Estação Ferroviária de Ródão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ródão
BSicon BAHN.svg
obras junto à estação de Ródão, em 2009
Identificação:[1] 52647 ROD (Ródão)
Denominação: Estação Satélite de Ródão
Administração: Infraestruturas de Portugal (centro)[2]:3.3.3.2
Classificação: ES (estação satélite)[3][4]
Tipologia: C [2]5.3.1.1
Linha(s): Linha da Beira Baixa (PK 63+548)
Altitude: 120 m (a.n.m)
Coordenadas: 39°39′18.34″N × 7°40′22.07″W

(≍+39.65509;−7.6728)

(mais mapas: 39° 39′ 18,34″ N, 7° 40′ 22,07″ O)
Concelho: bandeiraVila Velha de Ródão
Serviços: R IC
Conexões:
Serviço de táxis
VVR
Equipamentos: Parque de estacionamento Acesso para pessoas de mobilidade reduzida Lavabos Sala de espera Telefones públicos
Inauguração: [quando?]
Website:
Automotora 0361 vista da Estação de Ródão, em 2009.

A estação ferroviária de Ródão ou de Vila Velha de Ródão[2] (nome anteriormente grafado como "Rodam"), é uma gare ferroviária da Linha da Beira Baixa, que serve a localidade de Vila Velha de Ródão, no Distrito de Castelo Branco, em Portugal.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Localização e acessos[editar | editar código-fonte]

Esta interface situa-se junto à localidade de Vila Velha de Ródão, com acesso pela Rua da Estação.[5]

Caraterização física[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2011, a Estação dispunha de quatro vias de circulação, com 607 a 302 m de comprimento; as duas plataformas tinham 187 e 201 m de extensão, e 90 e 45 cm de altura.[6] O edifício de passageiros situa-se do lado poente da via (lado esquerdo do sentido ascendente, para Guarda).[7][8] Nesta estação insere-se na rede ferroviária o ramal particular Ródão-Portucel.[1]

Serviços[editar | editar código-fonte]

Esta interface é utilizada por serviços Regionais e InterCidades da operadora Comboios de Portugal.[9]

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Linha da Beira Baixa § História
Anúncio de 1902 das Companhias Real e da Beira Alta, onde esta interface surge com a denominação original, Rodam.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

Esta interface encontra-se entre as Estações de Abrantes e Covilhã da Linha da Beira Baixa, tendo este troço começado a ser construído nos finais de 1885, e entrado em exploração no dia 6 de Setembro de 1891.[10]

Século XX[editar | editar código-fonte]

No ano de 1933, o edifício de passageiros desta estação sofreu obras de reparação e melhoramento.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. a b c Diretório da Rede 2021. IP: 2019.12.09
  3. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  4. Instrução de Exploração Técnica N.º 50. INTF («Entrada em vigor 11 de Dezembro de 2005»): p.5
  5. «Ródão - Linha da Beira Baixa». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 17 de Junho de 2016 
  6. «Linhas de Circulação e Plataformas de Embarque». Rede Ferroviária Nacional. Directório da Rede 2012: 71-85. 6 de Janeiro de 2011 
  7. (anónimo): Mapa 20 : Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1985), CP: Departamento de Transportes: Serviço de Estudos: Sala de Desenho / Fergráfica — Artes Gráficas L.da: Lisboa, 1985
  8. Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1988), C.P.: Direcção de Transportes: Serviço de Regulamentação e Segurança, 1988
  9. «Intercidades/Regional - Linha da Beira Baixa» (PDF). Comboios de Portugal. 13 de Dezembro de 2015. Consultado em 17 de Junho de 2016 
  10. TORRES, Carlos (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682): 61-64. Consultado em 17 de Junho de 2016 
  11. «O que se fez nos Caminhos de Ferro em Portugal no Ano de 1933» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1106): 49-52. 16 de Janeiro de 1934. Consultado em 17 de Junho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.