Estrela (classificação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Estrela, veja Estrela (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Símbolo estilizado de uma estrela de cinco pontas.

No sentido figurado, estrela pode se referir a algo especial, como em: "amo minha filha, a estrela de minha vida" ou a algum artista famoso como em: "Roger é a estrela do rock nacional", ou Elizabeth Taylor é a estrela do filme "Cleópatra".

O símbolo da estrela estilizada também é bastante usado em diversas ocasiões com o sentido de "algo especial". Uma estrela de cinco pontas, no símbolo de um clube, por exemplo, significa um título importante. A Seleção Brasileira de Futebol, e. g., possui cinco estrelas sobre o símbolo oficial representando os cinco títulos da Copa do Mundo. A estrela de seis pontas é símbolo sagrado em algumas religiões e também está presente na bandeira de Israel.

História[editar | editar código-fonte]

Símbolos repetidos usados para a classificação datam de 1820, quando foi lançado o livro-guia de Mariana Starke; esta usou pontos de exclamação para indicar obras de arte de valor especial:

.. Eu me esforcei... para fornecer os viajantes com listas corretas dos objetos melhor vale a pena notar...; ao mesmo tempo marcando, com um ou mais pontos de exclamação (de acordo com seu mérito), aqueles trabalhos que são considerados peculiarmente excelentes.

[1]

Classificação[editar | editar código-fonte]

A estrela, no contexto de "algo especial", é usada para nível de classificação. Quanto mais estrelas, melhor. As classificações mais comuns limitam-se em 5 estrelas e um pouco menos comum 3 ou 4.

O número de "estrelas" em um hotel, por exemplo, significa referência à sua qualidade e conforto. É comum se falar em "uma estrela" para um hotel bem simples, "duas estrelas" para um hotel com um mínimo de conforto, "três estrelas" para um hotel mediano, "quatro estrelas" para um semi-luxo e "cinco estrelas" para um de luxo. Alguns hotéis se classificam como "seis estrelas".

É comum também o uso de estrelas em guias ou periódicos como jornais e revistas para a classificação de restaurantes, peças de teatro, filmes, bares, estradas, cidades etc.

No militarismo, e. g., a hierarquia é simbolizada através da composição de estrelas e outras formas.

Referências

  1. Mariana Starke, Travels on the Continent: written for the use and particular information of travellers, London: John Murray, 1820 full text, p. x; later editions are entitled Information and Directions for Travellers on the Continent