Estação Ramos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Headersupervia.svg
Ramos
Estação Ramos, em 2010
Informações
Ramos está localizado em: Baixada Fluminense e parte da cidade do Rio de Janeiro
Ramos
Localização da Estação Ramos
Endereço Rua Cardoso de Morais, 599
Ramos - Rio de Janeiro, RJ
Coordenadas 22° 51' 18.03" S 43° 15' 36.36" O
Administração Logo da SuperVia.svg SuperVia
Uso Atual Estação de trens metropolitanos
Código RJ-3279
Sigla RMS
Linha Linha Saracuruna
Estrutura Superfície
Níveis 1
Plataformas 1
Serviços Terminal rodoviário
Outras Informações
Inauguração 23 de outubro de 1886 (130 anos)
Movimento
Passageiros (2010) 1,468 Aumento25%
Próxima Estação
Sentido Centro
Sv-vorangelinecontshort.svg
Sv-vlightorangeinterincl.svg Sv-vorangeinterstationcable.svg Bonsucesso
Sv-vlightorangelinecontshort.svg Sv-vorangelineshort.svg
Sv-vorangestation.svg Ramos
Sv-vorangestation.svg Olaria
Sv-vorangelinecontshort.svg
Sentido Saracuruna

Ramos é uma estação de trem do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

Estação de Ramos 1945 (ano estimado)

Foi inaugurada[1] em 1886. Ninguém sabia porquê Ramos assim se chamava. Como eu trabalhava na Prefeitura, fiz a pesquisa. Resultado: tive as maiores decepções até descobrir a quem pertenciam as terras da estação de trem. Estas pertenciam à família Fonseca Ramos, que cedeu uma faixa para colocar o trem, em 1886, mas com a condição de fazer uma estação para a família quando essa viesse passar o fim de semana no sítio. Antes, era de São Francisco Xavier direto até a Penha. A inauguração da estação de Ramos foi em 23 de outubro de 1886. (João Gonçalves de Lima Filho e Bete Silva, 2004), A data de 23 de outubro acabou sendo considerada o aniversário [2] do bairro de Ramos e de toda a Zona da Leopoldina.

Estação de trens de Ramos

Em 1986, a locomotiva Pacific 327 a vapor comemorou os 100 anos da estação e do bairro. Atualmente a estação serve aos trens metropolitanos controlados pela Supervia.

A estação fica perto da quadra da Imperatriz Leopoldinense.

Acessibilidade é um grande problema nesta estação, não modernizada pela Supervia.[3][4] O acesso subterrâneo da Estação foi o aproveitamento de um "mata-burros" que impedia o acesso gratuito a estação original de trens, e a passarela foi demolida por motivos não conhecidos.

Histórico Estação Ramos.jpg

Plataformas[editar | editar código-fonte]

  • Plataforma 1A: Sentido Gramacho e Saracuruna
  • Plataforma 1B: Sentido Central

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Estação Ramos». Estações Ferroviária do Estado do Rio de Janeiro. Consultado em 26 de janeiro de 2012 
  2. «Projeto de Lei». mail.camara.rj.gov.br. Consultado em 24 de maio de 2017 
  3. «Passageiros de trem enfrentam dificuldades para acessar estação de Ramos - Rio de Janeiro - R7 Balanço Geral RJ». noticias.r7.com. Consultado em 12 de maio de 2016 
  4. «Falta conservação em passagem da SuperVia em Ramos». 15 de novembro de 2015. Consultado em 5 de outubro de 2016 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Ramos