Eterna Magia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eterna Magia
Logotipo da telenovela
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero drama
fantasia
Duração 50 minutos Aproximado
Criador(es) Elizabeth Jhin
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Ulysses Cruz
Carlos Manga
Elenco Maria Flor
Malu Mader
Thiago Lacerda
Cássia Kis
Eliane Giardini
Cauã Reymond
Milena Toscano
Thiago Rodrigues
Werner Schunemann
Irene Ravache
Osmar Prado
Rita Guedes
Aracy Balabanian
Lívia Falcão
Carl Schumacher
Tema de abertura 1ª Fase: "Pout-Pourri", Alberto Rosenblit
2ª Fase: "Nada Além", Sidney Magal
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 14 de maio – 2 de novembro de 2007
N.º de episódios 148
Cronologia
Programas relacionados Começar de Novo
Escrito nas Estrelas

Eterna Magia é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo no horário das 18 horas de 14 de maio a 2 de novembro de 2007, em 148 capítulos[1], substituindo O Profeta e sendo substituída por Desejo Proibido.[2] Foi a 69ª "novela das seis" exibida pela emissora. Escrita por Elizabeth Jhin, com colaboração de Eliane Garcia, Fernando Rebello, Lílian Garcia e Júlio Fischer, com supervisão de texto de Silvio de Abreu e dirigida por Federico Bonani, Edson Erdmann e Natália Grimberg, com direção geral de Ulysses Cruz e núcleo de Carlos Manga.

Contou com Maria Flor, Thiago Lacerda, Malu Mader, Anna Rita Cerqueira, Eliane Giardini, Werner Schünemann, Irene Ravache, Luís Melo, Osmar Prado, Rita Guedes, Isabelle Drummond, Lara Rodrigues, Aracy Balabanian, Thiago Rodrigues, Paulo Coelho, Cauã Reymond, Milena Toscano e Cássia Kis nos papéis centrais da trama.

A novela recebeu a indicação no Emmy Internacional 2008 de melhor atriz pela atuação de Irene Ravache.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Ambientada em 1938, na fictícia cidade mineira Serranias, fundada por imigrantes irlandeses no século XVIII. A principal trama gira em torno da família Sullivan, onde o patriarca Max (Werner Schünemann) é dono da maior empresa de extração e mineração da cidade. Max casou-se com Marta (Adriana Rabelo), com quem teve duas filhas, a mimada e calculista Eva (Malu Mader) e a doce e bondosa Nina (Maria Flor), mas após sua morte, Eva decidiu finalizar seus estudos de piano em Dublin, enquanto Nina fica aos cuidados de Max, com a ajuda da cunhada, Pérola (Eliane Giardini), irmã mais velha de Marta. O motivo da morte de Marta é o grande mistério da trama, pois a matriarca morreu de um ataque cardíaco, após uma discussão tensa com Pérola.

Conrado (Thiago Lacerda) é um agricultor humilde, filho de Loreta (Irene Ravache) e Joaquim (Osmar Prado), porém vive com o trauma do abandono do pai, que largou Loreta para se casar com Regina (Giulia Gam). Após conhecer Nina, Conrado de apaixonará pela moça, que também se encanta pelo rapaz, porém, Max não aprova o relacionamento dos dois, que decidem noivar sem a autorização de Max. Após vários anos de estudo, e ter se tornado um pianista de grande prestígio na Europa, Eva retorna para Serranias, e também de apaixona por Conrado, criando assim, a rivalidade entre as irmãs. O pior acontecerá, quando Eva pede a ajuda para a bruxa Zilda (Cássia Kis), para engravidar de Conrado, e sem muitas opções, os dois se mudam para a Irlanda e se casam. Nina fica abalada com essa situação, preferindo se fechar para o amor e passa a estudar e trabalhar.

