Pokémon (espécie)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Evolução Pokémon)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A espécie de Pokémon abrange todos os monstrios da franquia Pokémon, o que abrange as mais diversas formas e tipos de criaturas. Abrangendo dezoito tipos introduzidos entre as gerações um e seis, esses monstros tem peculiaridades, como fraquezas, habilidades, tipos, formas, dferenças entre gênero, movimentos e naturezas diferentes. Muitas mecânicas foram introduzidas nos jogos para deixar cada monstro de bolso único, dentre as quais afetam a Jogabilidade de Pokémon diretamente.

Pós-introdução[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O termo Pokémon refere-se tanto à série quanto às espécies que existem dentro de seu Universo. Atualmente, existem 721 espécies diferentes de Pokémon conhecidas, que são catalogadas no item conhecido como Pokédex, que contém informações digitais sobre todas as espécies.

Existem cinco numerações oficiais da Pokédex, que variam conforme a região e também apresentam na numeração espécies não vistas antes ou já vistas, em uma nova posição. A Pokédex Nacional é a mais importante do mundo Pokémon, pois cataloga todas as espécies do número 001 ao 721, onde os Pokémon descobertos mais recentemente ficam ao final. A Pokédex de Kanto mostra todos os 151 primeiros Pokémon da Pokédex Nacional na mesma ordem. A Pokédex de Johto acrescenta 100 novas espécies, vistas do número 152 ao 251 na Pokédex Nacional, mas reordena todas a numeração das espécies conhecidas. A Pokédex de Hoenn cataloga 202 espécies, onde 135 delas vêm dos números 252 a 386 da Pokédex Nacional, mais 67 espécies aparecidas antes. A Pokédex de Sinnoh têm 151 espécies catalogáveis, das quais 81 vêm das espécies de número 387 a 493 da Pokédex Nacional, mais 70 já catalogados antes, já na nova região de Unova têm mais 156 Pokémons e por fim Kalos conta, até agora, com mais 70 espécies, fazendo com que o número de Pokémon aumentasse para 721 na Pokédex Nacional. Além das numerações oficiais, a Pokédex também enumera Pokémon por peso, tipo, altura, além de outros atributos.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Cada espécie Pokémon apresenta um ou dois tipos. Esses tipos têm vantagens sobre uns e desvantagens sobre outros. Um segundo tipo pode balancear uma desvantagem de outro. Existem ao todo 18 tipos diferentes. Os ataques de uma espécie também são classificados em tipos (que podem até diferir do tipo do Pokémon) e em categorias (ataque físico de dano direto, ataque especial de dano direto, modificador de condição e suporte). De acordo com o tipo do Pokémon adversário, o tipo desse ataque pode causar mais ou menos dano ao oponente. Existem quatro níveis de efetividade de um ataque: Super Effective (Super Efetivo), onde o Pokémon defensor leva o dobro do dano normal do ataque; o dano normal; Not Very Effective, onde o Pokémon defensor leva a metade do dano normal do ataque, e Not Effective/Doesn't affect (Sem efeito), onde o Pokémon defensor não sofre nenhum dano do ataque. Há, ainda, um quinto nível de efetividade, onde os dois tipos do Pokémon defensor sofrem o dano Super Effective resultando no quádruplo do dano que seria causado normalmente. Pokémon ainda podem causar um dano de 50% mais, é o chamado Same-type attack bonus (Ou STAB), que causa esse bônus de ataque caso ele seja do mesmo tipo do do usuário. Prever o cálculo correto desses níveis de dano é importante em uma batalha e podem levar o(a) treinador(a) à vitória.

Numeração e Pokédex[editar | editar código-fonte]

Em todos os jogos convencionais da franquia, a Pokédex é uma enciclopédia eletrônica de informações sobre os Pokémon. Seu primeiro idealizador foi o professor Carvalho, e seu design original na primeira temporada do anime remete ao design do console portátil Gameboy, através do qual as primeiras versões do jogo Pokémon foram apresentadas. É a máquina que registra e cataloga os Pokémon. Nos jogos, informações sobre um Pokémon são adicionadas logo que o treinador o captura pela primeira vez. Capturar, evoluir e trocar Pokémon para completar a Pokédex, é um dos objetivos da maioria dos jogos Pokémon.

