Estatísticas do Botafogo de Futebol e Regatas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nesta lista, encontram-se dados e estatísticas do Botafogo de Futebol e Regatas.

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Estatísticas gerais[editar | editar código-fonte]

Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra
Amistosos e torneios amistosos (1904 a 2012) 1.247 703 272 272 2.885 1.633
Campeonato Carioca de Futebol (1906 a 2012) 2.126 1.183 469 474 4.563 2.607
Torneio Preparatório (1932) 3 1 1 1 6 5
Torneio Municipal (1938, 1943 a 1948 e 1951) 82 43 17 22 238 147
Torneio Extra (1938, 1941 e 1952) 19 10 1 8 38 34
Torneio Rio-São Paulo (1940, 50 a 66, 93 e 97 a 2002) 207 82 55 70 393 358
Torneio Relâmpago (1943 a 1946) 18 5 6 7 34 38
Torneio Octogonal Rivadavia Corrêa Meyer (1953) 3 1 1 1 6 5
Torneio João Teixeira de Carvalho (1958) 5 5 - - 19 1
Taça Brasil (1962, 1963, 1967 e 1968) 18 6 7 5 31 25
Copa Libertadores da América (1963, 1973 e 1996) 25 12 5 8 43 37
Taça Guanabara (1965 a 1971, 1980 e 1995) 60 27 22 11 75 48
Torneio Roberto Gomes Pedroza (1967 a 1970) 65 20 20 25 72 80
Campeonato Brasileiro de Futebol (1971-2002 e 2004-2012)* 1.037 383 310 344 1.365 1.274
Torneio Erasmo Martins Pedro (1973) 2 1 1 - 2 1
Torneio Ministro Ney Braga (1976) 6 4 - 2 12 9
Torneio dos Campeões (1982) 8 1 3 4 8 13
Torneio Heleno Nunes (1984) 9 1 7 1 5 3
Copa do Brasil (1990, 1991 e 1996 a 2012) 103 47 31 25 170 120
Taça Adolpho Bloch (1990) 6 2 2 2 7 6
Copa Rio (1991 a 1995 e 2000) 37 14 11 12 48 34
Copa Conmebol (1993 e 1994) 10 5 4 1 18 10
Recopa Sul-Americana (1994) 1 - - 1 1 3
Copa Denner (1994) 5 3 - 2 8 9
Taça Cidade Maravilhosa (1996) 7 6 1 - 21 6
Copa Master da Conmebol (1996) 1 - - 1 3 7
Seletiva para a Libertadores (1999) 2 - 1 1 2 4
Campeonato Brasileiro de Futebol Série B (2003) 35 16 11 8 70 47
Copa Record Rio (2005) 5 1 2 2 3 4
Copa Sul-americana (2006-2009 e 2011-2012) 24 11 5 8 39 35
Total 5.175 2.585 1.262 1.314 10.147 6.587


* Estão incluídas: as Copas União e João Havelange.

  • As competições em negrito são as que o Botafogo disputa no momento.
  • Embora já tenha ocorrido partidas pelo Campeonato Brasileiro, esperará o seu término para uma atualização mais precisa
  • Atualizado em 04h17min de 31 de Dezembro de 2012 (UTC-3)

Torneio Início[editar | editar código-fonte]

Retrospecto no Torneio Início (1916 a 1977):

Partidas Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra
103 41 37 25 76 45
  • As partidas decididas nos pênaltis ou nos escanteios foram consideradas como empates.

