Eugênia de Leuchtenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Eugênia de Beauharnais
Princesa de Leuchtenberg
Eugênia retratada em 1826 por Joseph Karl Stieler.
Princesa de Hohenzollern-Hechingen
13 de setembro de 1838 - 1 de setembro de 1847
Antecessor(a) Paulina da Curlândia
Sucessor(a) Principado anexado pelo Reino da Prússia
 
Cônjuge Constantino de Hohenzollern-Hechingen
Casa Beauharnais
Hohenzollern-Hechingen
Nascimento 22 de dezembro de 1808
  Milão, Flag of the Napoleonic Kingdom of Italy.svg Reino da Itália
Morte 1 de setembro de 1847 (38 anos)
  Freudenstadt, Flag of Hohenzollern-Hechingen and Sigmaringen.png Hohenzollern-Hechingen
Enterro Stiftskirche, Hechingen, Alemanha
  4 de setembro de 1847
Pai Eugênio de Beauharnais
Mãe Augusta da Baviera
Religião Catolicismo
Brasão

Eugênia Hortênsia Augusta Napoleona de Beauharnais (em francês: Eugénie Hortense Auguste Napoléone de Beauharnais; Milão, 22 de dezembro de 1808 - Freudenstadt, 1 de setembro de 1847), foi uma princesa franco-alemã.

Família[editar | editar código-fonte]

Eugênia era a filha de Eugênio de Beauharnais, duque de Leuchtenberg e príncipe de Eichstätt e de Augusta da Baviera. Seus avós paternos eram Alexandre de Beauharnais, e Josefina de Beauharnais, que se tornou esposa de Napoleão Bonaparte, fazendo de Eugênio seu enteado e filho adotivo.

Seus avós maternos eram o rei Maximiliano I José da Baviera e Augusta Guilhermina de Hesse-Darmstadt, sua primeira esposa.

Entre seus irmãos estavam: Josefina de Leuchtenberg, rainha consorte da Suécia e Noruega, como esposa de Óscar I; Augusto de Beauharnais, consorte da rainha D. Maria II de Portugal; Amélia de Leuchtenberg, imperatriz consorte do Brasil, como esposa de D. Pedro I; Teodolinda de Leuchtenberg, condessa de Württemberg como esposa de Guilherme de Württemberg e Maximiliano de Beauharnais, duque de Leuchtenberg e marido da grã-duquesa Maria Nikolaevna da Rússia.

Biografa[editar | editar código-fonte]

Eugênia foi criada como católica e passou a infância no Palácio Leuchtenberg, em Munique.

Ela se casou com Constantino, Príncipe de Hohenzollern-Hechingen em 22 de maio de 1826, filho de Frederico Hermano Otão, Príncipe de Hohenzollern-Hechingen e de Paulina, Duquesa de Sagan.

Não tiveram filhos.

Morte[editar | editar código-fonte]

Eugénia por Joseph Karl Stieler.

Em 1846, Eugênia acabou ficando doente com tuberculose e pelo risco de propagação da doença, raramente ela via seu marido e quando via era a uma certa distância. Os médicos deram-lhe diversos tipos de tratamentos como por exemplo, a inalação de vapores de esterco de vaca. No verão de 1847, Eugênia seguiu para o spa de Badenweiler em busca da cura de sua doença. Porém, na viagem de volta, ela acabou falecendo no Hotel Post em Freudenstadt em 1 de setembro do mesmo ano, aos trinta e oito anos. A pedido de sua mãe, seu coração foi colocado em uma urna na capela do Palácio Leuchtenberg em Munique. Eugênia deixou em seu testamento uma fortuna de duzentos e setenta e três mil florins para a caridade.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 22 de dezembro de 1808 - 11 de abril de 1814: Sua Alteza Imperial Eugênia de Beauharnais, Princesa Francesa
  • 11 de abril de 1814 - 14 de novembro de 1817: Madame Eugênia de Beauharnais
  • 14 de novembro de 1817 - 22 de maio de 1826: Sua Alteza Real Eugênia, Princesa de Leuchtenberg
  • 22 de maio de 1826 - 13 de setembro de 1838: Sua Alteza Sereníssima, a Princesa Hereditária de Hohenzollern-Hechingen
  • 13 de setembro de 1838 - 1 de setembro de 1847: Sua Alteza Sereníssima, a Princesa de Hohenzollern-Hechingen
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Eugênia de Leuchtenberg