Estreito de Magalhães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imagem satélite do estreito de Magalhães, cortesia NASA

O estreito de Magalhães é uma passagem navegável de aproximadamente 600 km imediatamente ao sul da América do Sul continental. Situa-se entre o continente a norte e a Terra do Fogo e cabo Horn a sul. Este estreito é a maior e mais importante passagem natural entre os oceanos Atlântico e Pacífico.[1] [2]

O navegador português Fernão de Magalhães foi o primeiro europeu a navegar pelo estreito em 1520, durante sua viagem de circum-navegação. Como Magalhães entrou no estreito dia 1 de novembro, foi chamado inicialmente de estreito de Todos os Santos. O esteito de Magalhães é citado no Os Lusíadas como "...estreito que mostrou o agravado lusitano".[3]

O Chile tomou posse do estreito em 23 de março de 1843, e em 1881 o território foi dividido entre a Argentina (província da Terra do Fogo) e o Chile (província da Terra do Fogo).[4]

O estreito ainda é conhecido pela dificuldade de navegação, devido ao clima hostil e à sua pequena largura. Mesmo assim, antes da criação do Canal do Panamá, o estreito de Magalhães era a única passagem utilizada para atravessar do Atlântico ao Pacífico, evitando assim o tempestuoso cabo Horn.[5]

O estreito foi atravessado, entre outros, por Francis Drake e Charles Darwin. Os caçadores de ouro, durante a corrida do ouro na Califórnia, em 1849, também usaram essa rota.

Referências

  1. René Haurón. A Verdadeira América. [S.l.: s.n.], 2008. 48 p. GB
  2. Michael A. Morris. The Strait of Magellan. [S.l.]: Martinus, 1988. 2 p. ISBN 0-7923-0181-1 GB
  3. Luís de Camões, comentários de Evanildo Bechara e Segismundo Spina. Os Lusiadas:Antologia. [S.l.]: Atelie Editorial. 90 p. ISBN 85-85851-54-6 GB
  4. Carmen Bernand, Serge Gruzinski. História do Novo Mundo 2: As Mestiçagens Vol. 2. [S.l.]: Edusp, 2006. 614 p. ISBN 85-314-0933-0GB
  5. Ulisses Capozoli. Antártida: a última terra. [S.l.]: Edusp, 1999. 165 p. ISBN 85-314-0031-7 GB

Ver também[editar | editar código-fonte]

Tabula Magellanica (1635) — antigo mapa mostrando o estreito de Magalhães
Mapa da região do estreito de Magalhães

Ligações externas[editar | editar código-fonte]