Estação Ferroviária de Pegões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pegões Logos IP.png
Estação de Pegões, em 2003.
Linha(s) Linha do Alentejo (PK 41,894)
Coordenadas 38° 39′ 44,17″ N, 8° 37′ 08,46″ O
Concelho Montijo
Serviços Ferroviários InterCidades
Horários em tempo real
Serviços Acesso para pessoas de mobilidade reduzida

A Estação Ferroviária de Pegões, igualmente conhecida como Pégões, é uma interface da Linha do Alentejo, que serve a localidade de Pegões, no Concelho de Montijo, em Portugal.

Vista geral da estação, em 2009.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Vias e plataformas[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2011, dispunha de 2 vias de circulação, com 653 e 523 m de comprimento; uma plataforma tinha 98 m de extensão e 25 cm de altura, enquanto que a outra apresentava 26 m de comprimento e 90 cm de altura.[1]

Localização e acessos[editar | editar código-fonte]

Esta interface situa-se junto ao Largo da Estação Ferroviária de Pegões.[2]

Comboio de mercadorias a passar pela estação de Pegões, em 2011.

História[editar | editar código-fonte]

Esta interface insere-se no lanço entre as estações de Barreiro e Bombel, que entrou ao serviço no dia 15 de Junho de 1857.[3]

Em 1913, a estação de Pegões estava ligada a Canha por um serviço de diligências.[4]

Em 1927, a Rede do Sul e Sueste foi arrendada à Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, que iniciou um esforço de remodelação das vias férreas e das estações.[5] A gare de Pegões foi contemplada neste programa, tendo o edifício de passageiros sido alvo de obras de reparação em 1933[6] e 1934.[7]

Num edital publicado no Diário do Governo n.º 31, III Série, de 7 de Fevereiro de 1955, a Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses anunciou que tinha pedido licença para estabelecer uma carreira de autocarros entre Évora e a Estação do Barreiro, servindo várias localidades pelo caminho, incluindo Pegões.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre a Estação de Pegões

Referências

  1. «Linhas de Circulação e Plataformas de Embarque». Rede Ferroviária Nacional. Directório da Rede 2012: 71-85. 6 de Janeiro de 2011 
  2. «Pegões - Linha do Alentejo». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 17 de Agosto de 2016 
  3. SANTOS, p. 108
  4. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 27 de Fevereiro de 2018 
  5. «Rêde do Sul e Sueste» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1127). 1 de Dezembro de 1934. p. 593-594. Consultado em 17 de Agosto de 2016 
  6. «O que se fez nos Caminhos de Ferro em Portugal no Ano de 1933» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1106). 16 de Janeiro de 1934. p. 49-52. Consultado em 17 de Agosto de 2016 
  7. «O que se fez nos Caminhos de Ferro Portugueses, durante o ano de 1934» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1130). 16 de Janeiro de 1935. p. 50-51. Consultado em 17 de Agosto de 2016 
  8. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 67 (1612). 16 de Fevereiro de 1955. p. 461-462. Consultado em 17 de Agosto de 2016 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SANTOS, Luís (1995). Os Acessos a Faro e aos Concelhos Limítrofes na Segunda Metade do Séc. XIX. Faro: Câmara Municipal de Faro. 213 páginas 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.