Eugene Levy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Eugene Levy
Eugene Levy em 2011.
Nome completo Eugene Levy
Nascimento 17 de dezembro de 1946 (75 anos)
Hamilton, Ontario
 Canadá
Ocupação ator, comediante, produtor e roteirista
Atividade 1969–presente
Cônjuge Deborah Divine (1977–presente)
Filho(s)
Emmys
Melhor Ator em Série de Comédia
2020 - Schitt's Creek
Melhor Série de Comédia
2020 - Schitt's Creek
Melhor Roteiro em um Programa de Variedades
1982 - SCTV Network 90
1983 - SCTV Network 90
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Elenco em Série de Comédia
2021 - Schitt's Creek
Prémios Critics' Choice
Melhor Canção Original
2004 - A Mighty Wind
Outros prêmios
Grammy de Melhor Canção Escrita para Mídia Visual
2004 - A Mighty Wind

Eugene Levy OC (Hamilton, 17 de Dezembro de 1946) é um ator, produtor, roteirista e comediante canadense, mais conhecido por ter interpretado Noah Levinstein, pai do personagem Jim Levinstein (Jason Biggs), na série de filmes American Pie. Ele foi o único ator a participar de todos os oito filmes da franquia.

Em 2015, Levy criou, escreveu e foi o produtor executivo da série Schitt's Creek e atuou como Johnny Rose, personagem principal, até 2020. Nos Prémios Emmy do Primetime de 2020, a temporada final da série conquistou todos os sete principais prêmios de comédia e Levy recebeu o prêmio de Melhor Ator em Série de Comédia e o de Melhor Série de Comédia.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Eugene Levy nasceu em uma família judia, de Hamilton, em Ontário. Sua mãe era dona de casa e seu pai era capataz em uma fábrica de automóveis. Ele estudou na Escola Secundária Westdale e frequentou a Universidade McMaster. Levy também foi vice-presidente do McMaster Film Board, um grupo estudantil de cinema, onde conheceu o cineasta Ivan Reitman.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Levy frequentemente interpreta personagens nerds e pouco convencionais, com seu humor frequentemente derivado de explicações excessivas de assuntos e do modo como ele lida com situações complicadas.

Como ex-aluno da The Second City. Ele foi integrante da antiga série de comédia Second City Television, onde interpretou o âncora de notícias mal-humorado Earl Camembert. No SCTV, ele também fez imitações de diversas personalidades como: Perry Como, Ricardo Montalban, Alex Trebek, Sean Connery, Henry Kissinger, Menachem Begin, Bud Abbott, Milton Berle, Gene Shalit, Judd Hirsch, Muammar al-Gaddafi, James Caan, Lorne Greene, entre outros.

A carreira de Levy teve um tremendo impulso em 1999, quando ele foi escalado para interpretar Noah Levenstein, o pai sem noção, mas amoroso do protagonista Jim Levenstein no filme American Pie. Reprisando o papel nas três sequências do filme e co-estrelando as quatro seqüências lançadas diretamente em vídeo, sendo o único ator presente em todos os filmes da franquia, Levy fez do personagem Noah um tipo de herói cult. Em entrevista, ele disse que a franquia American Pie deu uma grande guinada em sua vida, proporcionando a ele "uma nova perspectiva sobre sua carreira na época". Desde que trabalhou nos dois primeiros filmes American Pie, Levy trabalhou com Steve Martin e Queen Latifah no filme Bringing Down the House, e mais recentemente apareceu novamente com Martin em Cheaper by the Dozen 2.

Em 2011, Levy foi nomeado membro da Ordem do Canadá por suas contribuições como ator, escritor de quadrinhos e por sua dedicação a causas de caridade. Em 22 de maio de 2012, Levy fez um discurso de formatura na Universidade de Dalhousie, em Halifax, na Nova Escócia, e recebeu o grau de Doutor em Direito (honoris causa). Em 11 de junho de 2012, Levy foi presenteado com a Medalha de Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II pelo Vice-Governador de Ontário.

Em 2015, juntamente com seu filho Dan Levy, Eugene criou, escreveu e foi o produtor executivo da série Schitt's Creek e atuou como Johnny Rose, personagem principal, até 2020. Nos Prémios Emmy do Primetime de 2020, a temporada final da série conquistou todos os sete principais prêmios de comédia — Melhor Série de Comédia, Melhor Roteiro e Melhor Direção para Dan Levy (o último compartilhado com Andrew Cividino) —, estabelecendo um recorde de vitória nas quatro principais categorias de atuações (ator/atriz principal e ator/atriz coadjuvante) para Catherine O'Hara, Annie Murphy e ambos os Levys. Ao mesmo tempo, a série estabeleceu um novo recorde de mais vitórias em um Emmy por uma série de comédia em uma única temporada.[1][2][3]


Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Levy se casou com Deborah Divine em 1977 e juntos tiveram dois filhos: Dan e Sarah. Ele é um defensor da conscientização e do tratamento do autismo. Levy era amigo próximo de John Candy, que morreu de um ataque cardíaco, em 1994. Levy é um membro da caridade canadense Artists Against Racism.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Estrela de Eugene Levy na Calçada da fama do Canadá.[4]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Yahr, Emily; Butler, Bethonie; Rao, Sonia; Andrews-Dyer, Helena. «Emmys 2020 live updates: 'Schitt's Creek' sweeps all 7 comedy categories; Regina King and Mark Ruffalo win limited series acting awards». Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286. Consultado em 22 de setembro de 2020 
  2. Desta, Yohana. «Emmys 2020: Schitt's Creek Makes Emmy History With Complete Sweep». Vanity Fair (em inglês). Consultado em 22 de setembro de 2020 
  3. Feinberg, Scott (20 de setembro de 2020). «Emmys: 'Schitt's Creek' Sets Record for Most Wins in a Single Season for a Comedy». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 22 de setembro de 2020 
  4. «Canadaswalkoffame» (em inglês). Canadaswalkoffame.com. Consultado em 3 de maio de 2010. Arquivado do original em 14 de dezembro de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]