Estrada de Ferro Trombetas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Estrada de Ferro Trombetas é uma ferrovia considerada como industrial, pertencente a VALE e opera no estado do Pará transportando bauxita.

História[editar | editar código-fonte]

Decreto de outorga de concessão n.º 81.889, de 5/7/78, à Empresa Mineração Rio do Norte S.A., que tem participação acionária da Vale do Rio Doce Alumínio - ALUNAVE, controlada pela Companhia Vale do Rio Doce, com o direito de construção, uso e gozo de uma estrada de ferro, ligando as minas de bauxita de Serra do Saracã, município de Oriximiná (PA), ao Porto Trombetas (PA).

A estrada de ferro tem cunho industrial.

Informações Gerais[editar | editar código-fonte]

  • Extensão do trecho: 35 km;
  • Bitola: 1,00 m;
  • Tração: diesel

Frota de locomotivas[editar | editar código-fonte]

A frota de locomotivas da EFT é composta por maquinas de pequeno porte e baixa potência (G12) e locomotivas novas e mais potentes (C22-7i), possuindo um total de 10 locomotivas.

Fabricante Modelo Potência Número de locomotivas Numeração
GM G12 1425 HP 7 101 a 107
GE C22-7i 2200 HP 3 108 a 110

Transporte Realizado[editar | editar código-fonte]

Em 1997 transportou 9,6 milhões de toneladas de mercadorias (bauxita), equivalente a 288 milhões de TKU, empregando 60 funcionários.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]