Estelar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estelar
Estelar.jpg
Arte de Amanda Conner
Nome completo Koriand'r
Espécie Tamaraneana
Afiliações Novos Titãs
Renegados
Liga da Justiça
R.E.B.E.L.S.
Os Fora da Lei
Família Komand'r (irmã mais velha)

Ryand'r (irmão mais novo em algumas versões)
Myand'r (pai; falecido)
Luand'r (mãe; falecida)

Terra Natal Tamaran
Criado por Marv Wolfman
George Pérez
Gênero(s) Feminino
Primeira aparição DC Comics Presents #26 (Outubro de 1980)
Editora(s) DC Comics

Estelar (Starfire no original; literalmente "Fogo Estelar" ou "Estrela de Fogo"), também conhecida por seu verdadeiro nome, Koriand'r é uma personagem fictícia de histórias em quadrinhos publicadas pela editora americana DC Comics. Koriand'r é uma princesa alienígena do planeta Tamaran, que juntamente com Ravena e Ciborgue é uma personagem criada por Marv Wolfman e George Pérez exclusivamente para a estreia dos Novos Titãs[1] em 1980 na edição #26 da série DC Comics Presents[2].

Em 2013, o IGN fez um Top 25 Heróis da DC Comics, no qual Estelar ficou em 21° lugar.[1]

Origem[editar | editar código-fonte]

A princesa Koriander nasceu no planeta Tamaran no dia 06/11/???? , um planeta governado pelas emoções, no qual os habitantes tem a habilidade de absorver energia solar e transformar essa energia, tornando-os capazes de voar. Sua irmã mais velha Komand'r (conhecida também como Estrela Negra) desenvolveu uma doentia rivalidade com ela depois de sofrer uma rara deficiencia na infância, que a impedia de absorver energia solar, tornando-a incapaz de voar e como consequência negando seu direito ao trono. Esta rivalidade se intensificou quando as irmãs foram enviadas para treinar combate corpo a corpo com mestres guerreiros de Okaara, e durante um dos exercícios, Komand'r tentou matar sua irmã. Como resultado Komand'r foi expulsa e jurou vingança.

Então, como parte de sua vingança, Komand'r traiu seu planeta e forneceu informações detalhadas sobre a defesa de Tamaran aos seus inimigos, a Cidadela (Citadel, em inglês). Eles conquistaram Tamaran com facilidade, e a princesa Koriand'r foi entregue pela irmã como escrava em troca da não invasão do planeta, e como parte do tratado, Kori não poderia voltar, caso contrário a Cidadela voltaria para destruir seu planeta. Passando de mão em mão, finalmente a princesa conseguiu fugir em uma nave espacial, mas logo estava sendo perseguida por caças da Cidadela. Sua nave entrou na órbita da Terra, onde foi recapturada. Porém, graças a intervenção de Robin e dos Jovens Titãs, foi novamente liberta. Após uma grande batalha, os guerreiros da Cidadela que não foram destruídos fugiram. Koriand'r ficou na Terra e passou a fazer parte dos Jovens Titãs, com o nome de Estelar. Desde a primeira vez que viu Dick Grayson (na época Robin) Koryand'r se apaixonou perdidamente por ele. Porém Dick demorou a corresponder a esse amor e acabou à decepcionando algumas vezes.

Estelar era extremamente gentil e inocente, mas quando ameaçada reagia violentamente, com uma fúria que precisava ser contida por Dick. Tem a pele dourada e os olhos verdes, como todos os tamaraneanos. Ela é alta e seu traje em tons de roxo e violeta deixa grande parte de seu corpo à mostra.

Antes do evento chamado Crise Infinita, Estelar estava atuando nos Renegados.

Os Novos 52[editar | editar código-fonte]

Como consequência dos eventos doFlashpoint, todo o Universo DC foi reiniciado e a história de Estelar reescrita.

Em sua nova origem, Koriand'r nasceu no planeta Tamaran como uma princesa e segunda na linha de sucessão ao trono, crescendo em amor e alegria com os pais e sua amada irmã, Komand'r. Ainda criança, Kori viu seu povo ser massacrado pela raça da Cidadela, além de ter perdido seus pais. Komand'r fora elevada ao posto de rainha com apenas 14 anos e teve de vender a irmã mais nova para escravidão para manter a "paz" com a Cidadela.

Durante seu tempo como escrava, Kori sofreu com o trabalho forçado, a fome, a tortura e o abusos. Durante suas sessões de experimentos científicos torturantes com os Psions, Kori teve seu meta-gene até então adormecido despertado, dando a ela incríveis poderes que a jovem usaria contra um dos soldados da Cidadela. Assustados com poder da garota, seus senhores passaram a drogá-la com uma forte substância da qual Kori tornou-se viciada. No entanto, depois de conhecer o guarda da Cidadela albino Orn e o dominador Depalo, Kori passou a lutar contra seu vício, além de se dedicar a estudar e melhorar sua habilidades nas artes da guerra. Depois de semanas de planejamento, Kori e outros prisioneiros armaram uma emboscada e foram capazes de tomar o controle da nave escravista S.S. Estelar, onde estavam presos. Depois dessa conquista, alguns escravos se uniram a Koriand'r como sua equipe e retornaram com ela para Tamaran, onde unidos derrubaram a Cidadela e os expulsaram do planeta.

