Eufórion de Cálcis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Eufórion de Cálcis (Cálcis, 275 a.C. - Antioquia, 200 a.C.) foi um gramático e poeta grego do período helenístico.

Viveu em Antioquia, onde foi bibliotecário de Antíoco, o Grande. Sua obra, quase toda perdida, rivalizou com os poetas Teodóridas e Crates. Escreveu, em prosa, tratados históricos, monografias, epigramas e poemas narrativos, foi também filólogo e crítico literário. Euforion de Cálcis foi diretor da Biblioteca de Antioquia e autor de obras que refletiam grande erudição – principalmente histórica. Alcançou notoriedade por ter escrito breves poemas épicos do gênero chamado epílio, e breves poemas de temática mitológica entre os quais se destacam Hesíodo, Mopsopia e Kiliades.

Estas pequenas obras tem como principal modelo os poemas homéricos no tocante ao uso do hexâmetros e as referências míticas. Em troca pelo que atém a técnica poética, a de Euforion, se corresponde especialmente com a chamada calimaquiana por sua concisão e a recorrência a mitos pouco conhecidos, tudo isto com a intenção de surpreender o leitor, de maravilhá-lo.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.