Recordes individuais[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 13 de maio de 2022

Recordes de estrangeiros[editar | editar código-fonte]

Jogadores brasileiros com ascendência estrangeira ou dupla nacionalidade, porém sem atuação por uma seleção estrangeira antes ou durante a sua passagem pelo Botafogo não aparecem nos rankings de estrangeiros.[nota 1]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Por partidas[editar | editar código-fonte]

Maiores públicos[editar | editar código-fonte]

Esses são os dez maiores públicos da história do Botafogo:[a]

Público Mandante Placar Visitante Estádio Data Competição Ref.
1 160 000 Fluminense 1–0 Botafogo Maracanã 27 de junho de 1971 Carioca
1 158 994 Botafogo 3–0 Flamengo 15 de dezembro de 1962 Carioca
2 158 477 Flamengo 2–2 Botafogo 29 de abril de 1979 Carioca Especial
3 149 191 Flamengo 2–1 Botafogo 1 de junho de 1969 Carioca
4 149 005 Vasco da Gama 2–0 Botafogo 28 de abril de 1968 Carioca
5 142 892 Flamengo 0–2 Botafogo 14 de março de 1971 Carioca
7 141 689 Botafogo 4–0 Vasco da Gama 9 de junho de 1968 Carioca
8 139 098 Botafogo 1–0 Flamengo 2 de junho de 1979 Carioca
9 137 261 Flamengo 0–0 Botafogo 26 de março de 1972 Carioca
10 135 487 Botafogo 3–1 Flamengo 19 de abril de 1981 Brasileiro [41]

Esses são os cinco maiores públicos em jogos sem os maiores rivais:

Público Mandante Placar Visitante Estádio Data Competição Ref.
1 111 641 Botafogo 2–1 Bangu Maracanã 17 de dezembro de 1967 Carioca [42]
2 107 730 Botafogo 0–0 Atlético Mineiro 12 de fevereiro de 1978 Brasileiro [41]
3 102 348 Botafogo 3–0 Santos 3 de janeiro de 1962 Amistoso [43]
4 102 260 Botafogo 3–1 Santos 31 de março de 1963 Brasileiro [44]
5 101 581 Botafogo 0–0 Juventude 27 de junho de 1999 Copa do Brasil [45]

Esses são os dez maiores públicos do Botafogo no Estádio Nilton Santos (Engenhão):[PP]

Público Mandante Placar Visitante Estádio Data Competição Ref.
1 43 810 Fluminense 1–2 Botafogo Nilton Santos 30 de junho de 2007 Brasileiro [46]
2 40 050 Botafogo 2–0 Nacional-URU 10 de agosto de 2017 Libertadores [47]
3 40 000 Botafogo 2–1 Portuguesa 23 de abril de 2008 Copa do Brasil [48]
4 39 500 Botafogo 1–0 River Plate 19 de setembro de 2007 Sul-Americana
5 38 717 Botafogo 2–1 Palmeiras 6 de dezembro de 2009 Brasileiro
6 38 357 Botafogo 2–1 Colo-Colo 1 de fevereiro de 2017 Libertadores [49]
7 36 995 Botafogo 4–0 Ceará 7 de setembro de 2011 Brasileiro [48]
8 36 034 Botafogo 0–0 Grêmio 13 de setembro de 2017 Libertadores [50]
9 35 788 Botafogo 2–0 Nacional-PAR 16 de agosto de 2018 Sul-Americana [51]
10 35 321 Botafogo 3–1 Vasco da Gama 29 de abril de 2012 Carioca [48]
  • A ^ O jogo Botafogo 0x0 Portuguesa-RJ não é considerado porque se tratou de uma rodada dupla para o Campeonato Carioca de 1969 em que o chamariz foi o jogo principal entre Flamengo e Fluminense.
  • PP. ^ As estatísticas do Estádio Nilton Santos consideram apenas o público pagante (exceto Fluminense 1x2 Botafogo, Botafogo 2x0 Nacional-URU, Botafogo 2x1 Colo-Colo, Botafogo 0x0 Grêmio e Botafogo 2x0 Nacional-PAR).

