Euronext

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
B3
TipoBolsa de valores
Localização La Défense, Europa
Fundação1602 (1602) (Bolsa de Amsterdã)
1724 (1724) (Bolsa de Paris Paris)
27 de outubro de 2000; há 19 anos (consórcio atual[1][2][3][4])
MoedaEuro
Nº. de empresas listadas1.240 (abril 2018)[5]
Mercado de capitaisUS$ 4,65 trilhões (abril de 2018)[5]
Websitewww.euronext.com

A Euronext NV (European New Exchange Technology[6]) é uma bolsa de valores europeia com sede em Amsterdã e sede corporativa em La Défense na Grande Paris,[7] que opera mercados em Amsterdã, Bruxelas, Londres, Lisboa, Dublin, Oslo e Paris.[8] Com cerca de 1.500 empresas listadas no valor de 4,1 trilhões de euros em capitalização de mercado no final de julho de 2019, a Euronext é a maior bolsa de valores da Europa continental. Além dos mercados de caixa e derivativos, a Euronext fornece dados de mercado de listagem, serviços de custódia e liquidação.[9] Sua oferta total de produtos inclui ações, fundos negociados em bolsa, warrants e certificados, títulos, derivativos, commodities e índices, além de uma plataforma de negociação em moeda estrangeira.

Seguindo suas origens desde a fundação da Bolsa de Amsterdã em 1602 pela Companhia Holandesa das Índias Orientais e da Bolsa de Paris em 1724, após o colapso financeiro da bolha do Mississippi, a Euronext foi fundada em 2000 pela fusão das bolsas em Amsterdã, Paris e Bruxelas.[10] Desde então, a Euronext cresceu desenvolvendo serviços e adquirindo bolsas adicionais e, depois de ter sido incorporada à Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) de 2007 a 2014 sob o nome de NYSE Euronext, tornou-se uma vez mais uma bolsa europeia independente desde então.

Desde seu IPO em 2014,[11] a Euronext expandiu sua presença na Europa e diversificou seus fluxos de receita com a aquisição da FastMatch,[12] uma operadora global de mercado de câmbio, em 2017, a Bolsa de Valores da Irlanda em 2018[13] e a Oslo Børs VPS, o proprietário da bolsa de valores norueguesa, em 2019.[14]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kingdom of the Netherlands-Netherlands: Detailed Assessment of Standards and Codes (Relatório). Washington, D.C.: International Monetary Fund. 29 de setembro de 2004. p. 136. IFM Country Report No 04/310. Consultado em 27 de dezembro de 2013 
  2. Yutaka, Kurihara; Sadayoshi, Takaya; Nobuyoshi, Yamori (2006). Global Information Technology and Competitive Financial Alliances. [S.l.]: Idea Group Inc. (IGI). p. 137. ISBN 9781591408833 
  3. Fabozzi, Frank J., ed. (2008). «Handbook of Finance, Financial Markets and Instruments». Handbook of Finance. 1. John Wiley & Sons. p. 143. ISBN 9780470391075. Consultado em 27 de dezembro de 2013 
  4. Théodore, Jean-François (22 de setembro de 2000). «Birth of Euronext: Speech from Jean-François Théodore, Chairman and Chief Executive Officer of Euronext». Paris Europlace. Consultado em 27 de dezembro de 2013 
  5. a b «Monthly Reports – World Federation of Exchanges». World Federation of Exchanges. Consultado em 17 de julho de 2018 [ligação inativa] 
  6. https://www.volkskrant.nl/economie/ix-ieks-of-ai-iks~be0cf5a6/
  7. «Euronext va s'installer à la Défense en 2015». Le Figaro. Consultado em 24 de agosto de 2019 
  8. «Regulation». NYSE Euronext. Consultado em 23 de setembro de 2010. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2010 
  9. «About Euronext». Euronext. Consultado em 27 de março de 2014 
  10. Joseph Penso de la Vega: Confusión de Confusiones; 1668, reprint Wiley, 1996.
  11. «Euronext valued at up to €1.75bn in flotation» 
  12. «Euronext Acquires 90% of FastMatch for $153m» 
  13. «Euronext acquires 100 percent of Irish Stock Exchange in 'strategic' move» 
  14. «Euronext completes the acquisition of Oslo Børs VPS» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]