Estação Harajuku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estação Harajuku
Estação Harajuku, março de 2020
Uso atual Estação de Trem Urbano Estação ferroviária
Administração
Linhas Linha Yamanote
Sigla JY19
Plataformas 2 (laterais)
Movimento diário 70,866
Informações históricas
Inauguração 30 de outubro de 1906 (113 anos)
Localização
Endereço 1 Chome Jingumae
Município Shinjuku, Tóquio
País Japão Japão

A Estação Harajuku (原宿駅 Harajuku-eki?) é uma estação ferroviária localizada no bairro de Shibuya, Tokyo, Japão. É operada pela East Japan Railway Company (JR East). A estação leva o nome da área próxima, Harajuku.[1]

Linhas[editar | editar código-fonte]

A estação é servida pela linha Yamanote e fica ao lado da estação Meiji-Jingumae, das linhas Chiyoda e Fukutoshin do metrô de Tóquio. É marcada como uma integração na maioria dos mapas de rotas, ainda que não haja conexão física entre as duas estações.

Layout da estação[editar | editar código-fonte]

As plataformas da linha Yamanote em 2020

A estação consiste em duas plataformas laterais de dois trilhos. A estação era composta inicialmente por uma plataforma central com uma plataforma adicional temporária voltada para a direção de Shinjuku. Essa plataforma temporária foi tornada permanente nas reformas de 2020. Atualmente, as duas plataformas servem direções diferentes.

História[editar | editar código-fonte]

A estação foi inaugurada em 30 de outubro de 1906.[1][2]

Em novembro de 2014, foram instaladas portas de plataforma.[3]

Renovações de 2020[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2016, a JR East anunciou planos para reconstruir a estação antes das Olimpíadas de 2020, visando evitar problemas relacionados à superlotação e melhorar o fluxo de passageiros.[4] A construção se iniciou em setembro de 2016. Em 21 de março de 2020, pouco antes da previsão de início das Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio, um novo edifício foi inaugurado ao sul do edifício antigo, com saídas para o templo Meiji-Jingu e para a avenida Omotesando.[5][6] Em novembro de 2019, após três anos de consultas com associações locais, a JR East decidiu demolir o antigo prédio da estação, alegando motivos de segurança.[7]

Estatísticas de passageiros[editar | editar código-fonte]

No ano de 2018, a estação foi utilizada por uma média de 75.341 passageiros por dia (apenas passageiros de embarque), tornando-a a sexagésima segunda estação mais movimentada operada pela JR East.[8]

Referências

  1. a b Nagata, Kazuaki (4 de julho de 2016). «Modern needs, crowds outgrow historic Harajuku Station» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2020 
  2. 日本国有鉄道停車場一覧. Japanese National Railways. Japan: [s.n.] 1985. ISBN 4-533-00503-9 
  3. «山手線原宿駅に可動式ホーム柵が設置される|鉄道ニュース|2014年11月12日掲載|鉄道ファン・railf.jp» (em japonês). Consultado em 24 de abril de 2020 
  4. «Harajuku Station to be rebuilt ahead of 2020 Tokyo Olympics» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2020 
  5. «New Harajuku Station building opens in Tokyo's pop-culture hub» (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2020 
  6. «New Harajuku station building unveiled ahead of March opening» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2020 
  7. «Harajuku Station will be demolished after the Tokyo Olympics and Paralympics» (em inglês). 20 de novembro de 2019. Consultado em 24 de abril de 2020 
  8. «各駅の乗車人員 2018年度 ベスト100:JR東日本» (em japonês). Consultado em 24 de abril de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]