Everardo Luís de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Everardo Luís de Württemberg
Duque de Württemberg
Duque de Württemberg
Período 23 de Junho de 1677 - 31 de Outubro de 1733
Predecessor Guilherme Luís de Württemberg
Sucessor Carlos Alexandre de Württemberg
Cônjuge Joana Isabel de Baden-Durlach
Wilhelmine von Grävenitz
Descendência
Frederico Luís de Württemberg
Pai Guilherme Luís de Württemberg
Mãe Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt
Nascimento 18 de setembro de 1676
Estugarda, Alemanha
Morte 31 de outubro de 1733 (57 anos)
Ludwigsburgo, Alemanha

Everardo Luís de Württemberg (Stuttgart, 18 de Setembro de 1676Ludwigsburgo, 31 de Outubro de 1733) foi o décimo duque de Württemberg desde 1692 até sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Everardo Luís, por Luca Antonio Colomba.

Everardo Luís nasceu em Estugarda, o terceiro filho do duque Guilherme Luís e da sua esposa, a condessa Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt. Após a morte prematura e súbita do seu pai em 1677, a corte real decidiu entregar a sua guarda ao seu tio, o duque Frederico Carlos de Württemberg-Winnental.

Em 1693, Madalena Sibila conseguiu fazer com que Everardo Luís, na altura com dezasseis anos de idade, fosse proclamado prematuramente duque de Württemberg pelo imperador Leopoldo I. O jovem duque não mostrava grande interesse por assuntos de estado. Everardo foi descrito pelos seus contemporâneos como superficial e facilmente influenciável. O duque preferia caçar e deixou a administração do seu país nas mãos dos seus conselheiros. Em 1697, casou-se com a duquesa Joana Isabel de Baden-Durlach.

Em 1707, tornou-se marechal-de-campo das tropas suábias na Guerra de Sucessão Espanhola.

Pouco antes de 1700, visitou o rei Luís XIV de França no Palácio de Versalhes e planeava fazer de Württemberg um estado absolutista. Aumentou os impostos, mas as finanças continuaram a ser um obstáculo. Em 1704, deu início à construção do Palácio de Ludwigsburg. Para poupar dinheiro permitiu que os trabalhos vivessem à volta do palácio sem pagar impostos durante quinze anos. Mais tarde, a cidade de Ludwigsburg começou a desenvolver-se a partir destas residências.

A partir de 1711, Everardo Luís começou a passar mais tempo em Ludwigsburg, normalmente na companhia da sua amante, Wilhelmine von Grävenitz, com quem se tinha casado em 1707. Devido a pressões por parte do sacro-imperador, o casamento teve de ser dissolvido rapidamente e Grävenitz foi exilada. Everardo Luís seguiu-a para a Suíça onde ficou até 1710. A amante, que tinha muita influência no duque, recebeu autorização para regressar à corte real quando se casou com outro homem, o conde von Würben. Durante mais de duas décadas, Grävenitz influenciou fortemente o governo do ducado e foi ela que, juntamente com Everardo Luís, mudou a residência real e capital do ducado de Estugarda para a cidade de Ludwigsburg, muito menos habitada. A duquesa Joana Isabel de Baden-Durlach permaneceu no palácio real em Estugarda.

Devido à morte prematura do seu único herdeiro, o príncipe Frederico Luís, em 1731, surgiu a ameaça de que o poder no ducado poderia passar para o lado católico da família, algo impensável no ducado protestante. Assim, Everardo Luís terminou a sua relação com Wilhelmine von Grävenitz na esperança de conseguir gerar um herdeiro com Joana Isabel, a sua esposa há muito esquecida. Contudo, como acabou por morrer subitamente com uma apoplexia, acabou por não deixar herdeiros. O ducado caiu nas mãos do seu sobrinho, o duque Carlos Alexandre, que se converteu ao protestantismo.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Everardo Luís de Württemberg em três gerações[1]
Everardo Luís de Württemberg Pai:
Guilherme Luís de Württemberg
Avô paterno:
Everardo III de Württemberg
Bisavô paterno:
João Frederico de Württemberg
Bisavó paterna:
Bárbara Sofia de Brandemburgo
Avó paterna:
Ana Catarina de Salm-Kyrburg
Bisavô paterno:
Otto II de Salm
Bisavó paterna:
Doroteia de Solms-Laubach
Mãe:
Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt
Avô materno:
Luís VI de Hesse-Darmstadt
Bisavô materno:
Jorge II de Hesse-Darmstadt
Bisavó materna:
Sofia Leonor da Saxónia
Avó materna:
Maria Isabel de Holstein-Gottorp
Bisavô materno:
Frederico III de Holstein-Gottorp
Bisavó materna:
Maria Isabel da Saxónia

Referências

  1. The Peerage, consultado a 23 de Julho de 2012
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Everardo Luís de Württemberg