Estação Imperatriz Leopoldina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CPTM icon.svg Imperatriz Leopoldina
Estação Imperatriz Leopoldina (2017).
Uso atual Bahn aus Zusatzzeichen 1024-15.svg Estação de trens metropolitanos
Proprietário Bandeira do estado de São Paulo.svg Governo do Estado de São Paulo
Administração Estrada de Ferro Sorocabana (1931–1971)
FEPASA (1971–1996)
CPTM icon.svg CPTM (1996–atualmente)
Linha 8cinza.png Diamante
Sigla ILE
Posição Superfície
Serviços Terminal rodoviário
Informações históricas
Nomes antigos Armazém Regulador
Km 11
Inauguração Meados de 1931 (87 anos)
Inauguração da
atual edificação
25 de janeiro de 1979 (39 anos)
Localização
Localização Gnome-globe.png Estação Imperatriz Leopoldina
Endereço Rua Major Paladino, 8, Vila Leopoldina
Próxima estação
Sentido Itapevi/
Amador Bueno
8cinza.png Sentido Júlio Prestes
Presidente Altino Domingos de Moraes
Imperatriz Leopoldina

A Estação Imperatriz Leopoldina é uma estação ferroviária pertencente à Linha 8–Diamante da CPTM, localizada no município de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

A estação foi inaugurada pela EFS em 1931 com o nome de Armazém Regulador apenas para recebimento de cargas,pois ficava em uma zona densamente industrial da cidade.

Na metade dos anos 30, é rebatizada com o nome de Km 11 e passa a receber passageiros. Com a construção do Ramal de Jurubatuba (atual Linha 9–Esmeralda da CPTM) em 1957, passa a ser por um curto período de tempo, estação inicial do ramal.

Em 1966, recebe um novo prédio, construído pela Estrada de Ferro Sorocabana como parte de um projeto de revitalização dos trens de subúrbio.

Nos anos 70 a Sorocabana é absorvida pela FEPASA que reconstrói a maioria das estações da Linha Oeste (atual Linha 8–Diamante da CPTM), sendo que Imperatriz Leopoldina recebe um novo prédio em 25 de janeiro de 1979.

Em 1996 a administração da Linha Oeste é a repassada à CPTM, que muda sua denominação para Linha B–Cinza, e posteriormente para Linha 8–Diamante.

Tabelas[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Comprimento (km) Estações Observações
8
Diamante
Júlio PrestesItapevi 35,283 20 Possui extensão operacional.
Antiga Linha B–Cinza / Antiga Linha Oeste do Trem Metropolitano da FEPASA.
Sigla Estação Inauguração Integração Plataformas Posição Notas
ILE Imperatriz Leopoldina 1931 Bilhete Único da SPTrans. Central Superfície Estação reconstruída pela FEPASA
sendo reinaugurada em 25 de janeiro de 1979.
Precedido por
Presidente Altino
Distância: 2.920 metros
Linha 8–Diamante da CPTM
Imperatriz Leopoldina
Sucedido por
Domingos de Moraes
Distância: 1.808 metros

Ligações externas[editar | editar código-fonte]