Várias Pokédexes (na vida real) eletrônicas foram criadas por empresas sob a licença da The Pokémon Company. Uma delas existe também para batalhar.

A Pokédex Nacional é aquela que lista todos os Pokémon criados até o momento, em ordem numérica. Existem também as pokédexes regionais que contém apenas os Pokémon que aparecem em uma determinada região do jogo.

Pode-se consultar os nomes dos Pokémon em Anexo:Lista de Pokémon.

Habilidade[editar | editar código-fonte]

Na Terceira Geração da franquia Pokémon, ou seja, a partir dos jogos Pokémon Ruby & Sapphire, Emerald, Fire Red & Leaf Green, todos os Pokémon passaram a ter uma habilidade (em inglês, ability), também conhecida como peculiaridade (em inglês, trait).

Podem haver dois ou três de Habilidade num Pokémon: alguns podem ter somente uma Habilidade, enquanto outros têm o que chamamos de Habilidade Dupla ou Tripla, ou seja, este Pokémon pode ter tanto uma Habilidade quanto outra, mas nunca terá as duas ao mesmo tempo.

Existem Pokémon com somente uma habilidade e outros de habilidade dupla, ou seja, que têm uma ou outra habilidade, mas nunca ambas ao mesmo tempo. Essas habilidades podem aumentar, criar ou anular efeitos de ataques ou outras habilidades em campo. São ativadas assim que o Pokémon entra na arena e podem ter efeito permanente (enquanto o monstro estiver na batalha), de uma única rodada, ou mesmo ser ativadas por condições específicas. Vale dizer que nem todas as habilidades são benignas, e algumas podem atrapalhar o Pokémon usuário, diminuindo seu poder, tal como Slaking, no qual sua habilidade o faz atacar turno-sim-turno-não.

Ataques[editar | editar código-fonte]

Cada Pokémon pode aprender diversos ataques, fracos ou fortes, classificados em três categorias, sendo duas delas essencialmente ofensivas. A primeira é para ataques físicos (physical), nos quais seu dano utiliza do ataque (Attack) do usuário e a defesa (Defense) do adversário. O segundo é para movimentos especiais (Special), nos quais seu dano utiliza do ataque especial (Special Attack) do usuário e a defesa especial (Special Defense) do adversário. No geral, os movimentos físicos (Como Punho do Trovão, ou Rasteira) dão dano com contato e movimentos Special não, o que não é verdade necessariamente. Movimentos como Terremoto (Earthquake) são classificados como físicos mas não tem contato com o oponente. O contato é um aspecto importante porque dependendo de habilidades e outras circunstâncias do adversário, o pokémon pode se queimar ou infligir dano a si mesmo com os espinhos alheios (Com as habilidades Flame Body e Iron Barbs, respectivamente).

Existem ainda exceções para os movimentos físicos e especiais, sendo os movimentos Sacred Sword, Psyshock e Psystrike, que dão dano baseado no ataque especial do usuário e defesa do adversário. Ainda existem outros movimentos baseados com o peso, tipo e outros atributos do adversário.

Existe uma terceira classificação para movimentos o Status, que pode aumentar o poder dos Status do adversário (Como Ataque, Velocidade, HP) ou ainda aumentar os status do usuário e diminuir um outro com compensação. Também pode diminuir os status do adversário nos mais diferentes atributos. O usuário ainda pode utilizar os movimentos de Status para botar o adversário para dormir, deixá-lo queimado, envenenado, paralisado, apaixonado, etc. Essas condições citadas anteriormente retiram energia aos poucos, paralisam ou o deixam impossibilitado de atacar, além de certos casos impossibilita-lo de usar o mesmo ataque duas vezes seguidas. Movimentos Status como Taunt impossibilitam que o adversário utilizem movimentos Status também. Certos efeitos dos movimentos Status podem estar presentes nos movimentos físicos ou especiais, ainda adicionando o congelamento como efeito secundário.

