Estação Invernada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estação Invernada
Fundação 26 de março de 1995 (24 anos)
Escola-madrinha Mocidade Alegre
Cores
Vermelho
Azul
Branco
Símbolo Maria Fumaça
Bairro Vila Aurora
Presidente Luciano Simões
Desfile de 2019
Enredo Da Mistura de Três Raças surge a pele Brasil

Estação Invernada é uma escola de samba de São Paulo. Fundada em março de 1995 por três amigos do bairro de Vila Aurora, zona norte de São Paulo a escola homenageia uma das estações do antigo Tramway da Cantareira.

História[editar | editar código-fonte]

No Bairro de Vila Aurora, situado na Zona Norte de São Paulo, havia duas entidades; Associação Amigos e Associação Feminina, então alguns amigos resolveram entrar na luta social e resgatar o lado cultural da região. Para os sambistas do Bairro, desfilar em Escola de Samba significava deslocar-se alguns quilômetros.

Marcaram uma reunião no Colégio Carlos de Laet. Com o apoio de imediato da comunidade, o sonho tornou-se realidade.

O seu nome foi uma sugestão dada por Alexandre Machado, por ficar localizada próxima a Estação Invernada de Trem. Suas cores eram o Vermelho, Azul e Branco, porém em 1999 foi acrescentado o Preto.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Luciano Simões 2019 [1]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor geral de harmonia Mestre de bateria Ref.
2019 Rogélio Alves Roberto vagareza Mestre Chico Belo [2]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Fabiano Dourado e Jéssica Gioz [1]
2015 Fabiano Dourado e Miriam Acedo [2]
2019 Anderson Guedes e Aline Guedes

Rainhas de bateria[editar | editar código-fonte]

Anos Rainha de bateria Ref.
2019 Nana

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Estação Invernada
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref.
1997 3° lugar Seleção A Do Trilho á Passarela Rogelio Alves Teresinha Colto [1]
1998 5° lugar 3-UESP No Reino da Alegria e Ilusões Rogelio Alves Marcos Zoio
1999 Campeã 3-UESP Luís Gonzaga , O Rei do Baião Rogelio Alves Marcos Zoio
2000 7° Lugar 2-UESP 70 Anos de Vai-Vai Rogélio Alves Marquinhos
2001 Vice-Campeã 2-UESP Basta! Rogélio Alves Pipoca
2002 9° lugar 1-UESP Estação Invernada ,Ao Vivo e a Cores Comissão de Carnaval
2003 12º lugar 2-UESP Ilha de Itaparica, Beleza e Esplendor na Terra de São Salvador Rogélio Alves Rodrigo Inspiração, Nenê, Anderson e André
2004 Campeã 3-UESP São Paulo nos Trilhos da Estrada de Aço é um Eldorado de Encantos
2005 8º lugar 2-UESP Da África ao Novo Mundo - Ogum o Rei de Irê Delmo de Moraes Perninha, Emerson, Dani e Rodrigo Inspiração
2006 11º lugar 2-UESP Os Sete Pecados Capitais na Tentação do Carnaval Cuidado Para não Pecar Demais Delmo Morais
2007 Vice-Campeã 3-UESP Carnajunina. Na Invernada Isto Deu Certo Delmo Morais
2008 8º lugar 2-UESP Pela Raça Lutou, Na Raça Superou e Com a Raça Conquistou Tomaz Celsinho
2009 3º lugar 2-UESP Amazônia - Patrimônio do Brasil
2010 7º lugar 2-UESP Batam Palmas, O Circo Chegou Eduardo Felix
2011 12º lugar 2-UESP Lutar sempre, vencer talvez e desistir jamais
2012 12º lugar 3-UESP S.O.S Planeta Terra, a mãe natureza clama vida Fabiano Brandão
2013 10º lugar 3-UESP Nos passos cadenciados da alegria, sou Invernada dançando nesta folia. Vem dançar com meu samba Rogélio Alves
2014 9º lugar 3-UESP Educação - o alicerce do futuro da nação

Compositor:Anderson Carlos

Danilo Deodato [1]
2015 7º lugar 3-UESP No mar de aromas e cores irei mergulhar, a feira 100 anos vai comemorar

Compositor: Joãozinho Pdm

Daniel Junior Mario Roberto [2]
2016 5º lugar 3-UESP O destino é feito de estações, mas somos nós que determinamos a Invernada de nossa vida [3]
2017 11º lugar 3-UESP Aproveite o máximo de vossa viagem, pois, o regresso é certo, e o trem da vida partirá a qualquer momento
2018 9º lugar 4-UESP Eu quero cair na folia HERMINIA Paiva Fabiano Brandão [4]
2019 5º Lugar 4-UESP Da Mistura de Três Raças Surge a Pele Rogélio Alves [5] [6]

Referências

  1. a b c d Sasp. «Carnaval 2014». Consultado em 31 de maio de 2014. Arquivado do original em 12 de março de 2014 
  2. a b c «Cópia arquivada». Consultado em 2 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 8 de dezembro de 2015 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 2 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 8 de dezembro de 2015 
  4. «Grupo 4». UESP. Consultado em 25 de janeiro de 2018 
  5. «Central do Carnaval 2019». SASP. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
  6. «Central Carnaval». SASP. Consultado em 25 de janeiro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.