Estádio Ulrico Mursa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marapé
Estádio Ulrico Mursa
Ulrico Mursa.jpg

Nomes
Nome Estádio Ulrico Mursa
Apelido Marapé
Antigos nomes Marapé
Características
Local Santos, Brasil
Gramado Grama natural (105 x 70 m)
Capacidade 7.635 pessoas[1]
Construção
Data 1919
Inauguração
Data 15 de dezembro de 1920 [2]
Partida inaugural Portuguesa Santista 6 x 0 Sírio
Recordes
Público recorde 12.500
Data recorde 1952
Partida com mais público Portuguesa Santista x Corinthians
Outras informações
Remodelado 1928 a 1932
Expandido 1932
Proprietário Portuguesa Santista
Administrador Portuguesa Santista
Mandante Portuguesa Santista

O Estádio Ulrico Mursa é um estádio de futebol que pertence a Associação Atlética Portuguesa e localiza-se em Santos, ao lado da Santa Casa de Misericórdia.

É o 9º estádio mais antigo do país e o 2º mais antigo do Estado de São Paulo.[3]

O estádio foi inaugurado em 5 de dezembro de 1920 e sua lotação máxima atual é de 7.635 pessoas.

História[editar | editar código-fonte]

O estádio foi erguido na Avenida Pinheiro Machado, em um terreno doado por Ulrico Mursa, engenheiro carioca e fundador da Companhia Docas de Santos.[4]

Em 5 de dezembro de 1920 foi inaugurada a praça de esportes Ulrico Mursa, como nome em homenagem a um de maiores benfeitores do clube.[4][3][5] No jogo inaugural, a Portuguesa enfrentou o Sírio Futebol Clube e venceu por 6 a 0.[4][5]

O primeiro derby entre a AA Portuguesa e o Santos FC aconteceu no estádio, em 11 de março de 1923, onde a Portuguesa venceu a partida por 1×0[5], gol marcado por Borracha, aos 13 minutos do segundo tempo.[3]

A primeira partida internacional aconteceu em 8 de setembro de 1929, onde a Portuguesa goleou o Vitória de Setúbal por 4 a 0.[5]

Em 1932, foi entregue a primeira arquibancada de concreto da América Latina.[4]

Em 1938, foi o segundo clube da cidade a dispor de um sistema de iluminação, graças à “Campanha do Vagalume”, em que todos os dirigentes, conselheiros, sócios e simpatizantes do clube doavam lâmpadas de 1500 watts cada, construindo então uma torre de 31 metros e 80 centímetros.[4] Para marcar a ocasião, a Portuguesa Santista enfrentou o Vasco da Gama, a qual perdeu por 4x5.[5] Devido a uma crise financeira na década de 1940, as torres foram retiradas e vendidas.[4] Em 27 de novembro de 1958, houve a inauguração das novas torres de iluminação do estádio, comemorado com um amistoso entre a AA Portuguesa contra o Santos FC.[6] O terceiro sistema de iluminação, que funciona até hoje, foi colocado para funcionar pela primeira vez em uma vitória contra o São Paulo, por 3 a 1, no Campeonato Paulista de 2000.[5]

No final de 2016, a Portuguesa recebeu uma proposta para modernizar o Estádio Ulrico Mursa, onde o projeto previa a construção de uma arena moderna integrada a um Shopping Center. Apesar de aprovada de forma unânime pela diretoria, a ideia não vingou, o que acabou preservando as características originais do estádio.[4]

Localização[editar | editar código-fonte]

O estádio fica situado próximo ao centro de Santos (aproximadamente 1,5 km), separado deste pelo Túnel Dr. Rubens Ferreira Martins. As referências locais são o Canal 2 e a Santa Casa de Misericórdia. O estádio está localizado na avenida Senador Pinheiro Machado, 240 no Marapé.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. CBF
  2. http://www.portuguesasantista.com.br/o-clube/estadio-ulrico-mursa/
  3. a b c «ESTÁDIO ULRICO MURSA - PATRIMÔNIO HISTÓRICO DO FUTEBOL BRASILEIRO». Memória Santista. 10 de janeiro de 2022. Consultado em 23 de novembro de 2022 
  4. a b c d e f g «Estádio Ulrico Mursa». Site oficial da Portuguesa Santista. Consultado em 23 de novembro de 2022 
  5. a b c d e f «Estádio Ulrico Mursa - 100 anos da casa da mais Briosa». Consultado em 23 de novembro de 2022 
  6. http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=104140&Pesq=%22Amador%20capital%22&pagfis=4420

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.