Estruturalismo americano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Estruturalismo americano é uma vertente estadunidense do estruturalismo, também conhecido por post-Bloomfieldiana.

Inspirou-se em Leonard Bloomfield para criar uma modalidade de lingüística que punha em primeiro lugar o trabalho feito com a mão na massa nos dados reais, e freqüentemente desqualificava a tradição européia contemporânea, tratando-a de mera ‘teorização de gabinete’.

A influência de Saussure fez com que o estruturalismo se tornasse a orientação dominante na lingüística européia. Nos Estados Unidos, idéias estruturalistas foram desenvolvidas de maneira relativamente independente por Edward Sapir e especialmente por Bloomfield.

Nas décadas de 1940 e 1950, as idéias dele foram levadas ao extremo por seus sucessores, no desenvolvimento do estruturalismo americano, uma abordagem da descrição lingüística que foi vigorosa, mas excessivamente dogmática, e atribuiu uma importância extrema à distribuição.