Estação Sèvres - Babylone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sèvres - Babylone
Um dos acessos da estação.
Uso atual Estação de metropolitano
Administração RATP Metrô de Paris
Linhas Linhas 10, 12
Código 0209
Tipo de estação Subterrânea
Plataforma 4
Informações históricas
Inauguração Paris m 12 jms.svg 05 de novembro de 1910
Paris Metro 10.svg 30 de dezembro de 1923
Próxima estação
Sentido Boulogne
Paris Metro 10.svg
Sentido Gare d'Austerlitz
Sèvres - Babylone
Sentido Front Populaire
Paris m 12 jms.svg
Sentido Mairie d'Issy
Sèvres - Babylone

Sèvres - Babylone é uma estação das linhas 10 e 12 do Metrô de Paris, localizada no limite do 6.º e do 7.º arrondissements de Paris.

História[editar | editar código-fonte]

A estação foi aberta em 5 de novembro de 1910. Ele leva o nome da rue de Sèvres, que é o antigo caminho que levava no século XIII de Paris para Sèvres mas também a rue de Babylone, antigo caminho que se perdia na planície de Grenelle, e que deve desde 1673 seu nome ao bispo de Babilônia que foi Jean Duval[1] chamado Monsieur de Babylone e depois Bernard de Sainte Thérèse.

Originalmente, a estação da linha 10 atual (CMP) deveria se chamar Babylone, e a estação da linha 12 atual (Nord-Sud) deveria se chamar Sèvres. A cidade obrigou a duas empresas para fazer estação comum, mas pode se reparar nas faianças que os rancores foram teimosos, a estação da linha 10 indicando Sèvres-Babylone (Babylone em letras grandes), e a da 12 Sèvres-Babylone (Sèvres em letras grandes).

Até 2008, as plataformas de linha de 10 apresentavam uma exposição sobre a ecologia, com as vitrines em reciclagem de resíduos, as energias renováveis ou o consumo de água e luz no mundo. Nesta data, elas têm sido renovadas por painéis focando especificamente sobre os compromissos do Grenelle de l'environnement. As vitrines foram totalmente colocadas no final do ano de 2015 (ainda pode se perceber as suas faixas no chão). Nesta ocasião, as telhas biseladas de cores verde e amarela foram substituídas por telhas brancas, fazendo assim perder a decoração original dessas plataformas. As verdes formaram padrões em zigue-zague, as amarelas foram alinhadas e receberam os desenhos.

Em 2011, 5 618 445 passageiros entraram nesta estação, fora os passageiros em correspondência com a rede de metrô e do RER RATP[2]. Ela viu entrar 5 265 540 passageiros em 2013 o que a coloca na 67ª posição das estações de metrô por sua frequência[3].

Serviços aos Passageiros[editar | editar código-fonte]

Acessos[editar | editar código-fonte]

  • Acesso 1: r. de Sèvres: 18, rue de Sèvres
  • Acesso 2: r. Velpeau - Le Bon Marché: ângulo rue Velpeau / rue de Sèvres (com escada rolante)
  • Acesso 3: boulevard Raspail côté des nos pairs - square Boucicaut: entrada é do square Boucicaut (com escada rolante proveniente da plataforma da linha 12 direção Mairie d'Issy)

Plataformas[editar | editar código-fonte]

As plataformas da linha 10 são de configuração padrão: duas plataformas laterais, elas são separadas pelas vias do metrô e a abóbada é elíptica. A decoração é de estilo utilizado pela maioria das estações de metrô: a faixa de iluminação é branca e arredondada no estilo "Gaudin" da renovação do metrô da década de 2000, e as telhas em cerâmica brancas biseladas cobrem os pés-direitos, a abóbada e o tímpano. Os quadros publicitários são em faiança da cor de mel e o nome da estação é também em faiança no estilo da CMP original. Os assentos são do estilo "Motte" de cor verde.

Intermodalidade[editar | editar código-fonte]

A estação é servida pelas linhas 39, 63, 68, 70, 83, 84, 87 e 94 da rede de ônibus RATP.

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Biographie de Jean Duval, dit Monsieur de Babylone, devenu « frère Bernard de Sainte Thérèse », sur le site d'Annie Delaitre-Rélu.
  2. Entradas anuais provenientes de fora da estação (via pública, correspondências de ônibus, rede SNCF, etc.) Arquivado em 18 de julho de 2014, no Wayback Machine., no site data.ratp.fr. Consultado em 5 de novembro de 2012.
  3. Tráfego anual de entradas por estação (2013) Arquivado em 8 de março de 2013, no Wayback Machine., no site data.ratp.fr, consultado em 31 de agosto de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Estação Sèvres - Babylone