Euphoria (série de televisão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Euphoria.
Euphoria
Informação geral
Formato série
Gênero Drama adolescente
Duração 54–61 minutos
Criador(es) Sam Levinson
Baseado em Euphoria de Ron Leshem
Daphna Levin
Tmira Yardeni
Desenvolvedor(es) Sam Levinson
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Diretor(es)
Produtor(es)
  • Tyler Romary
  • Philipp A. Barnett
  • Jamie Feldman
  • Kenneth Yu
Produtor(es) executivo(s)
  • Sam Levinson
  • Drake
  • Future the Prince
  • Ron Leshem
  • Daphna Levin
  • Tmira Yardeni
  • Ravi Nandan
  • Kevin Turen
  • Hadas Mozes Lichtenstein
  • Mirit Toovi
  • Yoram Mokadi
  • Gary Lennon
Cinematografia
  • Marcell Rév
  • André Chemetoff
  • Drew Daniels
  • Adam Newport-Berra
Narrador(es) Zendaya
Elenco
Música por
Empresa(s) produtora(s)
  • A24 Television
  • The Reasonable Bunch
  • Little Lamb
  • DreamCrew
  • TCDY Productions
Localização Los Angeles, Califórnia
Exibição
Emissora original HBO
Transmissão original 16 de junho de 2019 (2019-06-16) – presente
Temporadas 2
Episódios 16 +2 especiais (lista de episódios)

Euphoria é uma série de televisão americana de drama adolescente criada por Sam Levinson, baseada na minissérie israelense de mesmo nome, de 2012, dos roteiristas Ron Leshem, Daphna Levin e Tmira Yardeni.[1] A série é protagonizada por Zendaya, Maude Apatow, Angus Cloud, Eric Dane, Alexa Demie, Jacob Elordi, Barbie Ferreira, Nika King, Storm Reid, Hunter Schafer, Algee Smith, Sydney Sweeney, Colman Domingo, Javon "Wanna" Walton, Austin Abrams e Dominic Fike. Euphoria aborda as experiências pessoais de um grupo de adolescentes do ensino médio em relação a drogas, amizades, traumas, sexo, bullying, aceitação, inseguranças e sexualidade.[2]

A série estreou no canal HBO em 16 de junho de 2019.[3][4] Em Portugal e no Brasil, a série é exibida pelo HBO de cada país. Em julho de 2019, a série foi renovada para a segunda temporada, com previsão de estreia para janeiro de 2022.[5] Euphoria recebeu respostas positivas dos críticos, que elogiaram sua cinematografia, história, trilha sonora, performances, especificamente as de Zendaya e Hunter Schafer, e a abordagem de temas maduros da adolescência, embora tenha se tornado objeto de polêmica devido ao uso de nudez e conteúdo de sexo explícito, que alguns críticos consideraram excessivo.[6] Em fevereiro de 2022, a série foi renovada para uma terceira temporada.

A série recebeu indicações para o British Academy Television Award de Melhor Programa Internacional e para o TCA Award de Melhor Série Notável.[7] Por sua atuação, Zendaya ganhou o Primetime Emmy Award e o Satellite Award de Melhor Atriz em Série Dramática.[8][9]

Premissas[editar | editar código-fonte]

1ª temporada (2019)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Euphoria (1.ª temporada)

Euphoria acompanha a história de Rue Bennett, uma garota de 17 anos que depois de uma overdose está tentando ficar sóbria. Rue se tornou usuária de Oxicodona desde a época em que seu pai lutava contra um câncer, e a morte dele a deixou extremamente abalada. Rue acaba se tornando amiga de Jules, uma garota trans recém-chegada na cidade que em segredo tem relações sexuais com homens mais velhos. A medida que a relação das garotas evolui para um caso de romance, Jules pede para que Rue tente evitar as drogas para o bem do relacionamento, o que Rue tenta a medida do possível.[10] Na série também há outras histórias em paralelo com a da personagem principal, incluíndo a de Nate Jacobs, o garoto popular da escola que é na verdade um adolescente violento, com problemas com seu pai e com a própria sexualidade; Maddy Perez, líder de torcida que namora Nate, mas na verdade além de amá-lo ela o teme também; Cassie Howard, uma adolescente que parece tranquila e que já teve até uma sex tape vazada, mas que é cheia de questionamentos e insegurança; e Kat Hernandez, uma adolescente a cima do peso que começa a explorar sua sexualidade, independentemente de suas próprias dúvidas e medos.[11]

Especiais (2020-21)[editar | editar código-fonte]

Após Rue sugerir a Jules que elas deixem a cidade e fujam juntas, Rue não consegue levar adiante sua própria ideia impulsiva deixando sua namorada partir sozinha da estação de trem. Rue volta a se drogar e depois se econtra com Ali, seu padrinho de reabilitação. Os dois tem uma longa conversa sobre a luta contra as drogas, como é enfrentar esse problema e quais são as consequências que o vício traz.[12] Por outro lado, Jules faz uma sessão de terapia e diz não se reconhecer mais após um discurso sobre feminilidade e seu processo de transição. Ela começa a se lembrar da relação com a mãe, mostrando o quanto a falta de uma presença feminina em sua vida impactou em seus desejos e na forma que se permitiu ser tratada pelos homens que passaram em sua vida.[13]

2ª temporada (2022)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Euphoria (2.ª temporada)

