Etossuximida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrutura química de Etossuximida
Etossuximida
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
(RS)-3-Etil-3-metil-pirrolidina-2,5-diona
Identificadores
CAS 77-67-8
ATC N03AD01
PubChem 3291
DrugBank DB00593
ChemSpider 3175
Informação química
Fórmula molecular C7H11NO2 
Massa molar 141.168 g/mol
SMILES O=C1NC(=O)CC1(C)CC
Farmacocinética
Biodisponibilidade 93%
Metabolismo Fígado (CYP3A4, CYP2E1)
Meia-vida 53 horas
Excreção renal
Considerações terapêuticas
Administração por via oral (cápsulas, solução)
DL50 ?

Etossuximida, vendido sob a denominação comercial Zarontin, entre outros, é um medicamento utilizado para tratamento de crises de ausência.[1] Pode ser usado isoladamente ou em combinação com outros medicamentos anticonvulsivantes, tais como o ácido valpróico.[1] A etossuximida é administrada por via oral.[1]

Os efeitos secundários geralmente são mínimos.[2] Os mais comuns podem estar associados a perda de apetite, dor abdominal, diarreia e cansaço.[1] Os efeitos secundários mais graves incluem pensamentos suicidas, diminuição de células sanguíneas e lúpus eritematoso.[1][2] Não se sabe ao certo se o seu uso durante o período de gestação ou com menos de três anos, é ou não seguro para o bebé.[1] A etossuximida pertence à família de medicamentos succinimida. Não se sabe exactamente como é que funciona.[1]

A etossuximida foi aprovada para uso médico nos Estados Unidos, em 1960.[1] Consta na Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial de Saúde, considerados os mais eficazes e seguros para responder às necessidades de um sistema de saúde.[3] A etossuximida encontra-se disponível como medicamento genérico. O seu preço de venda no mundo em desenvolvimento é de cerca de 27.77 USD por mês.[4] Nos Estados Unidos, o seu preço em 2016 era de cerca de 41.55 USD por mês, cada dose única.[5]

Referências

  1. a b c d e f g h «Ethosuximide». The American Society of Health-System Pharmacists. Consultado em 8 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2016 
  2. a b WHO Model Formulary 2008 (PDF). [S.l.]: World Health Organization. 2009. pp. 69, 74–75. ISBN 9789241547659. Consultado em 8 de dezembro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 13 de dezembro de 2016 
  3. «WHO Model List of Essential Medicines (19th List)» (PDF). World Health Organization. Abril de 2015. Consultado em 8 de dezembro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 13 de dezembro de 2016 
  4. «Ethosuximide». International Drug Price Indicator Guide. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  5. «NADAC as of 2016-12-07 | Data.Medicaid.gov». Centers for Medicare and Medicaid Services. Consultado em 13 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2016