Retrospecto contra adversários do Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Retrospecto do Botafogo contra os principais rivais do Rio de Janeiro
Nome Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols pró Gols contra
América 272 126 70 76 508 388
América de Três Rios 9 7 1 1 19 6
Americano 86 52 18 16 168 76
Audax Rio 1 1 - - 4 0
Bangu 240 138 59 43 553 307
Barra da Tijuca 1 1 - - 1 0
Boavista / Barreira 12 6 3 3 36 21
Bonsucesso 122 87 24 11 327 100
Cabofriense 8 4 2 2 13 7
Cabofriense / Cabo Frio FC 12 6 5 1 27 13
Campo Grande 56 36 13 7 109 37
Canto do Rio 59 48 5 6 193 62
Cardoso Moreira 1 1 - - 1 0
CFZ do Rio 1 1 - - 1 0
Duquecaxiense 2 2 - - 5 1
Duque de Caxias 6 6 - - 17 3
Entrerriense 9 7 2 - 35 7
Flamengo 342 105 116 121 491 526
Fluminense 337 110 105 122 489 529
Friburguense 24 15 2 7 56 28
Goytacaz 31 17 8 6 51 26
Itaperuna / Porto Alegre 21 14 6 1 40 15
Macaé Esporte 5 4 1 - 15 3
Madureira 137 98 24 15 359 142
Mesquita 6 5 - 1 12 3
Nova Cidade 4 4 - - 10 0
Nova Iguaçu 4 2 2 - 8 3
Olaria 131 94 25 12 308 111
Portuguesa da Ilha 74 54 16 4 172 47
Resende 6 5 1 - 18 4
Royal 4 2 2 - 11 3
São Cristóvão 163 103 23 37 435 241
Serrano 15 10 3 2 29 13
Tigres do Brasil 2 2 - - 5 3
Vasco 323 86 96 141 437 513
Volta Redonda 60 35 17 8 109 55



Retrospecto em competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Finais de competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Finais do Botafogo de Futebol e Regatas no futebol para ver as súmulas dos jogos

A maior série invicta do futebol brasileiro[editar | editar código-fonte]

A maior série invicta do futebol brasileiro pertence ao Botafogo< juntamente com o Flamengo. Os dois clubes do Rio de Janeiro passaram 52 jogos sem perder na década de 70: entre os anos de 1977 e 1978 pelo Alvinegro e entre os anos de 1978 e 1979 pelo Rubro-negro.

Os que mais foram campeões[editar | editar código-fonte]

O goleiro Manga foi o jogador de futebol que mais foi campeão com a camisa do Botafogo. Ele conquistou 19 títulos durante sua passagem pelo clube. O segundo jogador é o polivalente Paulistinha. O atleta esteve com o Botafogo na campanha de 16 títulos. Nílton Santos, A Enciclopédia do Futebol, é o terceiro jogador com mais glórias pelo alvinegro, já que venceu 11 títulos durante os seus dezoito anos de futebolista dedicados exclusivamente ao Botafogo de Futebol e Regatas (somando-se os títulos das Seleções Brasileiras e Carioca, Nílton possui 26 títulos como profissional).

Futebolistas convocados para a Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

O Botafogo é o sétimo clube de futebol que mais cedeu jogadores à Seleção Brasileira. Até hoje, 95 jogadores foram convocados para defender o Brasil.> Nisto, 92 jogadores alvinegros entraram em campo para defender o quadro principal do país. Em seleções sub-23, o alvinegro pôs 33 jogadores à disposição do time nacional.

Os primeiros convocados oficiais foram Abelardo e Rolando de Lamare, em 21 de julho de 1914, e o último Marcinho, em 2019. Porém, amadoramente, em 1908, Ernest H. Coggin, Flávio Ramos, Lulú Rocha, Octávio Werneck e Raphael Sampaio já haviam sido convocados. O jogador que mais atuou pela Seleção enquanto jogava no Botafogo foi Jairzinho, com 101 jogos. Ele, que marcou gols em todos os jogos da Copa do Mundo de 1970, também foi o alvinegro que mais marcou gols pelo Brasil, 42 no total, sendo assim o 6° maior goleador da Seleção Brasileira.

Em Copas do Mundo, o Botafogo também é o clube de futebol que mais cedeu jogadores à Seleção Brasileira. Nas 18 edições do torneio, houve 46 convocações de jogadores alvinegros para a disputa, sendo que 9 jogadores do clube foram convocados somente para a Copa do Mundo de 1934. O Botafogo também serviu de base para a Seleção Brasileira Campeã do Mundo em 1958 e 1962 com vários titulares.

