Estação São Paulo-Morumbi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com uma construção atualmente em andamento.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 4 de maio de 2018.)
Applications-development current.svg
ViaQuatro Logo Mono.png São Paulo-Morumbi
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metrô
Administração ViaQuatro logo.png ViaQuatro
Linhas 4yellow.png Amarela
Sigla MBI
Posição Subterrânea
Plataformas 4yellow.png Laterais
Capacidade Para até 70 mil passageiros/dia
Serviços Acesso à deficiente físico Escada rolante Elevador Banheiro Venda de Bilhetes
Conexões Terminal rodoviário
Informações históricas
Inauguração Julho de 2018 (previsão)
Localização
Coordenadas 23° 35' 10" S 46° 43' 26" O
Localização Av. Prof. Francisco Morato × Av. Jorge João Saad, Butantã
Município São Paulo
País  Brasil
Próxima estação
Sentido Luz 4yellow.png Sentido Vila Sônia
Butantã Vila Sônia
São Paulo-Morumbi

A Estação São Paulo–Morumbi será uma estação de metrô da linha 4–Amarela da ViaQuatro do Metrô de São Paulo. A previsão inicial da inauguração da estação era para 2012[1], sendo adiada para 2015,[2] 2017[3] e, atualmente, julho de 2018.[4][5]

As obras da estação da Linha 17 foram congeladas devido à falta de recursos do Estado, sendo assim descartada.[1][6]

A Estação São Paulo-Morumbi ficará localizada na confluência entre as avenidas Professor Francisco Morato e Jorge João Saad, no distrito do Butantã, na Zona Oeste de São Paulo. Próximo ao Estádio do Morumbi.

Construção[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2010 um guindaste de cerca de trinta metros de altura tombou nas obras da estação ao içar materiais do fundo de um dos poços, caindo sobre a calçada da Avenida Professor Francisco Morato[7], sem, no entanto, causar feridos ou interromper os trabalhos.[8]

Originalmente prevista para ser entregue em 2012, a partir de 2011 a previsão de inauguração passou a ser o primeiro semestre de 2014, antes da Copa do Mundo.[9] No início de 2013, o governo estadual passou a informar que a inauguração seria em setembro de 2014, mas, em dezembro, o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, deixou de garantir essa previsão, mudando-a para 2015.[10] "O esforço grande agora é puxar também a [Estação São Paulo] Morumbi para 2014", disse.[10]

Características[editar | editar código-fonte]

Situada à Avenida Professor Francisco Morato, sem número (entre a Avenida Jorge João Saad e a Rua Maurílio Vergueiro Porto), próximo ao Estádio do Morumbi, a estação é enterrada, com plataformas laterais e central e estruturas em concreto aparente. Possuirá acesso para pessoas portadoras de deficiência e integração com terminal de ônibus urbano. Sua capacidade será de setenta mil passageiros por dia.

Sigla Estação Inauguração Capacidade Integração Plataformas Posição Notas
MBI São Paulo–Morumbi 2º semestre de 2018 70 mil passageiros/dia Bilhete Único da SPTrans

Linha 4–Amarela

Laterais e Centrais Subterrânea Estação com estrutura de concreto aparente.

Referências

  1. «São Paulo - Pilastras na República atrasam obra da linha amarela do metrô - 18/06/2009». www.agora.uol.com.br. Consultado em 25 de setembro de 2016. 
  2. http://www.metro.sp.gov.br/noticias/metro-realiza-obras-na-futura-estacao-oscar-freire-neste-domingo.fss
  3. «Atraso na linha 4 do metrô trará duplo dano financeiro ao governo de SP». Folha de S.Paulo. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 
  4. «Metrô assina contrato de R$ 858 milhões para conclusão da Linha 4-Amarela». Estadão Conteúdo. Consultado em 14 de julho de 2016. 
  5. Meier, Ricardo (31 de dezembro de 2017). «Saiba o status das obras de expansão do Metrô e da CPTM». Metrô CPTM. Consultado em 22 de janeiro de 2018. 
  6. Meier, Ricardo (31 de dezembro de 2017). «Saiba o status das obras de expansão do Metrô e da CPTM». Metrô CPTM. Consultado em 22 de janeiro de 2018. 
  7. «Guindaste instalado em obra do Metrô cai na Francisco Morato». O Estado de S. Paulo (42 541). São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. 8 de abril de 2010. pp. pág. C11. ISSN 1516-2931. Consultado em 8 de abril de 2010. 
  8. Solange Spigliatti (7 de abril de 2010). «Guindaste que caiu na estação do Metrô será retirado à tarde». Estadão.com.br. Consultado em 7 de abril de 2010. 
  9. http://vilamundo.org.br/2011/09/inauguracao-da-estacao-de-metro-fradique-coutinho-pode-ser-adiantada/
  10. a b Caio do Valle (13 de dezembro de 2013). «Cinco estações do Metrô e da CPTM têm atrasos». O Estado de S. Paulo (43 886). São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. pp. A20. ISSN 1516-2931. Consultado em 13 de dezembro de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]