Europol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serviço Europeu de Polícia – Europol
Visão geral
Nome completo European Police Office
Nome comum Europol
Fundação 1998 (ratificado)
1 de Julho de 1999 (início das operações)
Tipo Organização internacional
Estrutura jurídica
Países membros da Europol.
Países membros da Europol.
Membros 28 Estados
Estrutura operacional
Sede da Europol em Haia, Países Baixos.
Sede da Europol em Haia, Países Baixos.
Sede 73, Eisenhowerlaan
Haia
Países Baixos
Director Rob Wainwright (Reino Unido)
Autoridade legal Treaty on EU Title VI
Council Decision 2009/371/JHA
Website europol.europa.eu
Portal da polícia
editar

Europol é a abreviatura utilizada para designar o Serviço Europeu de Polícia[1]. A Europol iniciou as suas actividades em 1 de Julho de 1999. Situa-se em Haia, nos Países Baixos.

A Europol é um serviço Europeu de polícia, incumbido do tratamento e intercâmbio de informação criminal. Tem por missão contribuir significativamente para a aplicação das leis da União Europeia (UE) no âmbito do combate à criminalidade organizada, colocando a tónica nas organizações criminosas envolvidas. O seu objectivo consiste em melhorar a eficácia e a cooperação entre os Estados Membros no domínio da prevenção e do combate a formas graves de criminalidade organizada de dimensão internacional.

Objectivos[editar | editar código-fonte]

A Europol tem por objectivo melhorar a eficácia e a cooperação entre os serviços competentes dos Estados Membros da UE no domínio da prevenção e combate ao crime organizado nas seguintes áreas:

  • Criminalidade relacionada com tráfico ilícito de estupefacientes;
  • Terrorismo;
  • Atentados à vida; à integridade física ou à liberdade das pessoas; incluindo imigração clandestina; tráfico de seres humanos; rapto; sequestro; pornografia infantil; tráfico ilícito de órgãos e tecidos humanos, assim como racismo e xenofobia.
  • Atentados ao património e aos bens públicos; incluindo fraude; roubo organizado; extorsão; tráfico ilícito de bens culturais; contrafacção e mercadorias - pirataria; falsificação de moeda e de outros meios de pagamento; falsificação de documentos administrativos e respectivo tráfico, criminalidade informática e corrupção;
  • Comércio ilegal e atentados ao ambiente; incluindo tráfico ilícito de armas; criminalidade relacionada com material nuclear e radioactivo; tráfico ilícito de espécies ameaçadas de fauna e flora; crimes contra o ambiente e tráfico de substâncias hormonais e outros factores de crescimento;
  • Actividades ilícitas de branqueamento de capitais provenientes dos crimes supramencionados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a União Europeia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.