Notas e referências

Notas

  1. Com 167 jogos e 144 gols pelo Botafogo, o brasileiro naturalizado italiano Dino da Costa não aparece nos rankings por ter atuado pela Itália apenas após a sua passagem pelo Botafogo.[2]

Referências

  1. a b «Ídolos». Botafogo. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  2. «Dino da Costa foi o primeiro brasileiro artilheiro da Serie A». Calciopedia. 10 de novembro de 2020. Consultado em 13 de maio de 2022 
  3. «Com 181 jogos, Joel Carli se torna estrangeiro que mais vestiu a camisa do Botafogo». O Globo. 12 de maio de 2022. Consultado em 13 de maio de 2022 
  4. «Jogos em 2022 - Joel Carli». oGol. Consultado em 25 de julho de 2022 
  5. a b c d e f «Quais são os estrangeiros com mais jogos pelo Botafogo?». Goal. 7 de março de 2022. Consultado em 13 de maio de 2022 
  6. «Jogos em 2022 - Gatito Fernández». oGol. Consultado em 25 de julho de 2022 
  7. a b c d «Seedorf já é o 10.° gringo com mais gols pelo Botafogo». Placar. 26 de outubro de 2012. Consultado em 17 de janeiro de 2014 
  8. «Do goleiro ao ponta: os estrangeiros que marcaram o Botafogo». Mais Que um Jogo. 24 de abril de 2020. Consultado em 13 de maio de 2022 
  9. «Lembra Dele? Artilheiro da Conmebol pelo Bota, Sinval hoje tem três motéis». GloboEsporte.com. 9 de outubro de 2013. Consultado em 6 de setembro de 2014 
  10. «Nostalgia Tricolor – Recopa Sul-Americana de 1994». SPFC Notícias. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  11. «Todos os artilheiros do Brasileiro Série A». Campeões do Futebol. Consultado em 6 de setembro de 2014 
  12. «Todos os artilheiros da Copa do Brasil». Campeões do Futebol. Consultado em 3 de maio de 2015 
  13. «Artilheiros do Torneio Rio-São Paulo». Campeões do Futebol. Consultado em 28 de maio de 2015 
  14. «Conquista do Troféu Interestadual de 1910 pelo Botafogo». 4 de março de 2020. Consultado em 17 de fevereiro de 2022 
  15. a b c d «Futebol 80». Futebol 80. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  16. «Níver dos campeões: Taça dos Campeões Interestaduais, 1931». 25 de maio de 2021. Consultado em 17 de fevereiro de 2022 
  17. «Grandes Clássicos». Só Súmulas. 23 de julho de 2010. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  18. «O Santos de Pelé versus o Botafogo de Garrincha». Consultado em 17 de fevereiro de 2022 
  19. a b «1931: Taça Rio-Sul». Mundo Botafogo. Consultado em 6 de setembro de 2014 
  20. «Todos os artilheiros do Campeonato Carioca». Campeões do Futebol. Consultado em 6 de setembro de 2014 
  21. «Pimpão se iguala a ídolos entre maiores goleadores do Bota na Libertadores». GloboEsporte.com. 11 de agosto de 2017. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  22. «Com gol contra o Audax Italiano, Pimpão se torna o terceiro goleador do Botafogo em torneios internacionais». Extra. 14 de abril de 2018. Consultado em 6 de junho de 2018 
  23. «Histórico Copa Master Conmebol». oGol. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  24. «Maior artilheiro do Brasileirão de cada time». Extra. 17 de fevereiro de 2021. Consultado em 26 de janeiro de 2022 
  25. «Dodô é o maior artilheiro do Botafogo na Copa do Brasil». O Globo. 16 de maio de 2007. Consultado em 28 de fevereiro de 2015 
  26. «Leandrão e Navarros: Botafogo tem centroavantes de destaque nos acessos para a Série A». Globoesporte. 22 de dezembro de 2021. Consultado em 2 de março de 2022 
  27. «Originalidades, outros recordes». MundoBotafogo. Consultado em 26 de janeiro de 2022 
