Eu Prometo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Eu Prometo (telenovela))
Ir para: navegação, pesquisa
Eu Prometo
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 min. (Segunda a Sábado)- Inicialmente

30 min. (Segunda a Sexta)- Após Mudanças

Estado Finalizada
Criador(es) Janete Clair
Desenvolvedor(es) Glória Perez -Após falecimento de Janete Clair
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Dennis Carvalho
Luís Antônio Piá
Elenco Francisco Cuoco
Renée de Vielmond
Dina Sfat
Walmor Chagas
Marcos Paulo
Ney Latorraca
Fúlvio Stefanini
Joana Fomm
Kadu Moliterno
Júlia Lemmertz
ver mais
Tema de abertura "Promessas" - Fafá de Belém
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 19 de setembro de 1983 - 17 de fevereiro de 1984
N.º de episódios 110

Eu Prometo foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida de 19 de setembro de 1983 a 17 de fevereiro de 1984, às 22 horas. A faixa foi interrompida durante seis anos, e somente em 1990 foi reativada, quando foi produzida a novela Araponga, última novela da faixa. [1] Foi a 27ª "novela das dez" exibida pela emissora.

Escrita por Janete Clair, com a colaboração de Glória Perez, dirigida por Dennis Carvalho e Luís Antônio Piá e com supervisão de Paulo Ubiratan.

Contou com Francisco Cuoco, Renée de Vielmond, Dina Sfat, Kadu Moliterno, Júlia Lemmertz, Fernanda Torres, Malu Mader, Fúlvio Stefanini, Ney Latorraca e Walmor Chagas nos papéis principais.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O deputado federal Lucas Cantomaia (Francisco Cuoco) está no auge de sua carreira política, prestes a concorrer a uma vaga no Senado Federal. Sua imagem pública é a de bom filho, bom marido, bom pai, além, claro, de político honesto e probo. Seu trabalho à frente da Organização de Bens Sociais, que cuida de ex-presidiários, reabilitando-os ao convívio da sociedade, é muito louvado, e abre seus caminhos no mundo da política cada vez mais.

É casado com Darlene (Dina Sfat), com quem tem três filhas, Adriana (Júlia Lemmertz), Dayse (Fernanda Torres) e Dóris (Malu Mader). Porém, no momento em que mais precisa que sua imagem de homem perfeito seja inabalável, acontece um verdadeiro turbilhão de emoções na vida de Lucas: ele se vê apaixonado por uma fotógrafa, Kelly Romani (Renée de Vielmond), o que compromete a questão do bom marido e do casamento feliz; seu irmão marginal, Justo Dinard (Marcos Paulo), que alterna temporadas livres e outras na cadeia, se reaproxima cheio de mágoa. Lucas tem de enfrentar os cada vez mais fortes ataques do principal oponente político, Horácio Ragner (Walmor Chagas), além de passar por uma crise familiar com Darlene, sem falar no alcoolismo de Dayse.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Participações especiais