Durante o novo ano letivo da East Highland High School, alguns estudantes se tornam o centro das atenções, como é o caso de Cassie. Cassie desenvolve um relacionamento secreto com o ex-namorado de sua amiga Maddy, o Nate, mas em dado momento não consegue esconder o caso e isso destrói a relação dela com a amiga. Apesar disso, Cassie de certa forma aproveita seu novo relacionamento para ascender sua popularidade, mesmo tendo que aturar os abusos violentos de Nate. Já Rue, após sua recaída, enfrenta ainda mais tumultos na vida e tenta reatar seu relacionamento com Jules, dizendo que não está mais usando drogas. Rue também conhece Elliot, que se torna seu companheiro nas horas de usar drogas e a medida que o tempo passa, ele logo se torna um grande amigo dela e de Jules, além de desenvolver sentimentos por esta última.[14]

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de personagens de Euphoria
Ator/Atriz Personagem Temporadas
1 2
Elenco principal
Zendaya Rue Bennett Principal
Maude Apatow Lexi Howard Principal
Angus Cloud Fezco Principal
Eric Dane Cal Jacobs Principal
Alexa Demie Maddy Perez Principal
Jacob Elordi Nate Jacobs Principal
Barbie Ferreira Kat Hernandez Principal
Nika King Leslie Bennett Principal
Storm Reid Gia Bennett Principal
Hunter Schafer Jules Vaughn Principal
Sydney Sweeney Cassie Howard Principal
Algee Smith Chris McKay Principal Participação
Javon "Wanna" Walton Ashtray Recorrente Principal
Austin Abrams Ethan Daley Recorrente Principal
Dominic Fike Elliot Does not appear Principal
Elenco recorrente
Alanna Ubach Suze Howard Recorrente
Colman Domingo Ali Muhammad Recorrente
Lukas Gage Tyler Clarkson Recorrente Does not appear
John Ales David Vaughn Recorrente Participação
Keean Johnson Daniel Dimarco Recorrente Does not appear
Paula Marshall Marsha Jacobs Recorrente
Zak Steiner Aaron Jacobs Recorrente
Mercedes Colon Kat's mom Recorrente Does not appear
Tyler Chase Custer Recorrente
Tyler Timmons Troy McKay Recorrente Does not appear
Tristan Timmons Roy McKay Recorrente Does not appear
Sophia Rose Wilson Barbara "BB" Brooks Recorrente
Bruce Wexler Robert Bennett Recorrente Participação
Meeko Mouse Recorrente Participação
Marsha Gambles Miss Marsha Recorrente Participação
Nick Blood Gus Howard Participação Recorrente
Martha Kelly Laurie Does not appear Recorrente
Chloe Cherry Faye Does not appear Recorrente
Melvin "Bonez" Estes Bruce Does not appear Recorrente
Yukon Clement Theo Does not appear Recorrente
Fernando Belo Sebastian Does not appear Recorrente
Veronica Taylor Bobbi Does not appear Recorrente
Ansel Pierce Caleb Does not appear Recorrente

Episódios[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de episódios de Euphoria
TemporadaEpisódiosOriginalmente exibido
Estreia da temporada Final da temporada
1816 de junho de 2019 (2019-06-16)4 de agosto de 2019 (2019-08-04)
Especial26 de dezembro de 2020 (2020-12-06)24 de janeiro de 2021 (2021-01-24)
28[15]9 de janeiro de 2022 (2022-01-09)27 de fevereiro de 2022 (2022-02-27)

Produção[editar | editar código-fonte]

Conceito[editar | editar código-fonte]

Criador, roteirista, diretor e showrunner, Sam Levinson em 2018.

Em 2006, Sam Levinson começou a esboçar diferentes versões para uma possível série, com base em sua experiência com drogas na adolescência.[16] Lavinson sofria de ansiedade, depressão e dependência de drogas.[17] Ele foi convidado para uma reunião com a chefe de drama da HBO, Francesca Orsi, sobre uma adaptação da série de televisão israelense de 2012, Euphoria, criada por Ron Leshem, Daphna Levin e Tamira Yardeni.[18] Orsi havia gostado da realidade "nua e crua" do drama israelense e pediu a Levinson desenvolver a série com base em seus esboços.[19] Levinson também citou que a ansiedade adolescente é usada como uma influência para desenvolver a série: "Há essa ansiedade consistente que eu acho que existe nesta geração, eu acho que formou todo o processo de filmagem."[20]

Em 1 de junho de 2017, foi anunciado que a HBO estava desenvolvendo a série.[21] Em 13 de março de 2018, o presidente de programação da HBO, Casey Bloys, anunciou na conferência da INTV em Jerusalém que a rede havia dado à produção uma ordem de desenvolver o piloto. Foi ainda anunciado que a A24 Television serviria como uma produtora para o piloto.[22]

Equipe de produção e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 27 de março de 2018, foi anunciado que Augustine Frizzell iria dirigir o episódio piloto e servir como produtora co-executiva.[23] Em 30 de julho de 2018, foi anunciado que a HBO havia dado à produção uma ordem de série. Foi ainda anunciado que todos os episódios da série serão escritos por Levinson. Os produtores executivos deverão incluir Levinson, Leshem, Levin, Yardeni, Hadas Mozes Lichtenstein, Mirit Toovi, Yoram Mokadi, Gary Lennon, Zendaya, o rapper canadense Drake, Future the Prince, Ravi Nandan e Kevin Turen.[24] Uma das produtoras envolvidas na produção é A24 Television. Os pôsteres promocionais para a série foram desenhados por Percival & Associates.[25][26]

Em 11 de julho de 2019, a série foi renovada para uma segunda temporada.[27] A produção da segunda temporada estava programada para começar no segundo trimestre de 2020, com a primeira tabela lida em 11 de março,[28] mas a pandemia de COVID-19 atrasou a produção.[29] A produção foi retomada em março de 2021, com filmagens de abril a novembro.[30]