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Em 1946, Eva e Conrado, já casados, tem uma bela filha de sete anos de idade, chamada Clara (Anna Rita Cerqueira), que herdou de seus antepassados o dom da magia, e mesmo tão pequena já consegue usá-lo. Nina formou-se em engenharia, e se torna braço direito do pai. Mesmo depois da traição, nunca esqueceu Conrado, e então tenta apaixonar-se por Lucas (Cauã Reymond), seu melhor amigo e primo de Conrado. Logo depois, Eva descobre pelo inescrupuloso Peter (Pierre Kiwitt), seu ex-noivo que é médico, que tem uma grave doença, um tumor no cérebro, e que tem pouco tempo de vida, porém ela, acha ser um castigo pelo que fez com a irmã. Então ela volta a Serranias, para receber o perdão de Nina, juntar ela e Conrado novamente, e com isso curar totalmente seu lado espiritual. Ela, Conrado e Clara chegam em Serranias, no noivado de Nina e de Lucas. Nina vê-se numa complicada situação entre Conrado e Lucas. Então ela se separa de Lucas e se reaproxima de Conrado. A trama mudará totalmente quando o misterioso Flávio Falcão (Thiago Rodrigues) chegar em Serranias. Na verdade, ele é um mago, filho do Mago Simon (Paulo Coelho), considerado o Deus da magia. A missão de Flávio é proteger a família Sullivan, principalmente Pérola, contra a terrível Zoief (nome verdadeiro de Zilda), que quer todo o poder da magia wicca para si, e tramará várias armações para conseguir o que quer.

No fim, descobre-se que Eva é filha biológica de Pérola, que engravidou de Max, e que a filha de Marta morreu durante o parto. Para sua irmã não sofrer, ela deu a criança para colocar no lugar da verdadeira, sendo que nem Max e nem Marta nunca descobriram nada, até Pérola revelar a verdade para Marta, explicando o motivo de sua morte. Eva fica abalada demais, mas perdoa e aceita a tia como mãe. Eva termina rica e viajando o mundo, sendo aclamada como a pianista fabulosa que sempre foi, e Nina se casa com Conrado, criando Clara como sua filha.

Produção[editar | editar código-fonte]

Dublin, onde foram gravadas as primeiras cenas

A trama começou a ser produzida em dezembro de 2006, sendo a primeira novela solo de Elizabeth Jhin, depois de ser colaboradora de vários atores, além de ser a co-autora da novela Começar de Novo, com Antônio Calmon.[3] As primeiras cenas foram gravadas em Dublin, capital da Irlanda, berço da cultura celta, onde os atores Thiago Lacerda, Malu Mader, Eliane Giardini e Maria Flor viajaram para a cidade.[4] Também foi gravada algumas cenas na Dinamarca, onde contou com a participação do escritor Paulo Coelho.[5] Cerca de 20 profissionais da Globo, entre diretores e equipe técnica, foram a Dublin para as primeiras gravações. Para dar suporte ao trabalho na Irlanda, a equipe da emissora contratou uma produtora local. As equipes de efeitos especiais e visuais trabalharam em conjunto para garantir a qualidade final das cenas da novela, que apresentava imagens com texturas azuladas ou amareladas, em referência ao sol e à lua, já que a história era toda construída em cima de uma temática mística. A computação gráfica garantiu que algumas cenas tivessem um visual antigo, como no caso do flashback que mostrou a construção de Serranias, no século XVII.[6]

Para compor a sua personagem Nina, Maria Flor praticou aulas de dança irlandesa e fez leitura de livros sobre bruxaria e magia.[7] Malu Mader contou com aulas de piano para compor a co-protagonista Eva, e seu visual contou com a ajuda da estilista italiana Elsa Schiaparelli. O visual da personagem Zilda (Cássia Kis) foi inspirado em Miranda Priestly, personagem vivida por Meryl Streep no filme O Diabo Veste Prada.[8]

Exibição[editar | editar código-fonte]

Devido a transmissão da abertura dos Jogos Panamericanos de 2007.[9] O capítulo 53, que seria exibido no dia 13 de julho não foi ao ar.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Maria Flor Marina Rosa O'Brian Sullivan O'Neill (Nina)
Malu Mader Eva O'Brian Sullivan
Thiago Lacerda Conrado O'Neill
Cássia Kis Zilda Pelizari
Anna Rita Cerqueira Clara Sullivan O'Neill
Eliane Giardini Pérola O'Brian Sullivan
Werner Schunemann Maximillian Sullivan (Max)
Irene Ravache Loreta O'Neill
Milena Toscano Elisa Pelizari
Cauã Reymond Lucas Finnegan
Thiago Rodrigues Flávio Falcão / Ebdimon
Luís Melo Dr. Rafael Pelizari (Tio Rafa)
Osmar Prado Joaquim O'Neill
Aracy Balabanian Inácia Finnegan
Cleyde Yáconis Dona Chica
Rita Guedes Matilde Sotero O'Neill
Chris Couto Eglantina Adams
Pierre Kiwitt Peter Gallagher
Paulo Coelho Mago Simon
Bel Kutner Roberta Fontes (Bertha)
Isabelle Drummond Angelina Ferreira O'Neill (Gina)
Lara Rodrigues Tereza Ferreira O'Neill (Teca)
Thiago de Los Reyes Bruno Finnegan
Pedro Kauãa Araújo Mauricio Finnegan
Ana Carolina Godóy Maria Carolina O'Neill (Carol)
Marco Pigossi Miguel Finnegan
Tainá Müller Laura Mascarenhas
Emiliano Queiroz Padre Agnaldo
Isaac Bardavid José Carlos Finnegan (Zequinha)
Lívia Falcão Flora O'Ryen
Carl Schumacher Carlos O'Ryen (Carlão)
Daniel Erthal Nicolau Betti
Maurício Gonçalves José Antônio (Padre Zuza)
Nizo Neto Brasil
Eduardo Mancini Gonzaga
Marcelo Saback Jair Ferreira
Bia Sion Evelyn
Miryam Thereza Tia Edméia
Beatriz Tragtenberg Tia Neném
Nica Bonfim Sofia
Marcela Rosis Nora
Caetano O'Maihlan Oscar
Marc Franken Bento
Fernanda Biancamanno Célia O'Ryen (Celinha)
Pedro Garcia Netto Bernardo
Fábio Keldani Mauro
Marcella Valente Joyce
Cláudio Andrade William
Maria Clara Mattos Rita
Rodrigo Guimarães Jonathan
Rogério Faria Antônio
Vivian Pimentel Molly
Rick Garcia Tomás
Pedro Kauã Araújo Tadeu
Rafael Ritto Severino O'Ryen
Júlia Oliva Aninha
Guillermo Hundadze Joaquim O'Neill Ferreira (Qunizinho)

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Araci Esteves Medéia (Leonora)
Anna Cristina Campagnoli Anna (Irlanda)
João Acaiabe Afonso
Giulia Gam Regina Ferreira / Raimunda Ferreira
Agui Silva João
Caio Graco Artur
Daniela Fontan Suzana
Fernando Petelinkar Dário
Fabio Lenhaioli Conrado (adolescente)
Rafaela Victor Carol (criança)
Rodolfo Valente Miguel Finnegan (criança)
Victória Pereira Nina (criança)
Jacy Marques Hilda
Jaime Leibovitch Morador de Serranias
Joana Azevedo Alberta
Paulo Ascensão Dono do Bar
Marcelo Torreão Narrador da radionovela
Rebeca Molina Eva (adolescente)
Angelita Feijó Loren
Vinícius Manne Capitão Marques
Lionel Fischer Dr. Eurico Sampaio
Sabrina Marques Sabrina
Antônio Fragoso Jorge
Rafael Ritto Severino O'Ryen

Audiência[editar | editar código-fonte]

Eterna Magia estreou com 30 pontos de média.[10] O último capítulo teve média de 27 pontos. A trama obteve uma média geral de 25,9 pontos, uma média abaixo da meta esperada.[11][12]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

  1. "Acontece Que Eu Sou Baiano" - Cláudia Leitte e Dudu Nobre
  2. "O Samba da Minha Terra" - Gustavo Lins
  3. "Pra Machucar Meu Coração" - Gal Costa
  4. "Nada Além" - Sidney Magal
  5. "Eu Sonhei Que Tu Estavas Tão Linda" - Pedro Mariano
  6. "O Tempo me Guardou Você" - Ivan Lins
  7. "Boa Noite, Amor" - Elis Regina
  8. "Velho Realejo" - Jair Rodrigues
  9. "Cabelos Brancos" - Sílvio Caldas
  10. "Segredo" - Dalva de Oliveira
  11. "Se Tu Soubesses" - Zé Renato
  12. "Somos Dois" - Dick Farney
  13. "Lábios que Beijei" - Orlando Silva
  14. "Eterna Magia" (instrumental) - Alberto Rosenblit
  15. "Concerto n° 2 em dó menor para piano e orquestra" - Claudio Abbado

Internacional[editar | editar código-fonte]

  1. "Moonlight Serenade" - Carly Simon
  2. "Because Of You" - Tony Bennett
  3. "I've Got You Under My Skin" - Cídia e Dan
  4. "I Only Have Eyes For You" - Laura Fygi
  5. "Contigo En La Distancia" - Luis Miguel
  6. "At Last" - Etta James
  7. "That Old Black Magic" - Judy Garland
  8. "Night And Day" - Ella Fitzgerald
  9. "Brazil (Aquarela do Brasil)" - The Dinning Sisters
  10. "Embraceable You" - The Pied Pipers
  11. "A String of Pearls" - Glenn Miller e sua orquestra
  12. "Stormy Weather (Keeps Rainin´ All The Time)" - Alberto Rosenblit

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Indicações

Prémio Emmy Internacional (2008):

Prêmio Contigo! (2008):

  • Melhor Ator Infantil - Guillermo Hundadze
  • Melhor Atriz Infantil - Anna Rita Cerqueira

Referências

  1. «Eterna Magia - Ficha Técnica». Memória Globo 
  2. «Globo estreia hoje "Eterna Magia", nova novela das 18h». UOL. 14 de maio de 2007. Consultado em 6 de maio de 2015 
  3. «A bruxa está solta na próxima novela das 6». Estadão. 11 de dezembro de 2006. Consultado em 14 de janeiro de 2018 
  4. «Elenco de 'Eterna Magia' grava cenas na Irlanda». Terra. 28 de março de 2007. Consultado em 6 de maio de 2015 
  5. «'Eterna Magia' na Europa tem participação de Paulo Coelho». Globo.com. 3 de abril de 2007. Consultado em 6 de maio de 2015 
  6. «Bastidores – Memória». Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  7. «Mundo místico». Tribuna do Norte. 4 de abril de 2007. Consultado em 6 de maio de 2015 
  8. «'Eterna Magia': visual de Cássia Kiss é inspirado em Meryl Streep». Terra. 9 de maio de 2007. Consultado em 6 de maio de 2015 
  9. «Programação da TV neste 13/07». Folha de S.Paulo. 13 de julho de 2007. Consultado em 5 de maio de 2015 
  10. «Eterna Magia tem menor audiência na estréia». UOL. 16 de maio de 2007. Consultado em 30 de março de 2015 
  11. «Ciranda de Pedra Novela mantém a audiência do horário» 
  12. Feltrin, Ricardo (18 de setembro de 2008). «Ibope de novelas desaba na Globo; veja a queda». Uol Notícias. Consultado em 22 de dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]