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • Exibida entre 19 de setembro de 1983 e 17 de fevereiro de 1984, em 110 capítulos.
  • Eu Prometo foi a última telenovela escrita por Janete Clair, que faleceu sem concluí-la. Já estava bastante debilitada pelo câncer que viria a matá-la em 16 de novembro de 1983, uma quarta-feira. Glória Perez, que ela mesma preparou para substituí-la, assumiu a condução da história.
  • Essa novela traz o retorno da faixa das dez, encerrada com o fracasso de Sinal de Alerta entre 1978 e 1979, porém a novela também não obteve índices satisfatórios de audiência, tendo entre as possíveis causas de baixa audiência a morte da autora, o que motivou novamente a extinção da faixa, que só seria mais uma vez retomada em 1990, com a telenovela Araponga.
  • Na época, a média de duração de um capítulo de novela era de 45 minutos, de segunda-feira a sábado. Entretanto, para diminuir o ritmo de trabalho imposto à autora, essa novela teve capítulos de 30 minutos, e ia ao ar de segunda a sexta.
  • A autora queria escrever mais uma novela "das oito", horário que a tornara praticamente imbatível na audiência e no qual havia levado ao ar tantos sucessos que justificavam o título de "Maga das Oito" que tinha. Mas a emissora, tendo a intenção de reativar o horário das 22 h com novelas - o que não acontecia desde janeiro de 1979, com o fim de Sinal de Alerta -, pediu a Janete que, com uma história sua, reacostumasse o público ao horário.
  • Eu Prometo foi a última novela das 22 h, tendo em seu lugar minisséries ou programas especiais.
  • O protagonista Lucas Cantomaia foi inspirado no banqueiro e ex-prefeito de São Paulo Olavo Setúbal.
  • A personagem Darlene, a mal-amada esposa de Lucas, foi criada pela autora pensando especialmente numa atriz para interpretá-la: Dina Sfat, que a princípio declinou do convite. Porém, diante da insistência da novelista, acabou aceitando, não sem antes o papel haver sido oferecido a Eva Wilma.
  • Eu Prometo foi a primeira novela de Malu Mader, Nina de Pádua e Cláudia Jimenez e a última participação em televisão do ator Rodolfo Mayer. Foi também a estreia de Júlia Lemmertz na Globo.
  • Joca (Fúlvio Stefanini) morava com um "rapaz", Tetê (Inês Galvão). Em determinada cena, olhando por dentro da blusa de Tetê, Joca viu os seios da moça e ficou embasbacado. Com o passar do tempo, ambos terminaram se casando e tendo quadrigêmeos, já que a ex-noiva de Joca, Helô (Joana Fomm), era estéril e ele ansiava por ser pai.
  • Janete Clair queria Elizabeth Savalla para interpretar a personagem Kelly, mas a Globo escalara a atriz para estrelar Pão Pão, Beijo Beijo.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora nacional[editar | editar código-fonte]

  1. "Você é Linda" - Caetano Veloso
  2. "Namoro de Gato" - Sérgio Sá
  3. "Estranhas Maneiras" - Joanna
  4. "Feliz" - Gonzaguinha
  5. "14 Anos" - Nara Leão
  6. "Menino" - Milton Nascimento (tema de Justo)
  7. "Promessas (Só Em Teus Braços)" - Fafá de Belém
  8. "Amor Aventureiro" - Cláudio Nucci
  9. "Tudo Que Eu Quero (Tranquilo)" - Ritchie
  10. "Masculino Feminino" - Pepeu Gomes
  11. "As Aparências Enganam" - Elis Regina
  12. "Chocolate e Mel" - Fred
  13. "Adoração" - Telma Costa
  14. "Nos Bailes da Vida" - César Camargo Mariano

O tema de abertura era Promessas (Só em Teus Braços), composição de Tom Jobim, na voz de Fafá de Belém. Apresentou ainda as canções As Aparências Enganam, com Elis Regina, e Você É Linda, com Caetano Veloso, que fariam parte também da trilha sonora das telenovelas Fera Ferida, em 1994, e Belíssima, em 2005. Nesta última, como o tema de abertura.

Trilha sonora internacional[editar | editar código-fonte]

  1. "Tonight I Celebrate My Love" - Roberta Flack & Peabo Bryson
  2. "Wrap Your Arms Around Me" - Agnetha Fältskog
  3. "Telephone (Long Distance, Love Affair)" - Sheena Easton
  4. "Souvenir" - O. M. D.
  5. "Vamos a La Playa" - Righeira
  6. "Miracles" - Stacy Lattisaw
  7. "Build Me Up, Buttercup" - Torch
  8. "Puttin' On The Ritz" - Taco
  9. "All Time High" - Rita Coolidge
  10. "No See No Cry" - Chaka Khan
  11. "My Love" - Lionel Richie
  12. "I Like Chopin" - Gazebo
  13. "I Can Hear Your Heartbeat" - Chris Rea
  14. "Pretending" - Freddy Cole & Sheila Richards

Homenagem a Janete Clair no último capítulo[2][editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Eu Prometo». Teledramaturgia. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  2. «Eu Prometo - Bastidores». Teledramaturgia. Consultado em 18 de dezembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]