A HBO também encomendou dois episódios especiais após a primeira temporada vencedora do Emmy, o primeiro sendo "Trouble Don't Last Always", que estreou em 6 de dezembro de 2020. Este especial começa logo após o final da primeira temporada e lida com o rescaldo da personagem Rue deixando Jules na estação de trem e sua recaída.[31] O segundo episódio especial, "Fuck Any Who's Not a Sea Blob", estreou em 24 de janeiro de 2021 e segue o lado da história de Jules.[32] O segundo episódio foi co-escrito e produzido por Levinson e Hunter Schafer.[33] A HBO anunciou que os episódios especiais iriam ao ar dois dias antes na plataforma HBO Max.[34]

Em 4 de fevereiro de 2022, a HBO renovou a série para uma terceira temporada.[35]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

A intérprete da protagonista Rue, Zendaya em 2018.

Em 5 de junho de 2018, foi anunciado que o piloto estrelaria Zendaya, Storm Reid, Maude Apatow, Brian "Astro" Bradley, Eric Dane, Angus Cloud, Alexa Demie, Jacob Elordi, Barbie Ferreira, Nika King, Hunter Schafer e Sydney Sweeney.[36] Em 31 de outubro de 2018, foi relatado que Algee Smith havia sido escalado para substituir Brian "Astro" Bradley no papel regular de McKay, que Bradley interpretou no episódio piloto. Foi ainda relatado que Austin Abrams também foi escalado para a série.[37] Em abril de 2020, Kelvin Harrison Jr. se juntou ao elenco, mas em maio de 2021, ele desistiu devido a conflitos de agendamento.[38][39] Em agosto, Dominic Fike, Minka Kelly e Demetrius 'Lil Meech' Flenory Jr. foram adicionados ao elenco.[40]

Filmagens e estilo[editar | editar código-fonte]

A fotografia primária ocorre no Sony Studios em Culver City, Califórnia. A Ulysses S. Grant High School, em Los Angeles, é usada para a fictícia East Highland High School.[41] De acordo com a California Film Commission, a primeira temporada de Euphoria custou US$ 41.627.000 para ser produzida e recebeu US$ 8.378.000 em créditos fiscais de incentivo. A primeira temporada foi filmada em um total combinado de 104 dias; os custos de produção da segunda temporada totalizaram US$ 96.685.000 após um total de 176 dias de filmagem. Posteriormente, a segunda temporada recebeu um crédito fiscal de US$ 19.406.000 por empregar mais de 15.000 pessoas na Califórnia.[42] Para a primeira temporada, o show foi filmado digitalmente. Já segunda temporada, o show foi filmado em filme Kodak Ektachrome, que o diretor de fotografia Marcell Rév atribuiu ao desejo de invocar "algum tipo de memória do ensino médio".

Títulos dos episódios[editar | editar código-fonte]

Muitos dos títulos dos episódios da primeira temporada são referências a títulos de músicas do final dos anos 1990 e início dos anos 2000 que se correlacionam com o próprio episódio. Por exemplo, "'03 Bonnie and Clyde" é uma referência à música de 2002 de Jay-Z e Beyoncé com o mesmo nome. [43]

Música[editar | editar código-fonte]

O produtor das trilhas sonoras da série, o cantor Labrinth em 2019.

A trilha sonora de músicas originais de Euphoria foi composta pelo cantor, compositor e produtor musical inglês Labrinth. Em uma entrevista à Rolling Stone, ele afirmou: "Quando você olha para trás, para sua adolescência, parece semimágico, mas semianlano e semipsicótico. Eu queria ter certeza de que a música parecia essas coisas."[44] A canção "All for Us", tocada por Labrinth e Zendaya, é transmitida ao longo da primeira temporada, mas tem um grande número musical encenado no final da temporada.[45]

O show também faz uso incomumente extenso[46] de música popular, incluindo gêneros como hip-hop, trap, R&B, experimental, indie rock, standards e doo-wop, com alguns episódios apresentando mais de 20 canções.[47] Por seu trabalho na primeira temporada de Euphoria, os supervisores musicais Jen Malone (que também supervisiona Atlanta) e Adam Leber ganharam o prêmio 2020 Guild Of Music Supervisors de Melhor Supervisão Musical em Drama de Televisão.[48]

Atualmente, Euphoria já tem dois álbuns de partituras produzidas por Labrith: Euphoria (Original Score from the HBO Series), que foi lançado pela Milan Records em 4 de outubro de 2019,[49][50] e Euphoria Season 2 Official Score (From the HBO Original Series), lançado pela Columbia Records em 22 de abril de 2022. A série também conta com dois álbuns que possuem uma seleção de músicas usadas nas temporadas, de diferentes artistas. O primeiro álbum de trilha sonora, Euphoria Season 1 (An HBO Original Series Soundtrack), foi lançado em 14 de maio de 2021 pela Interscope Records e tem como singles as canções "All for Us" de Labrith e Zendaya, "Love Me Low" de Ai Bendr e "Lo Vas a Olvidar" de Billie Eilish com Rosalía.[51] O segundo álbum de trilha sonora, Euphoria Season 2 (An HBO Original Series Soundtrack) foi lançado em 4 de maio de 2022 também pela Interscope e foi precedido por sete singles, "Watercolor Eyes" de Lana Del Rey, "How Long" de Tove Lo, "(Pick Me Up) Euphoria" de James Blake com participação de Labrinth, "Sad4Whattt" de EricDoa, "Yeh I Fuckin ' Did it" de Labrinth, "I'm Tired" de Labrinth e Zendaya e "Elliot's Song" de Dominic Fike e Zendaya.[52][53][54][55][56]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

