Estação Ferroviária de Vale do Guizo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vale do Guizo
Regional 3700, Estação de Vale do Guizo, em 2009.
Inauguração 14 de Julho de 1918
Linha(s) Linha do Sul (PK 87.785)
Coordenadas 38° 18′ 12,8″ N, 8° 31′ 24,3″ O
Concelho Alcácer do Sal
Serviços Ferroviários Sem serviços
Horários em tempo real

A Estação Ferroviária de Vale do Guizo, originalmente conhecida como Vale de Guiso, é uma interface encerrada da Linha do Sul, que servia a localidade de Vale de Guiso, no Concelho de Alcácer do Sal, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Vias e plataformas[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2011, contava com duas vias de circulação, ambas com 491 m de comprimento; as duas plataformas tinham ambas 78 m de extensão, e apresentavam 45 e 40 cm de altura.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Cruzamento entre um comboio de mercadorias e um Alfa Pendular em Vale do Guizo, em 2008.

Em Junho de 1918, previa-se até ao final do ano a abertura do troço entre Grândola e Alcácer do Sal, incluindo desde logo um apeadeiro em Vale do Guiso.[2] A linha entre Grândola e a estação provisória de Alcácer do Sal, na margem Sul do Rio Sado, entrou ao serviço em 14 de Julho desse ano.[3]

Em 1935, foi construído um novo edifício neste apeadeiro, que nessa altura denominava-se de Vale de Guiso.[4][5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Linhas de Circulação e Plataformas de Embarque». Directório da Rede 2012. Rede Ferroviária Nacional. 6 de Janeiro de 2011. p. 71-85 
  2. «Efemérides» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 51 (1232). 16 de Abril de 1939. p. 221-223. Consultado em 21 de Março de 2014 – via Hemeroteca Municipal de Lisboa 
  3. TORRES, Carlos Manitto (16 de Fevereiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1684). Gazeta dos Caminhos de Ferro. p. 91-95. Consultado em 21 de Março de 2014 – via Hemeroteca Municipal de Lisboa 
  4. «Importantes melhoramentos ferroviários em Barreiro, Lavradio e na Linha do Sado» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1144). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 16 de Agosto de 1935. p. 350. Consultado em 21 de Março de 2014 – via Hemeroteca Municipal de Lisboa 
  5. «Os nossos Caminhos de Ferro em 1935» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 48 (1154). 16 de Janeiro de 1936. p. 52-55. Consultado em 21 de Março de 2014 – via Hemeroteca Municipal de Lisboa 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre a Estação de Vale do Guizo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.