Estádio da Montanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o estádio localizado em Bento Gonçalves, veja Estádio da Montanha (Bento Gonçalves).
Estádio da Montanha
Card do Estádio da Montanha (1941).png
Card comemorativo do jogo inaugural contra o São Paulo em 1941
Nomes
Nome Estádio da Montanha
Apelido Colina Melancólica
Características
Local Porto Alegre, RS, Brasil
Gramado Grama natural
Capacidade 20.000 espectadores
Construção
Data 1939 a 1941
Inauguração
Data 16 de março de 1941
Partida inaugural Cruzeiro 1x0 São Paulo
Primeiro gol Gervásio (Cruzeiro)
Recordes
Público recorde 20.000 pessoas
Data recorde 16 de março de 1941
Partida com mais público Cruzeiro 1x0 São Paulo
Fechado 1970
Proprietário Esporte Clube Cruzeiro
Administrador Esporte Clube Cruzeiro
Mandante Esporte Clube Cruzeiro

O Estádio da Montanha era situado em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Tinha como proprietário o Cruzeiro, uma das equipes mais tradicionais de Porto Alegre.

História[editar | editar código-fonte]

O clube vendeu o Estádio da Montanha para a construção do Cemitério Ecumênico João XXIII, localizado próximo ao Estádio Olímpico do Grêmio, no bairro Medianeira.[1] O último jogo do Cruzeiro na Montanha ocorreu no dia 8 de novembro de 1970, com vitória do Cruzeiro por 3 a 2 sobre o Liverpool do Uruguai. Muitos torcedores deixaram o local chorando. Até hoje existe uma parte da arquibancada no cemitério. [2]

Referências

  1. *UOL Futebol (28 de novembro de 2012). «Sepultado de frente para o Olímpico, idealizador do estádio 'zela' pelo Grêmio há 39 anos». http://esporte.uol.com.br/. Consultado em 14 de setembro de 2016 
  2. *Guia Futebol na Veia (3 de junho de 2014). «O cemitério com arquibancadas de Porto Alegre». http://impedimento.org/. Consultado em 14 de setembro de 2016. Arquivado do original em 11 de outubro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.