A série foi recebida com uma resposta positiva dos críticos, com muitos elogios indo para sua atuação, história, recursos visuais e abordagem de temas maduros. No site de agregação de resenhas Rotten Tomatoes, a primeira temporada tem uma pontuação positiva de 82%, com uma classificação média de 7,31/10 com base em 93 análises críticas,[57] resultando na designação de "Certified Fresh". O resumo do consenso crítico do site afirma: "Embora às vezes difícil de assistir, Euphoria equilibra sua honestidade brutal com um olhar empático - e visualmente lindo - para criar uma série desafiadora e iluminadora única, mantida unida por uma performance poderosamente discreta de Zendaya."[57] O Metacritic, que usa uma média ponderada, atribuiu uma pontuação de 68 de 100, com base em 26 críticos, indicando "avaliações geralmente favoráveis".[58] Ben Travers, do IndieWire, elogiou a autenticidade do programa e como a HBO "se fundamenta na realidade absoluta". Além disso, ele elogiou a performance e narração de Zendaya, e como ela consegue cumprir o papel principal.[59] Tim Goodman, do The Hollywood Reporter, elogiou o desempenho de Zendaya e o tratamento do assunto.[60] Pilot Vireut do Observer elogiou o show como sendo visualmente deslumbrante, bem como a performance do conjunto, mas criticou a escrita como "trêmula, cheia de linhas desajeitadas" e recomendou que o show "mantenha seu foco estreito".[61] A série recebeu críticas do conservador Parents Television Council depois que foi relatado que um dos episódios continha "30 pênis [piscando] na tela" e o estupro estatutário de um personagem na tela. O Parent Television Council também criticou o programa por comercializar "conteúdo adulto gráfico" voltado para os adolescentes.[6]

O primeiro dos dois episódios especiais recebeu elogios da crítica por sua escrita, performances e mudança de tom e conteúdo da primeira temporada. No Rotten Tomatoes, o primeiro episódio tem uma pontuação de 96%, com uma classificação média de 8,44/10 com base em 23 críticas. O consenso crítico do site diz: "Euphoria diminui o ritmo sem perder a batida em um episódio especial que combina uma Zendaya crua com um Colman Domingo constante para criar magia na tela pequena."[62] No Metacritic, o episódio tem uma pontuação média ponderada de 84 de 100, com base em 10 comentários, indicando "aclamação universal".[63] O segundo dos dois episódios especiais também foi aclamado pela crítica, com elogios particulares ao desempenho de Schafer, bem como a abordagem de direção distinta do episódio, ressonância emocional e exploração da identidade trans. No Rotten Tomatoes, tem uma pontuação de 95%, com uma classificação média de 7,9/10 com base em 22 avaliações críticas. O consenso crítico do site diz: "Ao centrar-se na jornada de Jules, "F*ck Any Who is Not a Sea Blob" adiciona profundidade bem-vinda ao seu personagem e dá a Hunter Schafer muito espaço para brilhar."[64] No Metacritic, o episódio tem uma pontuação média ponderada de 78 em 100, com base em 10 comentários, indicando "críticas geralmente favoráveis".[65]

A segunda temporada recebeu críticas mistas a positivas, com críticos elogiando as performances, mas criticando o ritmo e a caracterização da temporada. No site de agregação de resenhas Rotten Tomatoes, a segunda temporada tem uma pontuação de 73%, com uma classificação média de 7,4/10 com base em 15 resenhas.[66] No Metacritic atribuiu à temporada uma pontuação de 78 em 100 com base em 12 comentários, indicando "críticas geralmente favoráveis".[67] Ben Travers, do Indiewire, criticou o conteúdo sexual, mas elogiou o desempenho de Zendaya afirmando que "Depois de sete dos oito episódios, a 2ª temporada é exatamente o que um drama que procura desencadear uma conversa mais teme: é pulável".[68] Rebecca Nicholson, do The Guardian, deu à segunda temporada duas de cinco estrelas, escrevendo: "esta tão esperada segunda temporada decidiu se apoiar em seus instintos mais cruéis".[69] Patrick Ryan, do USA Today, elogiou as performances de Zendaya, Schafer e Fike, mas escreveu que "os novos episódios são muito menos cativantes quando mudam o foco de Rue e Jules".[70]

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Alguns comentaristas e organizações criticaram o conteúdo explícito do programa, incluindo automutilação, uso excessivo de drogas e material sexual.[71] O grupo conservador de defesa da mídia Parents Television and Media Council chamou a série de "sombria, depravada, degenerada e niilista" e pediu à HBO e à AT&T que a terminassem.[72] A Common Sense Media, que fornece informações relacionadas à adequação da mídia para crianças, também observou os fortes temas adultos e desaconselhou a audiência de adolescentes.[73] Uma cena envolvendo mais de 30 fotos de pênis foi criticada por críticos e simpatizantes, com a Esquire chamando-a de "inutilmente gratuita".[74] O The Guardian escreveu que escritores e produtores deveriam encontrar maneiras novas e diferentes de chocar o público.[75] Em 2022, Minka Kelly disse que sentiu desconforto com a quantidade de cenas de nudez no programa. Samuel Getachew escreveu em um artigo da Culture para a Vogue que as representações do trauma do programa o estetizam de uma maneira que sua "geração é particularmente vulnerável".[76]

