Estrada 47

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrada 47
Estrada 47 (BR)
 Brasil /  Portugal /  Itália
2015 •  cor •  107 min 
Direção Vicente Ferraz
Produção Matias Mariani
Joana Mariani
Leonel Vieira
Roteiro Vicente Ferraz
Elenco Sergio Rubini
Daniel de Oliveira
Thogun
Francisco Gaspar
Júlio Andrade
Ivo Canelas
Richard Sammel
Gênero Guerra
Drama
Companhia(s) produtora(s) Primo Filmes
Três Mundos Produções
Verdeoro
Stopline Films
Distribuição Europa Filmes[1]
Ascot Elite Home Entertainment[2]
Maritim Pictures[3]
Lançamento Itália 23 de abril de 2015
Brasil 7 de maio de 2015[4]
Japão 2 de fevereiro de 2016
Idioma português / Italiano
Página no IMDb (em inglês)


Estrada 47 é um filme de drama de 2015 escrito e dirigido por Vicente Ferraz, baseado em fatos reais, sobre a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Inicialmente chamado de A Montanha, teve seu nome alterado durante o processo de produção para o título atual.

O filme mostra o drama vivido por uma unidade anti-mina da Força Expedicionária Brasileira que, depois de um ataque de pânico, tentam manter o ânimo e desativar o campo minado que os separa de um vilarejo controlado por forças nazi-fascistas.[5]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Pano de Fundo[editar | editar código-fonte]

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Brasil se aliou à União Soviética, Estados Unidos, Reino Unido e França Livre, entre outros países aliados. Na segunda metade de 1944, enviou em várias etapas à Campanha da Itália, um contingente militar formado essencialmente por uma divisão de infantaria, para lutar contra as forças da Alemanha nazista e Itália fascista. Quase todos os soldados vinham de origem rural, pobre, sem experiência militar, eles tiveram que aprender na prática a luta pela sobrevivência num ambiente de combate.

Cerne do roteiro[editar | editar código-fonte]

Depois de sofrer um ataque de pânico coletivo num ponto não especificado da Linha Gótica, os soldados Guimarães (Daniel de Oliveira), Piauí (Francisco Gaspar) e Laurindo (Thogun), mais o Tenente (Julio Andrade), ao tentarem se retirar do local acabam se perdendo dos outros. Quando depois se reúnem, tem de decidir entre voltar para sua companhia e correrem o risco de enfrentar a corte marcial por deserção, ou retornar para a posição na noite anterior e correr o risco de enfrentar um ataque surpresa do inimigo. Quando o jornalista Rui (Ivo Canelas), fala sobre um campo minado ativo, eles acham que esta é uma oportunidade para se redimir do erro que cometeram, mas ainda há muito o que acontecer, a guerra está longe de terminar.[6]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista, Vicente Ferraz disse que queria discutir a história do Brasil na Segunda Guerra Mundial, que ele disse foi "esquecida pelos brasileiros e que é completamente desconhecida no exterior." Ele usou os diários, cartas e entrevistas como fonte de material.[7]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Estrada 47 estreou no Festival do Rio em 2013.[8] Mark Adams do Screen International escreveu que o filme é "um filme de guerra montado de forma impressionante" e "um drama de alta qualidade".[9]

References[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.adorocinema.com/filmes/filme-202584/creditos/
  2. http://www.imdb.com/title/tt1841490/companycredits?ref_=tt_dt_co
  3. http://www.imdb.com/title/tt1841490/companycredits?ref_=tt_dt_co
  4. http://www.imdb.com/title/tt1841490/releaseinfo?ref_=tt_dt_dt
  5. «'A estrada 47' estreia na Première Brasil - Jornal O Globo». oglobo.globo.com. Consultado em 22 de março de 2014 
  6. «A Estrada 47 - Filme 2012 - AdoroCinema». adorocinema.com. Consultado em 22 de março de 2014 
  7. Stedman, Alex (5 de outubro de 2013). «'Road 47': Telling a 'Forgotten Part of History'». Variety. Consultado em 27 de março de 2014 
  8. Holland, Jonathan (5 de outubro de 2014). «Road 47 (A Estrada 47): Rio de Janeiro Review». The Hollywood Reporter. Consultado em 22 de março de 2014 
  9. Adams, Mark (7 de outubro de 2013). «Road 47». Screen International. Consultado em 27 de março de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]