Estaca Strauss

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em engenharia estrutural, a estaca Strauss é um tipo de fundação que se caracteriza por ser moldada no local após perfuração do solo. Estas estacas foram desenvolvidas com o objetivo de substituir as estacas pré-moldadas que produzem forte vibração e ruído ao serem cravadas no solo.[1] Na Europa e Estados Unidos, a estaca Strauss foi largamente utilizada desde o início do século e se tornou mais popular no Brasil apenas depois da Segunda Guerra Mundial.[1]

O equipamento para a colocação da estaca Strauss é conhecido como bate-estaca Strauss e consiste basicamente de um guincho, um tripé com uma roldana fixada no topo, tubos guia, pilão e sonda.

O guincho através de um cabo de aço, movimenta verticalmente o martelo ou sonda, que através de impactos verticais, escava ou compacta o solo, criando um "poço" de 20, 25 ou 30cm de diâmetro, via de regra (podendo ter alterações conforme dimensionamento da fundação), que é preenchido de concreto, gerando uma estaca Strauss.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b Frederico F. Falconi, João de Souza Filho|Nélio Descio Fígaro (2000). Fundações - Teoria e prática - seção 9.1.2 Estacas Escavadas sem Lama Bentonítica. [S.l.]: PINI 
Ícone de esboço Este artigo sobre construção civil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

A estaca Strauss é uma fundação em concreto (simples ou armado), moldada in loco, executada através de escavação com revestimento metálico removível. Possui seção circular com diâmetros entre 25 e 45 cm, suportando até 60tn por estaca.

Perfuração da Estaca O processo se inicia com, a abertura de um furo no terreno utilizando soquete, que ao atingir de 1m a 2m, servirá de guia para o primeiro tubo "coroa". Após a colocação da "coroa", o soquete é substituído pela sonda de percussão, que irá através de golpes sucessivos, retirar o material a baixo da coroa. Conforme a tubulação externa vai descendo, outros tubos são rosqueados em sua extremidade, até que se atinja a profundidade determinada.

Concretagem No inicio da concretagem, a sonda de percussão é substituída pelo soquete, e o concreto é lançado dentro da tubulação até atingir aproximadamente 1m de altura. Em seguida apiloa-se o concreto (com soquete) formando uma base alargada, uma espécie de bulbo também conhecido como "cebola". Para formar o fuste, o concreto vai sendo lançado na tubulação e apiloado, conforme as camisas metálicas vão sendo removidas com auxilio do guincho.

Vantagens - Acessibilidade - Devido a sua leveza e dimensões reduzidas, a estaca Strauss apresenta uma agilidade muito grande no canteiro de obras, conseguindo assim executar estacas tanto em terrenos acidentados, quanto em locais confinados; - Execução sem Vibração – Fator importante quando existem construções vizinhas ou muito próximas; - Proteção do Fuste – Como a estaca Strauss é encamisada do começo ao fim, também é muito usada em terrenos com presença de agua, onde o fuste fica protegido pelas camisas de aço (tubulação externa) e - Otimização do Material - Por ser moldada em loco, e concretadas uma a uma, a perda de material é quase zero, tendo seu comprimento sempre certo e cota de arrasamento previsto em projeto.