Levinson reconheceu as controvérsias sobre o conteúdo do programa, dizendo que alguns pais ficarão "totalmente assustados".[77] Augustine Frizzell, que dirigiu o episódio piloto do programa, disse que o conteúdo explícito deve ajudar a promover uma conversa entre pais e adolescentes.[78] Levinson também disse que espera que o show "abra um diálogo" devido à "desconexão entre pais e adolescentes".[79] Zendaya emitiu um aviso antes do show e da estreia da segunda temporada sobre seu "assunto profundamente emocional".[80] A HBO expressou objeções a algumas cenas sexualmente gráficas, mas disse que não interferiria no "processo criativo" do programa.[77] O programa inclui avisos de discrição do espectador e um site para saúde mental e outros recursos de grupos de apoio.[81][82]

Audiência[editar | editar código-fonte]

A estreia do programa teve uma média de 577.000 espectadores em seu intervalo de tempo, um número que aumentou para um milhão após o replay linear na mesma noite e visualização preliminar na HBO Go/HBO Now. A hashtag #EuphoriaHBO foi a tendência de número um nos Estados Unidos e número três em todo o mundo no Twitter após a estreia.[83] A estreia da segunda temporada de 'Euphoria' atraiu 2,4 milhões de espectadores em todas as plataformas da HBO, uma série alta para o drama. Também teve a estreia digital mais forte para qualquer episódio de uma série da HBO desde o lançamento da HBO Max.[84]

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Temporada Dia e horário
(E.T.)
Emissora Episódios Estreia Final Audiência nos EUA
(em milhões)
Data Espectadores
(em milhões)
Data Espectadores
(em milhões)
1 Domingo 10:00 p.m. HBO 8 16 de junho de 2019 0.577[85] 4 de agosto de 2019 0.530[86] 0.560[87]
2 Domingo 09:00 p.m. 8 9 de janeiro de 2022 0.254[88] 27 de fevereiro de 2022 0.625[89] 0.340

Especiais[editar | editar código-fonte]

Especial Exibição
Emissora Data Horário Audiência
nos EUA
(em milhões)
1 "Trouble Don't Last Always" HBO 6 de dezembro de 2020 09:00 p.m. 0.236[90]
2 "Fuck Anyone Who's Not a Sea Blob" 24 de janeiro de 2021 0.109[91]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado(s) Resultado Ref.
2019 45º People's Choice Awards Estrela Favorita de Série de TV de Drama Zendaya Venceu [92]
24º Satellite Awards Melhor Atriz de Série de Televisão Dramatica Venceu [9]
2020 Make-Up Artists and Hair Stylists Guild Awards Melhor Maquiagem Contemporânea - Séries de Televisão e Novas Mídias Doniella Davy e Kristen Coleman Indicado [93]
10º Critics' Choice Television Awards Melhor Atriz em Série Dramática Zendaya Indicado [94]
70º American Cinema Editors Awards Melhor Série Dramática Editada Para Televisão Não Comercial Julio C. Perez IV Indicado [95]
Art Directors Guild Awards Série de Televisão Contemporânea de Uma Hora com Uma Câmera Kay Lee Indicado [96]
Guild of Music Supervisors Awards Melhor Supervisão Musical - Drama Televisivo Adam Leber e Jen Malone Venceu [97]
31º GLAAD Media Awards Prêmio GLAAD Media: Melhor Série Dramática Euphoria Indicado [7]
British Academy Television Awards Melhor Programa Internacional Sam Levinson, Ravi Nandan, Kevin Turen e Drake Indicado [98]
36º TCA Awards Melhor Série Notável Euphoria Indicado [99]
72º Primetime Emmy Awards Melhor Atriz Principal em uma Série Dramática Zendaya (por "Made You Look") Venceu [8]
71º Primetime Creative Arts Emmy Awards Trajes Contemporâneos Excepcionais Heidi Bivens, Danielle Baker e Katina Danabassis (por "The Next Episode") Indicado [100]
Melhor Maquiagem Não-Prostética em Série Multi-Câmera ou Especial Doniella Davy, Kirsten Sage Coleman e Tara Lang Shah (por "And Salt the Earth Behind You") Venceu
Melhor Composição Musical em Série Labrinth (por "03 Bonnie and Clyde") Indicado
Melhor Música e Letra Originais "All for Us" – Labrinth (por "And Salt the Earth Behind You") Venceu
Melhor Supervisão Musical Jen Malone e Adam Leber (por "And Salt the Earth Behind You") Indicado

