Etoeptazina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrutura química de Etoeptazina
Ethoheptazine-3D-balls.png
Etoeptazina
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
Ethyl 1-methyl-4-phenylazepane-4-carboxylate
Identificadores
CAS 77-15-6
ATC ?
PubChem 6469
Informação química
Fórmula molecular C16H23NO2 
Massa molar 61,36 g/mol
SMILES O=C(OCC)C2(c1ccccc1)CCN(C)CCC2
Sinónimos Zactane
Farmacocinética
Biodisponibilidade ?
Metabolismo ?
Meia-vida ?
Excreção ?
Considerações terapêuticas
Administração Oral
DL50 ?

Etoeptazina[1] (nome comercial Zactane) é um analgésico opioide da família fenazepane. Foi inventado nos anos 1950[2] e é relacionada a outras drogas tais como proeptazina e petidina.[3]

Etoeptazina produz efeitos similares ao de outros opioides, incluindo analgesia, sedação, tontura e náusea.[4] Foi vendido por si só como Zactane, e ainda está disponível como um produto combinado com ácido acetilsalicílico e meprobamato como Equagesic, o qual é usado para o tratamento de condições em que a dor e a ansiedade estão presentes.[5] Também foi investigado para uso como antitussivo.[6]

Não é mais vendido nos Estados Unidos, no entanto, pode ser vendido novamente se a lei for alterada para remover o medicamento da CSD. Etoeptazina não está listada como uma substância controlada sob o Controlled Substances Act 1970 (Ato de Substâncias Controladas de 1970) nos Estados Unidos.[7] O status de controle (Tabela IV) de Equagesic foi devido ao conteúdo de meprobamato.[8][7] A regulação varia em outros países. O ato de Drogas e Substâncias Controladas Canadense (Canadian Controlled Drugs & Substances act) exclui do controle especificamente os opioides fenazepinas, incluindo proeptazina.[9]

Referências

  1. ES Patent 310184
  2. Batterman RC, Golbey M, Grossman AJ, Leifer P. Analgesic effectiveness of orally administered ethoheptazine in man. American Journal of the Medical Sciences. 1957 Oct;234(4):413-9.
  3. Diamond J, Bruce WF, Tyson FT. Synthesis and Properties of the Analgesic DL-α-1,3-dimethyl-4-phenyl-4-propionoxyazacycloheptane (Proheptazine). Journal of Medicinal Chemistry. 1964 Jan;7:57-60.
  4. Cinelli P, Zucchini M. Current pharmaco-therapeutic possibilities in the treatment of pain. Experiments with ethoeptazine. (Italian). Minerva Medica. 1962 Mar 3;53:637-42.
  5. Scheiner JJ, Richards DJ. Treatment of musculoskeletal pain and associated anxiety with an ethoheptazine-aspirin-meprobamate combination (equagesic): a controlled study. Current Therapeutic Research, Clinical and Experimental. 1974 Sep;16(9):928-36.
  6. J Pharmacol Exp Ther November 1979 211:401-408
  7. a b Conversion Factors for Controlled Substances - www.deadiversion.usdoj.gov
  8. PDR 1978, pp 1618
  9. Controlled Drugs and Substances Act (S.C. 1996, c. 19) - laws-lois.justice.gc.ca