Euroliga de 2016–17

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Euroliga de 2016-17)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Euroliga de 2016–17
Turkish Airlines Euroleague
Campeonato Euroliga
Esporte Basquetebol
Número de times 16 equipes
Parceiro(s) de TV euroleague.tv
MVP Espanha S. Llull (Real Madrid)
Campeão Turquia Fenerbahçe Istambul
  Vice-campeão Grécia Olympiacos Pireu
MVP das finais Estados Unidos Ekpe Udoh ((Fenerbahçe)
Temporadas da Euroliga

A Temporada 2016-17 da Euroliga Turkish Airlines será a 17ª temporada da era moderna da Euroliga , e a sétimo sob o título de patrocínio da Turkish Airlines. Incluindo quando coexistiu com a competição continental organizada pela FIBA Europa, a Taça dos Campeões, esta será a 60ª temporada da principal competição Europeia masculina de clubes.

O Final Four da 2017 da Euroliga Final Four será disputado no Sinan Erdem Dome em Istambul, Turquia.[1]

Alterações de formato[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2015, a Federação Internacional de Basquetebol tentou assumir o comando da Euroliga, tentando convencer oito das onze equipes com Licença A para jogar uma nova competição organizada pela FIBA, em detrimento da atual Euroliga.[2] Esta proposta foi unanimemente rejeitada pela liga europeia de clubes.[3]

Em outubro de 2015, a FIBA tentou tomar de volta o controle da principal competição Europeia em nível de clubes[4][5] propondo que a Basketball Champions League tornar-se-ia a competição de elite na Europa, com 16 equipes competindo em grupo único.

Em novembro de 2015 e Euroleague Basketball concordou com 10 anos de joint venture com a IMG.[6] No seu comunicado de imprensa, a Euroliga anunciou um novo formato de competição para a temporada 2016-17, com apenas 16 equipes, incluindo os onze clubes licenciados (Anadolu Efes, Baskonia, CSKA de Moscou, FC Barcelona, Fenerbahçe, Maccabi Tel Aviv, Olimpia Milão, Olympiacos, Panathinaikos, Real Madrid e Žalgiris) jogando em uma temporada regular com fase de grupos. As primeiros oito equipes melhor qualificadas seguirão em um playoff "melhor-de-cinco" para apurar os quatro participantes do Final Four.

Após a sua primeira proposta ter sido rejeitada pela liga europeia de clubes, a FIBA adaptou o formato da  Basketball Champions League com qualificações com base em mérito esportivo.[7] Esta competição foi lançada oficialmente em 21 de Março de 2016.[8]

Equipes[editar | editar código-fonte]

A competição consiste em 11 clubes com licença A (longa data) e 5 clube associados com Licença anual[9]

Clube Presidente Treinador Capitão Material Esportivo Patrocinador
Turquia Anadolu Efes Turquia Tuncay Özilhan Croácia Velimir Perasović Turquia Doğuş Balbay Adidas Anadolu Efes
Espanha Baskonia Espanha José Antonio Querejeta Espanha Sito Alonso Hungria Ádám Hanga Hummel
Alemanha Brose Bamberga Alemanha Norbert Sieben Itália Andrea Trinchieri Alemanha Elias Harris Macron Brose
Sérvia Estrela Vermelha mts Sérvia Nebojša Čović Montenegro Dejan Radonjić Sérvia Luka Mitrović Champion Telefonia Móvel Sérvia
Rússia CSKA Moscow Rússia Andrey Vatutin Grécia Dimitrios Itoudis Rússia Victor Khryapa Nike Rostelecom
Turquia Darüşşafaka Doğuş Turquia Ümit Başkırt Israel David Blatt Turquia Ender Arslan Under Armour Garanti
Itália EA7 Olimpia Milano Itália Livio Proli Croácia Jasmin Repeša Itália Andrea Cinciarini Armani Emporio Armani
Espanha FC Barcelona Lassa Espanha Josep Maria Bartomeu Grécia Georgios Bartzokas Espanha Juan Carlos Navarro Nike Lassa Tyres
Turquia Fenerbahçe Istambul Turquia Aziz Yıldırım Sérvia Željko Obradović Turquia Melih Mahmutoğlu Nike Metro
Turquia Galatasaray Odeabank Turquia Dursun Özbek Turquia Ergin Ataman Turquia Sinan Güler Hummel Odeabank
Israel Maccabi FOX Tel Aviv Israel Shimon Mizrahi Israel Erez Edelstein Israel Guy Pnini Nike FOX
Grécia Olympiacos Pireu Grécia Panagiotis Angelopoulos
Grécia Giorgos Angelopoulos
Grécia Giannis Sfairopoulos Grécia Vassilis Spanoulis Nike Skrats
Grécia Panathinaikos Superfoods Grécia Manos Papadopoulos Grécia Argyris Pedoulakis Grécia Nick Calathes Adidas Pame Stoixima
Espanha Real Madrid Espanha Florentino Pérez Espanha Pablo Laso Espanha Felipe Reyes Adidas Teka
Rússia Unics Kazan Rússia Evgeny Bogachev Rússia Evgeniy Pashutin Grécia Kostas Kaimakoglou Joma AK BARS Bank
Lituânia Žalgiris Kaunas Lituânia Paulius Motiejūnas Lituânia Šarūnas Jasikevičius Lituânia Paulius Jankūnas Adidas OlyBet

Referências[editar | editar código-fonte]