Estágio e evolução[editar | editar código-fonte]

Evolução, no universo Pokémon, é o termo usado para quando um Pokémon evolui, ou seja, muda de forma, acompanhado de uma melhora em seus atributos. Deve-se frisar que não é uma evolução do ponto de vista biológico, mas sim como uma metamorfose do indivíduo. Evolução em Pokémon pode ocorrer por diversas razões, sendo que a mais comum se dá por acúmulo de experiência em batalhas (aumentando o seu nível). Existem outros fatores que podem determinar quando e como que os diferentes Pokémon irão evoluir. Por exemplo, algumas evoluções somente ocorrem com o uso de pedras de evolução, em horários específicos, em um único gênero, ou por felicidade ou lealdade, e evolução conjunta como é o caso de Slowpoke na evolução para Slowbro, que acontece quando um Shellder morde o rabo dele (no anime), nos jogos eletrônicos, se Slowpoke estiver utilizando a Pedra do Rei e for trocado com outro jogador, ele evolui em um Slowking.

Categorias[editar | editar código-fonte]

Além de serem divididos em tipos, grupos, espécies e cores, os pokémons também são separados em categorias, um conceito que foi incluído na Pokédex dos jogos Pokémon FireRed & LeafGreen.

As categorias dividem os Pokémon pelo habitat onde vivem.

Gênero, grupo, cruzamento e ovo[editar | editar código-fonte]

O Cruzamento Pokémon é um assunto misterioso, abordado de forma muito marginal na série de animação (por causa da idade de seu público alvo). Só ocorre nas fases finais da série, quando descobre-se que os Pokémons botam ovos e existem os gêneros macho e fêmea. Embora seja bem aceito que eles de fato se reproduzam (várias vezes aparecem Pokémons filhotes) nada é mencionado sobre o ato sexual propriamente dito.

Um pokémon só pode se reproduzir com outro pokémon do mesmo grupo. Um grupo Pokémon é uma característica exclusiva do universo Pokémon. Esta classificação permite a um pokémon se reproduzir de acordo com o seu grupo. A Aparência e o tipo do pokémon é o que define em que grupo ele se encaixa.

Isto também permite que um pokémon cruze com outro pokémon sendo que não precisam ser necessariamente da mesma espécie, sendo somente do mesmo grupo e com sexos opostos. Mas como cada pokémon pode ter até dois grupos, o Pokémon que pertence a um par de grupos poderá cruzar tanto com pokémons de um grupo como de outro. Depois da reprodução um ovo aparece, e o filhote será da mesma espécie da mãe e poderá ter ataques que não teria naturalmente (normalmente vem com alguns ataques do pai e outros pertencentes ao seu nível).

Um filhote de dois Pokémon também terá os seus valores individuais (IV's) baseados nos dos seus pais, sendo que isto pode ser controlado melhor a partir da Geração VI, com o uso de Destiny Knot por parte do pai. Tal como o uso de Everstone por parte de um dos pais, fará com que a nature do filho seja idêntica a do Pokémon que segura tal item. Essa parte é fundamental para a seleção de Pokémon com valores máximos e adequados para uso em campeonatos e no modo competitivo do jogo.

Pokémon lendários[editar | editar código-fonte]

Enquanto existem espécies de Pokémon comuns, como Rattata e Oddish, que apresentam diversos espécimes parecidos e podem ser encontrados em vários lugares, também existem Pokémon lendários. Eles são únicos e alguns vivem em dimensões paralelas, como Palkia, Dialga, Giratina e Arceus. Mewtwo, por exemplo, é o resultado de uma experiência científica de clonagem de Mew que deu errado. As únicas pessoas que já se encontraram com ele e não estão mortos são Ash, Gary e seus amigos.

Eles têm um poder fora do comum e geralmente só existe um no mundo de cada espécie, com algumas exceções: Lugia (no anime), pois foram encontrados pai e filho, e Phione, pois nasce do ovo de um Manaphy.

No total são conhecidos 64 pokémons lendários.

