Estrela de tecnécio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

As estrelas de tecnécio são estrelas cujo espectro revela a presença do elemento tecnécio. As primeiras estrelas deste tipo foram descobertas em 1952, proporcionando a primeira prova directa da nucleossíntese estelar, quer dizer, o fabrico de elementos mais pesados a partir de outros mais leves no interior das estrelas. Como os isótopos mais estáveis de tecnécio têm uma vida média de alguns milhões de anos, a única explicação para a presença deste elemento no interior das estrelas é que foi criado num passado relativamente recente. Observou-se tecnécio em algumas estrelas M, estrelas MS, estrelas MC, estrelas S, e estrelas C.

Entre as estrelas de tecnécio mais conhecidas cabe destacar R Hydrae, T Ceti e Ji Cygni (χ Cyg).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]