Estádio Nacional da Costa Rica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estadio Nacional
O estádio em 2009
Nomes
Nome Estádio Nacional da Costa Rica
Apelido La Tacita de Plata
Características
Local San José
Costa Rica
Gramado (105m x 68m)
Capacidade 25.000 lugares
Inauguração
Data 29 de dezembro de 1924
Outras informações
Demolido maio de 2008

Estadio Nacional de Costa Rica (Estadio Nacional de Costa Rica em espanhol) foi um estádio multiuso localizado na capital da República da Costa Rica, a cidade de San José[1].

O estádio foi inaugurado em 29 de dezembro de 1924 pelo presidente Ricardo Jiménez[1] e foi o principal palco para as partidas de futebol do selecionado local. Em 1941 ele foi ampliado para 25 mil lugares e em 1976 foi reformado. Em 12 de maio de 2008 o "Tacita de Plata"[1] (como era conhecido popularmente) foi demolido para a construção de um novo e moderno estádio de futebol.

Algumas celebridades e autoridades foram recebidas no estádio, como o piloto Charles Lindbergh, em 1928, Jesse Owens, em 1968, o rei Juan Carlos da Espanha e sua esposa, em 1977, ou o Papa João Paulo II, em 1983. Em seu gramado foram montados palcos para inúmeros shows, principalmente da banda Aerosmith em 1994 ou o tenor Luciano Pavarotti em 2004[1].

O último jogo de futebol ocorreu uma semana antes do início da sua demolição, quando o time da "Universidad de Costa Rica" perdeu para o "Brujas" por 3 a 2 no torneio de verão local[2].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Viejo Estadio goles y cambios de gobiernos enmarcaron la historia de la 'Tacita de Plata', La Nacion, consultado em novembro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Comenzó demolición del Estadio Nacional, La Nacion, consultado em novembro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.