  28. «Campeonato Carioca: os maiores artilheiros da história do campeonato». Betway Insider. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  29. «Heleno de Freitas». Consultado em 26 de janeiro de 2022 
  30. «Estádio Caio Martins, em Niterói, completa 80 anos com muita história - Eu, Rio!». Eu, Rio!. 20 de julho de 2015. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  31. «Os Maiores artilheiros do Botafogo em General Severiano». DataFogo. 30 de outubro de 2013. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  32. «Artilheiro na Ilha, Alex Alves recorda: "Caras passavam mal com a gente lá"». GloboEsporte.com. 16 de julho de 2016. Consultado em 16 de julho de 2016 
  33. «Maracanã 70 anos: Quarentinha é o artilheiro do Botafogo no estádio». Lance!. 24 de junho de 2020. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  34. «Os Maiores artilheiros do Botafogo em Marechal Hermes». DataFogo. 3 de dezembro de 2013. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  35. «Na lua de mel entre Fred e Flu, mais gols para alegrar caminho». O Globo. 25 de setembro de 2012. Consultado em 17 de julho de 2014 
  36. «Centenário do Título carioca de 1912». DataFogo. 27 de outubro de 2012. Consultado em 27 de fevereiro de 2022 
  37. «Maiores Artilheiros do Botafogo nos Estádios do Rio de Janeiro-Niterói». MundoBotafogo. 10 de julho de 2021. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  38. «Iniciado no remo, clássico entre Rubro-Negro e Alvinegro chega ao seu centenário». Extra. 13 de maio de 2013. Consultado em 8 de julho de 2016 
  39. «Os apelidos dos clássicos, dos 'milhões' de Vasco e Flamengo ao eterno Fla-Flu». O Globo. 12 de junho de 2015. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  40. «'Clássico da Amizade' decide título no Rio de Janeiro; leitores do Correio9 opinam». Correio 9. 6 de abril de 2018. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  41. a b «O duelo de Flamengo e Atlético-MG nas arquibancadas». iG. 30 de setembro de 2009. Consultado em 22 de novembro de 2016 
  42. «Em 1967, Fogão conquista o Campeonato Carioca com nova geração de craques». Site Oficial do Botafogo. 31 de março de 2015. Consultado em 12 de maio de 2015 
  43. «Ficha Técnica: Botafogo (RJ) 3 x 0 Santos (SP)». Campeões do Futebol. Consultado em 21 de julho de 2014 
  44. «Duelo entre Botafogo e Santos no Brasileiro está empatado: 19 a 19». Roberto Assaf. 3 de junho de 2016. Consultado em 22 de novembro de 2016 
  45. «Maracanã – todas as decisões interestaduais e internacionais de clubes cariocas». Veja Rio. 25 de julho de 2015. Consultado em 20 de fevereiro de 2016 
  46. «Engenhão recebe 43.810 mil pessoas». GloboEsporte.com. 30 de junho de 2007. Consultado em 11 de maio de 2015 
  47. «Com festa e recorde, Botafogo despacha o Nacional-URU e pega o Grêmio nas quartas». GloboEsporte.com. 10 de agosto de 2017. Consultado em 12 de agosto de 2017 
  48. a b c «Estatísticas do Nilton Santos». Site Oficial do Botafogo. Consultado em 6 de maio de 2015 
  49. «Bota volta à Libertadores com vitória sobre Colo-Colo, festa e placar perigoso». GloboEsporte.com. 1 de fevereiro de 2017. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  50. «Botafogo e Grêmio empatam sem gols no Rio, e vaga fica aberta para decisão na Arena». GloboEsporte.com. 13 de setembro de 2017. Consultado em 21 de setembro de 2017 
  51. «Com casa cheia, Botafogo domina Nacional, faz 2 a 0 e avança às oitavas da Sul-Americana». GloboEsporte.com. 16 de agosto de 2018. Consultado em 18 de agosto de 2018