Kori não conseguia perdoar a irmã pelo que ela havia feito, mas queria mostrar amor por servir Tamaran, mesmo que tal amor já não existisse. Durante quase um ano, Kori serviu com embaixadora de Tamaran pela galáxia, até perceber que não podia continuar fingindo ser algo que não era, uma pessoa exemplar e seguidora de leis, e decidiu viajar sozinha pelas estrelas afim de se descobrir. Durante sua viagem, Kori acabou por cair com sua nave na Terra.

Na Terra, Koriand'r, agora conhecida como Estelar, conheceu de maneira desconhecidaCapuz Vermeho (Jason Todd) e Arsenal (Roy Harper), tornando-se sua amiga e parceira na luta ao crime. Juntos, eles fundaram uma equipe de jovens heróis que mais tarde ganhou novos membros. Kori acabou por se envolver romanticamente com Jason durante esse período. De maneira não explicada, os dois romperam e a equipe foi dissolvida, levando Estelar a se isolar na ilha deserta em que sua nave caiu.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Os Tamareaneanos possuem uma fisiologia parecida ao dos kryptonianos. Eles absorvem energia solar, podendo converter em voo, permitindo-lhe dessa maneira voar a velocidades supersônicas.[3] A princesa guerreira Koriand'r quando foi aprisionada pelos Psions, uma raça de cientistas, foi submetida a experiências torturantes para que avaliassem o nível de capacidade de absorção de energia solar dos corpos Tamareneanos. Essas torturas fizeram que ela pudesse converter a energia em poderosas rajadas emitidas pelas mãos e posteriormente pelos olhos. Suas rajadas concentradas de energia concussiva são extremamente poderosas, capazes de facilmente destruir matérias absurdamente densas e desintegrar seres. Além disso, Koriand'r também pode liberar toda sua energia armazenada na forma de uma poderosa explosão solar omnidirecional, mais forte, intensa e poderosa do que suas rajadas estelares, similar a uma supernova.

Além de voar, seu poder absorsivo reflete seus atributos físicos, agilidade, destreza, força, resistência e etc, a níveis sobre-humanos, mesmo que o seu nível de força não seja quantificado com precisão, o poder muscular de Estelar é extraordinariamente superior ao de qualquer ser humano comum. Embora não possua feitos que coloquem sua força em um patamar igual aos pesos pesados do Universo DC, a heroína, por exemplo, já conseguiu sustentar grandes quantidades de peso com facilidade, até mesmo rivalizar com a Mulher-Maravilha.[4] Sua tolerância a dor também é bastante extensa, resistindo a projéteis, radiações, explosões, golpes e impactos super potentes e o vácuo do espaço.

Treinada pelos mestres guerreiros de Okaara, Estelar se tornou uma excepcional combatente, proficiente em diversas artes marciais e combate armado, tendo habilidades comparáveis as da própria Diana, e como todos os Tamareaneanos, também tem a capacidade de aprender qualquer idioma através do contato labial (beijo).[5]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

  • O desenho animado Jovens Titãs e Teen Titans Go! (série animada), é uma versão juvenil dos Novos Titãs dos quadrinhos. Todos os personagens aparecem em versões pré-adolescentes, com exceção de Kid Flash e Moça-Maravilha. Nesse desenho, Estelar continua sendo uma alienígena do planeta Tamaran, com as mesmas características físicas de sua versão adulta no quadrinhos. Sua personalidade é igual à original, alternando momentos de extrema meiguice (com os amigos) com os de grande ferocidade (com os inimigos). Ela é mais ingênua que a original, cometendo muito mais gafes e gerando muito mais situações cômicas (de acordo com o tom do desenho). Sua irmã, Komand'r, aparece como Estrela Negra. Mas com um relacionamento menos brutal que a versão dos quadrinhos.

Referências

  1. «10 melhores cosplays da Estelar!». Legião dos Heróis. Consultado em 1 de junho de 2016 
  2. «10 Coisas que você talvez não saiba sobre a Estelar!». Legião dos Heróis. Consultado em 1 de junho de 2016 
  3. Dunamis (sexta-feira, 4 de março de 2016). «FORTALEZA DA SOLIDÃO: HEROÍNAS EM AÇÃO: ESTELAR». FORTALEZA DA SOLIDÃO. Consultado em 21 de janeiro de 2020  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. «HQ Now». www.hq-now.com 
  5. «10 poderes e habilidades que talvez você não saiba que a Estelar possui!». Legião dos Heróis. 15 de junho de 2017. Consultado em 21 de janeiro de 2020