Estação Ferroviária de Mogofores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mogofores IPcomboio2.jpg
Estação de Mogofores, em 2010.
Inauguração 10 de Abril de 1864
Linha(s) Linha do Norte
(PK 244,643)
Coordenadas 40° 27′ 01,96″ N, 8° 27′ 35,16″ O
Concelho Anadia
Serviços Ferroviários Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Horários em tempo real
Serviços Serviço de táxis
Telefones públicos Elevadores
Parque de estacionamento Acesso para pessoas de mobilidade reduzida


Logos IP.png
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon HST grey.svgParaimo (Sentido Porto)
BSicon BHF grey.svgMogofores
BSicon HST grey.svgCuria (Sentido Lisboa)
BSicon CONTf grey.svg

A Estação Ferroviária de Mogofores é uma plataforma ferroviária de passageiros da Linha do Norte, que serve a Freguesia de Mogofores, no Distrito de Aveiro, em Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História da Linha do Norte

Inauguração[editar | editar código-fonte]

O troço entre as Estações de Estarreja e Taveiro da Linha do Norte, no qual esta interface se insere, entrou ao serviço no dia 10 de Abril de 1864, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[1] Foi inaugurada junto com este troço, tendo os primeiros comboios sido do tipo misto, entre Vila Nova de Gaia e Coimbra-B.[2]

Século XX[editar | editar código-fonte]

Em 1913, existia uma carreira de diligências entre Anadia e a estação de Mogofores.[3]

Em Março de 1915, estava quase pronta a segunda via entre Pampilhosa e Mogofores, e em Maio desse ano, estava a ser montada, nesta estação, uma placa giratória para locomotivas.[4] Em Dezembro de 1928, já tinha sido duplicada a via entre Mogofores e Oliveira do Bairro.[5]

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Comboio de mercadorias a passar pela estação de Mogofores, em 2010.

Localização e acessos[editar | editar código-fonte]

Situa-se junto à localidade de Mogofores, em frente ao Largo da Estação.[6]

Descrição física e classificação[editar | editar código-fonte]

Possuía, em Janeiro de 2011, três vias de circulação, com 1903, 1004 e 854 m de comprimento, e 2 gares, com 194 e 180 m de extensão, tendo ambas 55 cm de altura.[7] Em Outubro de 2004, ostentava a classificação D da Rede Ferroviária Nacional.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. TORRES, Carlos Manitto (1 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1681). p. 9-12. Consultado em 30 de Março de 2014 
  2. «Escada Rolante: Há 104 anos» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 81 (1931). 16 de Novembro de 1968. p. 152. Consultado em 30 de Março de 2014 
  3. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 16 de Fevereiro de 2018 
  4. «Efemérides» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 51 (1231). 1 de Abril de 1939. p. 202-204. Consultado em 30 de Março de 2014 
  5. «Efemérides» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 51 (1236). 16 de Junho de 1939. p. 299-300. Consultado em 30 de Março de 2014 
  6. «Mogofores - Linha do Norte». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 31 de Outubro de 2016 
  7. «Directório da Rede 2012». Rede Ferroviária Nacional. 6 de Janeiro de 2011. p. 75 
  8. «Directório da Rede Ferroviária Portuguesa 2005». Rede Ferroviária Nacional. 13 de Outubro de 2004. p. 81 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre a Estação de Mogofores

Ligações externas[editar | editar código-fonte]