Referências

  1. Productions, Tedy. «Euphoria - TV Productions». Tedy Productions (em inglês) 
  2. Andreeva, Nellie (30 de julho de 2018). «'Euphoria' Pilot Starring Zendaya Picked Up To Series By HBO, Drake & Future the Prince Join As Executive Producers». Deadline Hollywood. Consultado em 30 de julho de 2018 
  3. «HBO/Cinemax Programming Overview - Fall 2018». The Futon Critic. 4 de outubro de 2018 
  4. «Zendaya's HBO Drama Euphoria to Premiere in June — Watch Teaser». TVLine. 11 de abril de 2019 
  5. «'Euphoria' Renewed For Season 2 By HBO». 11 de julho de 2019. Consultado em 28 de julho de 2019 
  6. a b Napoli, Jessica (12 de junho de 2019). «New HBO series 'Euphoria' sells 'graphic adult content' to 'teens and preteens,' parents group says». Fox News. Consultado em 13 de junho de 2019. Cópia arquivada em 17 de agosto de 2019 
  7. a b Gardner, Chris; Howard, Annie (8 de janeiro de 2020). «GLAAD Media Awards: 'Booksmart,' 'Bombshell,' 'Rocketman' Among Nominees». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 8 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2020 
  8. a b «Emmy Nominations 2020: Full List of Nominees for TV's Big Night» (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2020. Cópia arquivada em 28 de julho de 2020 
  9. a b «2019 Satellite Awards winners». International Press Academy. 19 de dezembro de 2019. Consultado em 19 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 3 de dezembro de 2019 
  10. Lapeloso, Mariana (10 de janeiro de 2022). «Euphoria: Resumo da história, personagens, hora de estreia e mais». Legadoplus.com.br. Consultado em 10 de julho de 2022 
  11. Cavalcanti, Fernanda (26 de fevereiro de 2021). «Euphoria – Muito mais do que uma série adolescente». Vitaminanerd.com. Consultado em 10 de julho de 2022 
  12. Espindola, Stephanie (8 de janeiro de 2022). «Euphoria: Resumo com os principais acontecimentos da 1ª temporada». Feededigno.com. Consultado em 10 de julho de 2022 
  13. Rosa, Natalie (27 de janeiro de 2021). «Crítica: Euphoria dá voz à Jules em 2º episódio especial da série». Canaltech.com.br. Consultado em 10 de julho de 2022 
  14. Ribeiro, Pedro Henrique (28 de fevereiro de 2022). «Euphoria: Leia a crítica da segunda temporada». omelete.com.br. Consultado em 10 de julho de 2022 
  15. «Euphoria – Listings». The Futon Critic. Consultado em 23 de novembro de 2021 
  16. Zoller Seitz, Matt (13 de agosto de 2019). «Why Euphoria Feels So Real, Even When It Isn't Realistic». Vulture.com (em inglês). Consultado em 2 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2021 
  17. «TX Festival Q&A: Euphoria presented by HBO (2019)». YouTube (em inglês). ATX Festival. 26 de junho de 2020. Consultado em 11 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 26 de junho de 2020 
  18. Wilson Hunt, Stacey (15 de novembro de 2019). «Conversations with Zendaya & Sam Levinson of EUPHORIA». YouTube.com (em inglês). SAG-AFTRA Foundation. Consultado em 26 de março de 2022 
  19. Stack, Tim (16 de junho de 2019). «Euphoria creator Sam Levinson on his controversial show: 'I hope it opens up a dialogue'». Entertainment Weekly. Consultado em 11 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 10 de maio de 2021 
  20. «Sam Levinson and Zendaya on the Hopefulness of Euphoria». HBO (em inglês). Consultado em 27 de junho de 2019. Cópia arquivada em 27 de junho de 2019 
  21. «'Euphoria' Provocative Teen Drama Based On Israeli Format In Works At HBO». 1 de junho de 2017. Consultado em 11 de junho de 2019 
  22. «HBO Hands 'Kids'-Meets-'Trainspotting' Teen Drama 'Euphoria' Pilot Order Based On Israeli Thriller». 13 de março de 2018. Consultado em 11 de junho de 2019 
  23. «'Never Goin' Back' Director Augustine Frizzell To Direct HBO's Teen Drama Pilot 'Euphoria'». 27 de março de 2018. Consultado em 11 de junho de 2019 
  24. William Cowen, Trace. «Showtime Orders Docuseries 'Ready for War,' Executive Produced by Drake». Complex (em inglês). Consultado em 26 de março de 2022 
  25. «Percival & Associates | Euphoria». Percival & Associates. Consultado em 16 de junho de 2019. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2019 
  26. Percival & Associates, LLC / @percivalassociates (14 de maio de 2019). «#hbo #a24 #euphoria #zendaya #thisispna». Instagram. Consultado em 14 de maio de 2019. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2020 
  27. Petski, Denise (11 de julho de 2019). «'Euphoria' Renewed For Season 2 By HBO». Deadline Hollywood. Consultado em 11 de julho de 2019. Cópia arquivada em 15 de julho de 2019 
  28. Jones, Marcus (11 de março de 2020). «Euphoria cast offers a first look at their season 2 table read». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 24 de março de 2020. Cópia arquivada em 24 de março de 2020 
  29. Andreeva, Nellie (13 de março de 2020). «HBO's The Righteous Gemstones, TNT's Snowpiercer Among WarnerMedia Entertainment Series Shut Down Over Coronavirus, Euphoria Delayed». Deadline Hollywood (em inglês). Consultado em 24 de março de 2020. Cópia arquivada em 31 de março de 2020 
  30. Sharf, Zack (22 de janeiro de 2021). «Euphoria Creator Eyes Season 2 Filming in March, with Episodes to Begin Releasing in 2022». IndieWire (em inglês). Consultado em 22 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2021 
  31. Porter, Rick (19 de outubro de 2020). «HBO's 'Euphoria' Sets Pair of Special Episodes». The Hollywood Reporter. Consultado em 20 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de outubro de 2020 
  32. Gemill, Allie (7 de dezembro de 2020). «Euphoria Special Part 2 Release Date, Poster, and Plot Details Tease Jules' Side of The Story». Collider (em inglês). Consultado em 7 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2020 
