Estação Ferroviária de Alferrarede

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alferrarede
Estação de Alferrarede, em 2009.
Inauguração 6 de Setembro de 1891
Linha(s) L.ª da Beira Baixa (PK 5,577)
Coordenadas 39° 28′ 25,21″ N, 8° 11′ 12,65″ O
Concelho Abrantes
Serviços Ferroviários Regional
Horários em tempo real
Serviços Parque de estacionamento Sala de espera Serviço de táxis

A Estação Ferroviária de Alferrarede é uma gare ferroviária da Linha da Beira Baixa, que serve a Freguesia de Alferrarede, no Concelho de Abrantes, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Localização e acessos[editar | editar código-fonte]

Esta interface tem acesso pela Rua da Estação, junto à localidade de Alferrarede.[1]

Descrição física[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2011, contava com 2 vias de circulação, com 507 e 567 m de comprimento; as plataformas tinham ambas 199 m de extensão, e apresentavam 40 e 45 cm de altura.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Esta interface insere-se no troço da Linha da Beira Baixa entre Abrantes e a Covilhã, que começou a ser construído nos finais de 1885, e entrou em exploração no dia 6 de Setembro de 1891, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[3] A estação de Alferrarede fez parte da linha desde o principio, situando-se nessa altura a 5,576 Km de Abrantes.[4] Nos dias 5 e 6 de Setembro, a Companhia Real organizou comboios inaugurais de Abrantes até Castelo Branco e Covilhã, que tiveram paragem na estação de Alferrarede.[5]

Em 1913, havia um serviço de diligências entre o Sardoal e a estação de Alferrarede.[6]

Em Julho de 2008, esta interface encontrava-se num avançado estado de degradação e abandono, tendo sido vandalizada várias vezes; a bilheteira foi encerrada no dia 11 daquele mês, o que provou protestos por parte da Junta de Freguesia de Alferrarede, que afirmou que esta acção iria aumentar a insegurança na estação, e reduzir o número de passageiros.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Alferrarede - Linha da Beira Baixa». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 12 de Agosto de 2015 
  2. «Quadro resumo das características da infra-estrutura». Directório da Rede 2012. Rede Ferroviária Nacional. 6 de Janeiro de 2011. p. 70-85 
  3. TORRES, Carlos Manitto (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682). p. 61-64. Consultado em 12 de Agosto de 2015 
  4. «Inauguração da Linha da Beira Baixa» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro de Portugal e Hespanha. 4 (89). 3 de Setembro de 1891. p. 261-263. Consultado em 12 de Agosto de 2015 
  5. «Tarifas de transporte» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro de Portugal e Hespanha. 4 (89). 3 de Setembro de 1891. p. 266-267. Consultado em 12 de Agosto de 2015 
  6. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 29 de Abril de 2018 
  7. «Estações de comboio da Linha da Beira Baixa ao abandono». O Mirante. 31 de Julho de 2008. Consultado em 8 de Outubro de 2011 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre a Estação de Alferrarede

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.