editar | editar código-fonte]

Olimpíadas Esportes de Demonstração
Não Incluídos na Progamação Oficial
Esportes de Demonstração Oficiais Quando entrou na Programação
Oficial dos Jogos Olímpicos
(quando aplicável)
Paris - 19001 angling (masculino)
Balonismo (masculino)
Lawn Bowls
Boules (masculino)
Tiro com canhão (masculino)
Combate a incêncio (masculino)
Pipa (masculino)
jeu de paume (masculino)
Salvamento (masculino)
longue paume (masculino)
Desportos a motor (masculino)
Columbofilia (masculino)
water motorsports (masculino)
St. Louis - 19041 Musculação com halteres (masculino)
basketball (masculino)
Futebol americano (masculino)
Futebol gaélico (masculino)
Hurling (masculino)
Motociclismo (masculino)

• 1936




Londres - 19081 Ciclopolo (masculino)
Estocolmo - 1912 baseball (masculino)
glima (masculino)
• 19922

Antuérpia - 1920 korfball (mixed)
Paris - 1924 Pelota basca (masculino)
canoagem canadense (masculino)
canoismo e caiaque (masculino)
savate (masculino)
volleyball


• 1936

• 1964
Amsterdam - 1928 kaatsen (masculino)
korfball (mixed)
lacrosse (masculino)
Los Angeles - 1932 Futebol americano (masculino)
lacrosse (masculino)
Berlin - 1936 baseball (masculino)
Planadorismo (masculino)
Kabaddi
• 19922

Londres - 1948 lacrosse (masculino)
Ginástica sueca (masculino e feminino)
Helsinki - 1952 Pesäpallo (masculino)
Handball de campo (masculino)

• 19723
Melbourne - 1956 Futebol australiano (masculino)
baseball (masculino)

• 19922
Roma - 1960 nenhum
Tokyo - 1964 baseball (masculino)
budō (masculino)
• 19922

Cidade do México -1968 Pelota basca (masculino)
tennis (masculino and feminino)

• 19884
Munique - 1972 badminton (masculino e feminino)
Esqui aquático (masculino and feminino)
• 1992

Montreal - 1976 nenhum
Moscou - 1980 nenhum
Los Angeles - 1984 baseball (masculino)
tennis (masculino and feminino)
• 19922
• 19884
Seul - 1988 badminton (masculino and feminino)
baseball (masculino)
bowling (masculino and feminino)
judo (feminino)
taekwondo (masculino and feminino)
• 1992
• 19922

• 1992
• 2000
Barcelona - 1992 Pelota basca (masculino e feminino)
Pelota valenciana (masculino e feminino)
Hockey sobre patins (masculino)
taekwondo (masculino e feminino)


• 2000
Atlanta - 1996 nenhum
Sydney - 2000 nenhum
Atenas - 2004 nenhum
Pequim - 2008 Wushu5[5] [7] nenhum
Londres - 2012 nenhum
Rio de Janeiro - 2016 e-Sports6[6] nenhum
  • 1 Apesar de os esportes de demonstração "oficialmente" serem incluídos na programação olímpica a partir de 1912, nos primeiros Jogos Olímpicos algumas competições ocorreram simultaneamete aos jogos, e por isso, atualmente, elas são consideradas "modalidades não oficiais" ou esportes de demonstração.[2]
  • 2 Removido da programação olímpica a partir de 2008.
  • 3 Fez parte do programa olímpico em 1936.
  • 4 Fez parte do programa olímpico de 1896 a 1924.
  • 5 O COI permitiu uma competição paralela de Wushu enquanto os Jogos rolavam, mas ele não foram considerados como um esporte de demonstração na programação oficial destes jogos. Desta forma, eles ficaram conhecidos como "Torneio Afiliado".
  • 6 O COI permitiu uma competição paralela de eSports enquanto os Jogos rolavam, mas ele não foram considerados como um esporte de demonstração na programação oficial destes jogos. Desta forma, eles ficaram conhecidos como "Torneio Afiliado".

Jogos Olímpicos de Inverno[editar | editar código-fonte]

Olimpíadas Esportes de Demonstração Oficiais Quando entrou na Programação
Oficial dos Jogos Olímpicos
(quando aplicável)
Chamonix - 1924 Patrulha militar (masculino)
St. Moritz - 1928 Patrulha militar (masculino)
Skijöring (masculino)
Lake Placid - 1932 curling (masculino)
corrida de trenó canino (masculino)
speed skating (feminino)
• 19985

• 1960
Garmisch-Partenkirchen - 1936 Patrulha militar (masculino)
curling da Bavária (masculino)
St. Moritz - 1948 Patrulha militar (masculino)
Pentatlo de inverno (masculino)
Oslo - 1952 bandy (masculino)
Cortina d'Ampezzo - 1956 nenhum
Squaw Valley - 1960 nenhum
Innsbruck - 1964 ice stock sport (masculino)
Grenoble - 1968 Dança no gelo, à época conhecido como "rhythmic skating" • 1976
Sapporo - 1972 nenhum
Innsbruck - 1976 nenhum
Lake Placid - 1980 nenhum
Sarajevo - 1984 Esqui alpino paralímpico (masculino)
Calgary - 1988 curling (masculino and feminino)
Esqui estilo livre (masculino and feminino)
Patinação de velocidade em pista curta (masculino and feminino)
Esqui alpino paralímpico and Esqui nórdico paralímpico (masculino and feminino)
• 1998
• 1992 (Somente moguls)
• 1992

Albertville - 1992 curling (masculino and feminino)
speed skiing (masculino and feminino)
Esqui estilo livreaerials and ski ballet (masculino and feminino)
• 1998
Lillehammer - 1994 nenhum
Nagano - 1998 nenhum
Salt Lake City - 2002 nenhum
Turim - 2006 nenhum
Vancouver - 2010 nenhum
Sochi - 2014 nenhum[8]
  • 5 Fez parte do programa em 1924 como "esporte de demonstração", mas em 2002 o COI passou a considerá-lo como eveno da programação oficial.


Referências

  1. folha.uol.com.br/ Esportes de demonstração
  2. a b «Olympic Games Medallists - Other Sports». Gbrathletics.com. Consultado em 2014-02-10. 
  3. globoesporte.globo.com/ Ministro pede ao COI a inclusão do futsal como esporte de demonstração
  4. «Olympic Games Medals, Results, Sports, Athletes | Medailles, Resultats, Sports et Athletes des Jeux Olympiques». Olympic.org. Consultado em 2014-02-10. 
  5. a b olimpiadas.uol.com.br/ Wushu tem torneio alternativo, show turístico e medalha virtual brasileira em Pequim
  6. a b espn.uol.com.br/ eGames: Olimpíadas Rio 2016 terá evento competitivo de esporte eletrônico
  7. Pueblo en Línea (22 de agosto de 2008). «Wushu exhibe su encanto en Beijing con la esperanza de ser incluido como deporte olímpico oficial». Consultado em 26 de enero de 2010. 
  8. http://www.philly.com/philly/sports/olympics/20140219_These__sports__really_appeared_in_the_Olympics.html