Estêvão Vladislau I da Sérvia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Estêvão I.
Stefan Vladislau.

Estêvão Vladislau Nemânica (em sérvio cirílico Стефан Владислав), ou às vezes também Stefan Vladislav, foi rei da Sérvia de 1234 a 1243, soberano da dinastia Nemânica. Herdou o trono de seu irmão Estêvão Radoslau. Desposou Beloslava, filha de João II Asen.

Assim como seu irmão, perdeu o poder pouco após a morte de seu sogro-protetor. No inverno de 1241, João II Asen morreu e na primavera do mesmo ano os mongóis devastaram a Hungria, a cidade de Ragusa e depois a Sérvia, em 1242. O poder de Vladislau foi enfraquecido pela horda e a nobreza sérvia o derrubou. Em 1243, instalaram sobre o trono Uresis, o último filho de Estêvão Nêmania.

Vladislau morreu em 1269, mas contrariamente a seu irmão Radoslau, ficou célebre na História da Sérvia como fundador e mecenas do Mosteiro de Mileševa onde foram depositadas, em 1237, os restos de seu tio São Sava.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Dusan Batkovic, História do povo sérvio, Paris: L’Age d’Homme ISBN 282511958X
  • Georges Castelhan, História dos Bálcãs, XIVe-XXe siécles, Fayard ISBN 2213605262
  • Donald M. Nicol, Os Derniers siécles de Bizâncio, 1261-1453, Les Belles Lettres ISBN 2251380744

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências