Ethiopian Airlines

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ethiopian Airlines
IATA ET
ICAO ETH
Indicativo de chamada ETHIOPIAN
Fundada em 21 de Dezembro de 1945 (como Ethiopian Air Lines)
Principais centros
de operações
Aeroporto Internacional Bole
Programa de milhagem ShebaMiles
Aliança comercial Star Alliance
Frota 77
Destinos 103 (83 internacionais e 20 domésticos)
Companhia
administradora
Governo da Etiópia
Lounge
  • Cloud Nine Lounge
  • ShebaMiles Lounge
Subsidiária(s) ASKY Airlines (40%)
Slogan The New Spirit of Africa
Sede Etiópia Adis Abeba, Etiópia
Sítio oficial www.ethiopianairlines.com
Destinos da Ethiopian
destinos da ethiopian 2015

A Ethiopian Airlines é uma companhia aérea da Etiópia, na África, com sede no Aeroporto Internacional Bole em Addis Ababa. Em 2014, Ethiopian Airlines transportou seis milhões de passageiros e 187.000 toneladas de carga.

Desde do início das operações em 1945, a Ethiopian percorrou um serviço semanal entre Addis Abeba e Cairo. A companhia reconheceu que um futuro de sucesso dependia primeira a desenvolver uma rede de rotas pan-Africano de longo alcance. Ethiopian agora tem destinos e aumento do número de voos para a Europa, os Estados Unidos da América, Canadá, Ásia e Oriente Médio.

Internacionalmente, a Ethiopian voa em Europa para Frankfurt, Londres, Paris, Roma, Bruxelas e Estocolmo; na Asia para Bangkok, Pequim, Xangai, Nova Deli, Hong Kong, Guangzhou, Mumbai; para numerosos destinos no Oriente Médio; para Washington D.C. e Toronto na América do Norte e São Paulo na America do Sul.

Em Janeiro de 2010 um de seus aviões, um Boeing 737, sofreu um grave acidente no mar da costa do Líbano, matando 95 passageiros.

Em 2013 a Ehiopian passou a fazer a sua primeira rota sul-americana, atingindo uma marco na companhia que sempre almeja este continente, já que a concentração de companhias africana é escassa. Operava um voo do Rio de Janeiro à Adis Abeba, fazendo duas escalas, em São Paulo (Principal centro aéreo da América do Sul ) e Lomé, no Togo. Operado pelo B-787 Dreamliner.

Em Janeiro foi feita uma reunião com diretores da Ethiopian e decidiram por excluir o Rio de Janeiro da rota devido a falta de passageiros, pois cerca de 20 passageiros desembarcavam no Rio contra 170 em São Paulo. Agora a rota segue de São Paulo à Addis Abeba com escala em Lomé, no Togo.

Frota[editar | editar código-fonte]

Avião Quantidade Encomendas
Airbus A350-900 0 14
Boeing 737-700 8 0
Boeing 737-800 14 0
Boeing 737 MAX 8 0 20
Boeing 757-200 4 0
Boeing 757-200F 2 0
Boeing 767-300ER 7 0
Boeing 777-200LR 6 0
Boeing 777-200F 4 2
Boeing 777-300ER 4 0
Boeing 787-8 13 6
Bombardier Dash 8-400 17 0
TOTAL 79 42
Boeing 777-200F Da Ethiopian Airlines
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.