Eles são:

Kanto Johto Hoenn Sinnoh Unova Kalos

Pokémon Shiny[editar | editar código-fonte]

Pokémon Shiny são aqueles que têm uma coloração diferente de outros exemplares da mesma espécie. A chance de se encontrar um Pokémon shiny é de 1 em 8192, seja ele selvagem ou não (o pokémon shiny também pode aparecer com outro treinador). Todos os pokémons existentes têm uma forma Shiny, inclusive os Pokémons lendários. Para encontrá-los, precisa ter sorte. Encontra-se um pokémon shiny da mesma forma de um Pokémon normal: andando na grama, nadando ou explorando alguma caverna.

Pokémon Shiny são obtíveis por evento dentro do jogo, como o Gyados Shiny do Lago da Fúria ou do Gible e Dratiny shinies ganhos após derrotar o neto do ex-campeão Alder na Black Tower/White Threehollow em Black 2/White 2. Tal como em eventos da própria Nintendo, que variam de caso para caso de modo de distribuição.

É possível aumentar as chances de encontrar Pokémon Shiny. Utilizando o Método Masuda, com 2 Pokémon de 2 países diferentes sendo cruzados, diminuindo as chances para 1/1024. O método recebeu o nome em homenagem à Junichi Masuda diretor da Game Freak, que o revelou. Completar a National Pokédex e mostrá-la ao professor da região (a partir da Geração V) resulta em mais chances de encontrar Pokémon Shiny em meio selvagem e por cruza (Apenas na Geração V).

Também é possível derrotando Pokémon consecutivos em batalha com o Poké Radar ou o equivalente para locais com água com a pesca consecutiva, resultando em maiores chances de shiny selvagem.

Dentre os Pokémon não disponíveis na forma shiny sem acesso à Action Replays: Celebi, Arceus, Reshiram, Zekrom, Victini, Keldeo, Meloetta e qualquer Pokémon vindo do Dream World.

Poké Radar[editar | editar código-fonte]

Depois de conseguir a National Dex, você ganhará o Poké Radar. Este dispositivo é a principal ferramenta para achar um shiny. Como a chance de achar um shiny é de 1/8192, usando o Poké Radar, a chance de achar um fica bem mais fácil. Você precisa fazer uma chain (cadeia) do Pokémon. Para fazer a cadeia, você precisa usar Max repel, ativar o Poké Radar e noucautear os Pokémon da mesma espécie em sequência, e quanto mais noucautear os pokémons da mesma espécie em sequência, a chance de achar um shiny é aumentado consideravelmente. Quando noucautear 40 pokémons em sequência sem quebrar a cadeia, a chance de achar um shiny fica em 1/50 batalhas. Ou seja, quando chegar no 40, apenas resete o pokéradar que o ponto de grama brilhará, e indo nesse ponto, o shiny estará na sua frente, pronto para que você o capture.

Dano aumentado[editar | editar código-fonte]

São danos quadruplicados, duplicados e pouco efetivos que podem ajudar/prejudicar muito na batalha.

  • Duplicado: O Dano será duplicado quando um Pokémon receber um ataque que é efetivo no seu tipo. Por exemplo, um Charmander possui o tipo Fogo, recebe um ataque do tipo Água, o dano é duplicado pois o tipo Fogo (Charmander) tem desvantagem ao tipo Água.
  • Quadruplicado: O Dano será quadruplicado quando um Pokémon receber um ataque que é efetivo em seus dois tipos. Por exemplo, um Bastiodon possui os tipos Aço e Pedra, recebe um ataque do tipo Lutador e o dano será quadruplicado pois os tipos Aço e Pedra (Bastiodon) tem desvantagem ao tipo Lutador.
  • Pouco Efetivo: Esse dano é causado quando um Pokémon que ataca tem desvantagem sobre o outro Pokémon que recebe um golpe (No caso, só a metade do dano é infringido). Por exemplo, um Seaking (tipo Água) recebe um golpe de um Rapidash (tipo Fogo). Já que Seaking é do tipo Água, os golpes do tipo Fogo do Rapidash são pouco efetivos.
  • Sem efeito: Acontece quando um Pokémon de determinado tipo é atacado por um ataque de um tipo que não lhe causara dano pois é incapaz de afetá-lo. Por exemplo, um Swellow é do tipo voador, se for atacado por um golpe do tipo terrestre, esse ataque não funcionará.


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]