  33. Zuckerman, Esther (25 de janeiro de 2021). «The Second Euphoria Special Episode Lets Us See Through Jules' Eyes». Thrillist. Consultado em 21 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2021 
  34. Petski, Denise (19 de janeiro de 2021). «Euphoria: Second Of Two Special Episodes To Premiere Early On HBO Max». Deadline Hollywood. Consultado em 21 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2022 
  35. «'Euphoria' Renewed For Season 3 By HBO». Deadline Hollywood. 4 de fevereiro de 2022. Consultado em 6 de fevereiro de 2022 
  36. «Zendaya To Topline HBO's Drama Pilot 'Euphoria'; Storm Reid, Maude Apatow, Astro & Eric Dane Co-Star». 5 de junho de 2018. Consultado em 11 de junho de 2019 
  37. «'Euphoria': Algee Smith & Austin Abrams Cast In HBO Teen Drama Series». 31 de outubro de 2018. Consultado em 11 de junho de 2019 
  38. Sneider, Jeff (14 de janeiro de 2020). «Exclusive: Euphoria Season 2 Adding Kelvin Harrison Jr. from Luce and Waves». Collider (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2020. Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2020 
  39. «Kelvin Harrison Jr. No Longer Attached To Euphoria Season 2». Shadow and Act (em inglês). Consultado em 22 de maio de 2021. Cópia arquivada em 22 de maio de 2021 
  40. Shanfeld, Ethan (6 de agosto de 2021). «Euphoria Season 2 Adds Dominic Fike, Minka Kelly, Demetrius 'Lil Meech' Flenory Jr.». Variety (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2021. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2021 
  41. «Where is Euphoria based? Here are the filming locations of the HBO teen drama». PopBuzz (em inglês). 25 de junho de 2019. Consultado em 2 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de outubro de 2019 
  42. «Film and Television Tax Credit Program 3.0» (PDF). California Film Commission. 28 de fevereiro de 2022 
  43. Butler, Bethonie (14 de outubro de 2019). «The entrancing score of Euphoria has arrived, and it sounds like teen angst and eye glitter». The Washington Post. Consultado em 4 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2021. Vários episódios levam seus nomes de títulos de músicas: "Stuntin' Like My Daddy" de Lil Wayne, "Shook Ones Pt. II" de Mobb Deep e a colaboração de Beyoncé-Jay-Z "'03 Bonnie and Clyde". Euphoria também faz uso cuidadoso da música de Drake, um de seus produtores executivos. 
  44. Marks, Lily (3 de outubro de 2019). «How Labrinth Created the Perfect Soundtrack for HBO's 'Euphoria'». Rolling Stone. Consultado em 25 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2019 
  45. Chen, Eddy (6 de novembro de 2019). «Every Song Featured On Season 1 Of 'Euphoria'». Billboard. Consultado em 25 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 4 de setembro de 2019 
  46. Maicki, Salvatore (8 de julho de 2019). «How Euphoria's music supervisor Jen Malone soundtracks the show's adolescent hedonism». The Fader (em inglês). Consultado em 8 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2020 
  47. Kaufman, Gil (6 de agosto de 2019). «Every Song Featured On Season 1 Of 'Euphoria'». Billboard. Consultado em 8 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 3 de junho de 2020 
  48. Nordyke, Kimberly; Howard, Annie (2 de fevereiro de 2020). «Guild of Music Supervisors Awards: 'Once Upon a Time,' 'Queen & Slim' Among Winners». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 8 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 2 de março de 2020 
  49. «Euphoria (Original Score from the HBO Series)». Apple Music. Consultado em 21 de maio de 2020. Cópia arquivada em 16 de maio de 2020 
  50. «Euphoria Original Score from the HBO Series by Labrinth Available Now». Sony Music Entertainment. 7 de outubro de 2019 
  51. «New Soundtrack Album for HBO's Euphoria Season 1 Released». Film Music Reporter 
  52. Shafer, Ellise (28 de fevereiro de 2022). «Labrinth and Zendaya Release 'Euphoria' Track 'I'm Tired' Following Season 2 Finale». Variety (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2022 
  53. Zemler, Emily (21 de janeiro de 2022). «Hear Lana Del Rey's Ethereal New Song 'Watercolor Eyes'». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  54. Peters, Daniel (26 de janeiro de 2022). «Tove Lo unveils new single 'How Long' for 'Euphoria' soundtrack». NME 
  55. Kenneally, Cerys (28 de janeiro de 2022). «James Blake and ericdoa share new Euphoria tracks "Pick Me Up" and "sad4whattt"». The Line of Best Fit. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  56. Brodsky, Rachel (4 de março de 2022). «Dominic Fike – "Elliot's Song" (Feat. Zendaya)». Stereogum. Consultado em 4 de março de 2022 
  57. a b «Euphoria: Season 1». Rotten Tomatoes. 1 de outubro de 2019. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2020 
  58. «Euphoria: Season 1». Metacritic. Consultado em 26 de junho de 2019. Cópia arquivada em 28 de julho de 2019 
  59. Travers, Ben (4 de junho de 2019). «'Euphoria' Review: Zendaya's HBO Series Is a Teens-in-Crisis Horror Show». IndieWire. Consultado em 14 de junho de 2019. Cópia arquivada em 5 de junho de 2019 
  60. Goodman, Tim (5 de junho de 2019). «'Euphoria': TV Review». The Hollywood Reporter. Consultado em 13 de junho de 2019. Cópia arquivada em 28 de julho de 2019 
  61. Viruet, Pilot (13 de junho de 2019). «Do HBO's Controversial 'Euphoria' Shock Tactics Have a Point?». The New York Observer. Consultado em 13 de junho de 2019. Cópia arquivada em 13 de junho de 2019 
  62. «Euphoria: Trouble Don't Last Always». Rotten Tomatoes. 7 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2020 
  63. «Euphoria Special Episode Part 1: Rue: Season 1». Metacritic. Consultado em 11 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 25 de dezembro de 2020 
  64. https://www.rottentomatoes.com/tv/euphoria/101167
  65. «Euphoria Special Episode Part 2: Jules». Metacritic 
  66. «Euphoria» (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2022 
