Estado estacionário (engenharia química)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma operação unitária é considerada em estado estacionário, ou um processo é chamado de um processo em estado estacionário, no que diz respeito a uma variável de operação, se essa variável não varia com o tempo.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Um exemplo é uma coluna de destilação, com alimentação constante de líquido a destilar, com fonte constante e estável de calor, com dissipação estável de calor para o ambiente, que mantém os níveis de líquido em seus pratos, os fluxos de vapor constantes é considerado um equipamento em estado estacionário.

Um reator químico no qual constantemente entrem correntes de reagentes e saiam correntes de produtos, com as concentrações internas de reagentes em mistura e produtos recém produzidos, que mantenha sua temperatura estável é igualmente uma unidade operando em estado estacionário.

Em engenharia química, os reatores químicos tubulares, por seus próprios mecanismos de operação, onde reagentes entram numa extremidade é os produtos saem na outra, em condições contantes, caracterizam-se por serem reatores que operam em estado estacionário.[1]

Referências

  1. Reactor Tubular Tipo Pistão - labvirtual.eq.uc.pt