Eurico de Barros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Eurico de Barros (Lisboa, 1 de Março de 1958), é um crítico de cinema[1] e jornalista português[2].

É licenciado em línguas e literaturas modernas na Universidade de Lisboa. Ex-redactor do jornal Semanário, dirigido na altura por Victor Cunha Rego, onde foi colega de João Gonçalves e de Fernando Sobral. É actualmente grande repórter no Diário de Notícias, de cuja secção de Artes foi editor durante vários anos, escrevendo, também, no Cinema2000. É também conhecido por pôr em causa a dimensão total do Holocausto.[3] Escreve no blogue Jantar das Quartas.[4]

Referências

  1. «Manhãs Gloriosas (2010) / A crítica». PTGate Solutions. Consultado em 18 de Novembro de 2012. 
  2. «"Respirar (Debaixo d'Água) / Entrevista por Eurico de Barros». "Diário de Notícias", entrevista por Eurico de Barros. Consultado em 18 de Novembro de 2012. 
  3. [1]
  4. [2]
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Eurico de Barros
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.