  67. «Euphoria». Consultado em 11 de janeiro de 2022 
  68. Travers, Ben; Travers, Ben (9 de janeiro de 2022). «'Euphoria' Review: Season 2 Slips Even as Zendaya Shines in a Frustrating, Long-Awaited Follow-Up». IndieWire (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2022 
  69. «Euphoria season two review – far too much nudity, sex and violence». The Guardian (em inglês). 10 de janeiro de 2022. Consultado em 14 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2022 
  70. Ryan, Patrick. «Euphoria review: Zendaya gives another Emmy-worthy performance in relentless Season 2». USA TODAY (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 14 de janeiro de 2022 
  71. Smith, Neil (7 de agosto de 2019). «Euphoria: Why all the fuss over HBO teen drama?». BBC News. Consultado em 13 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2019 
  72. Deggans, Eric (10 de janeiro de 2022). «HBO's Euphoria is more than a parent's worst nightmare. It's a creative triumph». NPR. Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2022 
  73. Slaton, Joyce (13 de junho de 2019). «Euphoria TV Reviews». Common Sense Media. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2022 
  74. Kirkland, Justin (24 de junho de 2019). «Euphorias 30 Penises Scene Was Pointlessly Gratuitous When It Didn't Have to Be». Esquire (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2022 
  75. Hayes, Martha (3 de agosto de 2019). «'It triggered mass panic!' – is Euphoria the most shocking teen show ever?». The Guardian (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 14 de janeiro de 2022 
  76. «The Problem With 'Euphoria'». Vogue (em inglês). 7 de janeiro de 2022. Consultado em 2 de abril de 2022 
  77. a b Sandberg, Bryn (12 de junho de 2019). «HBO's Explicit Euphoria Courts Controversy: How Much Teen Sex and Drugs Is Too Much?». The Hollywood Reporter. Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2021 
  78. Ryan, Patrick (20 de junho de 2019). «Are YA shows too explicit? 'Euphoria' director defends depictions of graphic teen sex». USA Today. Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2019 
  79. Stack, Tim (16 de junho de 2019). «Euphoria creator Sam Levinson on his controversial show: 'I hope it opens up a dialogue'». Entertainment Weekly. Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  80. Sanchez, Chelsey (10 de janeiro de 2022). «Zendaya Warns Fans About Euphoria Season 2». Harper's Bazaar (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2022 
  81. Ferguson, LaToya (10 de outubro de 2019). «HBO Adds Mental Health Awareness Disclaimers Before Euphoria,' Barry,' and Sopranos». IndieWire. Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 23 de janeiro de 2021 
  82. Kennedy, Mark (1 de julho de 2019). «Creator of HBO's Euphoria says it tries to be 'empathic'». Associated Press (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2022. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2021 
  83. Andreeva, Nellie (17 de junho de 2019). «'Euphoria' Premieres To OK Linear Ratings On HBO, Does Well On Digital & Social». Deadline Hollywood. Consultado em 18 de junho de 2019. Cópia arquivada em 17 de junho de 2019 
  84. Maas, Jennifer; Maas, Jennifer (10 de janeiro de 2022). «'Euphoria' Season 2 Premiere Draws Series High 2.4 Million Viewers». Variety (em inglês). Consultado em 12 de janeiro de 2022 
  85. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome 1.01
  86. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome 1.08
  87. «Euphoria: Season One Ratings». TVSeriesFinale (em inglês). 6 de agosto de 2019. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  88. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome 2.01
  89. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome 2.08
  90. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome Especial1
  91. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome Especial2
  92. Yang, Rachel (11 de novembro de 2019). «People's Choice Awards 2019 — full list of winners». Entertainment Weekly. Consultado em 27 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2019 
  93. Giardina, Carolyn (11 de novembro de 2019). «'Bombshell,' 'Rocketman' Lead Makeup Artists and Hair Stylist Guild Feature Nominees». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 27 de novembro de 2019 
  94. Hammond, Pete (8 de dezembro de 2019). «'The Irishman', 'Once Upon A Time In Hollywood' Lead Critics' Choice Nominations; Netflix Dominates With 61 Noms In Movies And TV». Deadline Hollywood (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2019 
  95. Giardina, Carolyn (11 de dezembro de 2019). «'Ford v Ferrari,' 'The Irishman,' 'Joker' Among American Cinema Editors' Eddie Nominees». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 30 de julho de 2020 
  96. Petski, Denise (9 de dezembro de 2019). «Art Directors Guild Awards: 'The Irishman', 'Mandalorian', 'Once Upon A Time In Hollywood' Among Nominees». Deadline Hollywood (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2019 
  97. Herman, James Patrick (7 de fevereiro de 2020). «Guild of Music Supervisors Awards: Regina Spektor, 'Euphoria' Among Winners (Full List)». Variety (em inglês). Consultado em 7 de junho de 2020. Cópia arquivada em 4 de junho de 2020 
  98. «BAFTA TV 2020: Nominations for the Virgin Media British Academy Television Awards and British Academy TV Craft Awards». www.bafta.org (em inglês). 3 de junho de 2020. Consultado em 2 de julho de 2020. Cópia arquivada em 8 de agosto de 2020 
  99. «2020 TCA Awards Nominations». www.tvcritics.org (em inglês). 10 de julho de 2020. Consultado em 10 de julho de 2020. Cópia arquivada em 11 de julho de 2020 
  100. «2020 Primetime Emmy® Awards Nomination Press Release» (PDF) (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 28 de julho de 2020